Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

A esposa gostava de trair o marido com o vizinho, no quintal da casa dela.

  • Publicado em: 12 de julho de 2017 04:59
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Condomínios nas redondezas das grandes cidades… locais super agradáveis, seguros, onde se pode ter uma qualidade de vida melhor, afinal as pessoas vivem em casas confortáveis, com jardins e quintais, podem ter hortas e pomares, quadras e piscinas. Fins de semana sempre são motivo de visitas de amigos que morrem de inveja daqueles locais – podemos dizer paradisíacos – onde se vive muito bem.
Durante a semana, geralmente o movimento é menor, pois quem trabalha ou estuda sai cedo e só regressa à noite. São poucas as pessoas como Dóris, que via o marido e o filho saírem às 7 horas e regressarem às 19.
O que ela fazia nessas doze horas de liberdade? Muita coisa. Às vezes, até ia à cidade, fazia compras nos shoppings e aproveitava a carona do marido à noite.
Mas na maior parte dos dias ela ficava lá mesmo, cuidava da casa, pois manter empregada ali era muito complicado, pela distância e pela falta de condução frequente. Costumava praticar caminhadas, para manter a boa forma. Em tempo ensolarado, punha o biquíni e ia para a piscina, nadava bastante, tomava sol, curtia aquela beleza de lugar.
E foi durante uma das caminhadas que acabou conhecendo o Décio, um morador que não precisava ir à cidade, a não ser uns dois dias na semana. Trabalhava ali mesmo, era decorador, recebia as encomendas por email, fazia uma visita para analisar o que precisava ser feito, voltava e elaborava a planilha, que submetia ao contratante por email.
Também gostava de fazer caminhadas e foi assim que eles se conheceram, se curtiram e começaram a transar loucamente, no quintal da casa dela!
Vejamos um desses dias.
Entremos na propriedade. Silêncio grande. Mas ouvem-se vozes vindo do quintal. Vamos nos aproximar devagar e aí vemos o Décio sentado e a Dóris, ajoelhada entre as pernas dele e chupando vigorosamente o pau gordo que ele tem. E tome chupada entremeada com masturbação… até que ele resolve agir. Levanta-se, coloca Dóris curvada sobre uma mesa. Ambos já estão nus há muito tempo e ele só tem o trabalho de dar-lhe uns beijos na bunda e enfiar o pau na xotinha, recebido com alegria por ela que fecha os olhos e geme…
E aí ele começa a bombar e os gemidos dela aumentam de intensidade. Não, não tem perigo de alguém ouvir, ela sabe que os vizinhos próximos já saíram para a cidade e só estarão de volta à tardinha. Então ela geme, grita, fala palavrões, porque descobriu que podia gozar de forma estupenda com o Décio, coisa que não acontecia com o marido, que já estava naquela fase de transar mecanicamente duas vezes por semana…
Ela descontava no Décio, por isso aquela voracidade ao chupar e os gritos ao ser comida.
Fazia questão também de colocá-lo deitado e cavalgá-lo e era assim que sempre terminavam a transa do dia, ambos gozando loucamente.
Pelo menos a primeira transa era assim, dependendo da quantidade de trabalho que o Décio tinha, se estivesse folgado, ficava mais tempo, nadavam nus, brincavam na piscina e depois transavam de novo.
Ele já conhecia todos os buraquinhos da Dóris que gostava muito quando ele tinha tempo para aproveitar de todos!

Referência do Anúncio ID: 905596367d65d606

  

317 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: spyderchat69, 198 Guests, 16 Bots