Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

22 cm NA BOCA E NA BUCETA

  • Publicado em: 4 de agosto de 2017 06:44
  • Expira: Nunca!
22 cm NA BOCA E NA  BUCETA
WP_20170727_003

Detalhes do Conto Erotico:

A Mary já resolveu ficar com dois fixos. O “Pauzudo” que foi o primeiro e agora entra o Nestor, um bem-dotado que conhecemos num passeio ao sitio de uma amiga. Mas nem tudo estava acertado, restava falar com o “Pauzudo” sobre seu novo parceiro. A Mary já se imaginava fodendo com os dois, mas antes um precisava saber do outro. Resolvemos que falaríamos sobre o assunto primeiro com o Nestor, por estar mais perto e facilitar as coisas. Liguei para ele convidando para vir em minha casa para tomar um café e claro! Dar uma fodida com a minha esposa. Dois dias depois ele veio. A Mary que na noite anterior gozou na siririca e com o consolo enfiado no cuzinho, estava ansiosa para levar aqueles 22 cm. Chegando, foi recebido com abraços e demorados beijos. Dizendo que estava com saudades, o Nestor abraçava carinhosamente minha esposa que já acariciava seu pau por cima da calça. Parecia que faziam meses que não se viam tamanha a tesão com que os dois se pegavam. A Mary começou na medida do possível a tirar a roupa do Nestor que como podia, tirava a da minha esposa. Ajoelhada e com muito jeito, foi abaixando a cueca que agasalhava o majestoso. Eis que aparece o grande pau já duro. A Mary pegava com carinho e cuidado, arregaçando e expondo uma cabeça avermelhada e lustrosa de um cacete com 22 cm por oito, latejante e quente. Uma punheta em câmera lenta, era isso que minha esposa fazia com tudo aquilo. Dava mordidinhas ao longo daquele pau com veias salientes e bem retinho. Depois de muito pegar, alisar e punhetar bem devagar, encostou a cabeça em seus lábios e foi abrindo a boca para engolir toda a cabeça. Avançou mais um pouco e chegou próximo da metade, momento em que foi segura pela cabeça com o Nestor forçando devagar a entrada de mais um pouco do seu pau na boca da Mary. Começou um vai e vem frenético, minha esposa tanto chupava quanto mamava, provocando gemidos no macho que pedia para ela não parar. Com extrema habilidade, minha esposa fodia com a boca aqueles 22 cm. Com jeito, fez o Nestor se deitar no sofá, ficando ao seu inteiro dispor o belo e imponente cacete. Foi o momento em que sugeri tirar a medida daquele pau. Peguei a trena e segurando a base do mastro vi cravar a marca dos 22 cm. Isso tudo iria desparecer no ato seguinte. A Mary subiu no sofá e se ajeitou para sentar na vara. Fazia pequenos movimentos rotatório na tentativa de colocar para dentro a cabeça. Sem demora prontamente segurei bem embaixo e mandei a Mary sentar. Centímetro por centímetro foram sendo engolidos pela faminta e tarada buceta da minha esposa. Se levarmos em conta que cada centímetro demorou um segundo para entrar, foram 22 segundos de puro êxtase, tempo que levou para a Mary se sentir preenchida totalmente. Tanto o macho estocava de baixo para cima, como a Mari fodia de cima para baixo. Estava ali, menos de 40 cm dos meus olhos a buceta da minha esposa sendo fodida por um macho bem-dotado. Os gemidos já se misturavam, os movimentos aumentavam numa alucinante foda de um belo caceta e uma gulosa buceta. ”Hãããããã~Uiiiiiiiiiii eu vouuuuuuu agoraaa. ” O aviso de minha esposa que não para de meter a buceta naquele pau. E se sentou. Veio com tudo e ficou colada aos pentelhos do macho, rebolando com todo o pau dentro da buceta. ”Uiiiiiiique deliiiiiiiciiiiiaaaaaaaaaaaa…quero tudo lá dentro, asssiiiimmmmmuiiiiiiii pouco gemendo e falando, a Mary estava gozando. “Eu também vou” avisou o macho. ” “Espera deixa eu te foder querida” dizia Nestor. Sim querido, fode, estoca esse pau na minha buceta vai uiiiiiiiiiiiiii aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiHÃãããããããããã assimmmmm fode, fode, uiii “Entre palavras gemidos e sussurros os dois chegaram ao um gozo intenso. Foi uma memorável fodida, das boas que eu já vi. Minha esposa estava radiante de felicidade e o macho não parava de foder. Foi assim mais um tempo e o majestoso se retirou daquela gruta transbordando de porra. Era preciso uma bebida para refazer as forças. Servi os dois e a Mary perguntou ao Nestor se ele aceitava ser um fixo dela. A resposta foi positiva: ” É o que venho desejando desde o primeiro dia” salientou Nestor. A Mary então explicou que havia outro, também fixo, mas que ela queria os dois. Nestor concordou dizendo que preferia dividir o filé do que comer carne de pescoço sozinho>. Faltava falar com o “Pauzudo” e tudo estaria acertado. A partir desse momento, comecei a trabalhar a ideia de botar os três na mesma cama. Claro! Na minha cama.

Referência do Anúncio ID: 70059806d584c243

Não há Tags

571 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 31 Guests, 24 Bots