Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

A MÃE DO MEU AMIGO

  • Publicado em: 26 de dezembro de 2001 04:06
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

“Vivi uma experiencia muito louca no mes passado. Estava na casa do meu amigo(não revelarei o nome)e fazia muito calor, era uma sexta de tarde. Almoçamos e uma hora depois fomos nadar, meu amigo foi para a piscina enquanto eu fui fazer xixi. Ao sair do banheiro já de sunga, dei de cara com a mãe dele e ela estava só de biquíni. Ela continuou o trajeto ate a piscina e chegando lá, deitou-se e ficou a tomar sol enquanto nadávamos. O meu amigo me convidou para ir fazer sauna e eu aceitei. Passados vinte minutos, eu saí e ele disse que ia ficar mais um pouco.

Tomei uma ducha e quando ia para a piscina, vi a mãe dele deitado de barriga para cima só com a parte de baixo do fio dental. Ela me viu e naturalmente me pediu para passar protetor solar em suas costas. Cheguei perto e ela virou-se e comecei a ir e vir com a mão em suas costas tentando excita-la. Ela é uma morena de trinta e nove anos e tem um corpo muito bonito, alem de ser linda de rosto. Terminado o serviço nas costas, ouvi o barulho da ducha da sauna e entrei na piscina para meu amigo não achar ruim. A mãe dele continuou de bruço fingindo que nada havia acontecido. Ficamos nadando até que ela vestiu o biquíni e entrou na água. Ficamos os três conversando e eu percebi que as vezes ela olhava para meu peito com cara de vontade.

Fomos de novo para a sauna e ela não quis ir, mais uma vez eu saí da sauna primeiro e fui para a piscina. Ela estava como da outra vez, mas o pedido foi outro: pediu que eu passasse protetor nas pernas. Ainda de barriga para cima ela pediu que eu iniciasse nos pés e fosse subindo, acariciei aqueles pés macios e vi que ela começava a sentir prazer mas tentava esconder. Na altura das coxas, dei uma escapulida com a mão e toquei aquela buceta maravilhosa. Ela se assustou e virou para eu passar na parte de trás das pernas, debaixo para cima com antes, fui acariciando aquela pele macia até chegar na bunda. Ela pediu para eu parar mas continuei e ela começou a se contorcer suavemente. Ficamos naquilo por um bom tempo até que ouvimos a ducha de novo. Fui para a piscina e tive uma surpresa, meu amigo disse que ia ao centro da cidade pois tinha dentista e estava atrasado. Falei que ficaria esperando ele.

Ele foi tomar banho e ao mesmo tempo sua mãe também foi. Pensei que era o fim do meu sonho de poder comer aquela delicia. Ele tomou um banho rápido e se foi enquanto eu assistia televisão. Quando ele já estava longe, eu fui para o quarto da mãe dele que estava com a porta fechada mas não trancada, entrei e vi a “titia” pelada se preparando para o banho. Ela assustou-se e ao saber que seu filho já tinha saído pediu que eu trancasse a porta por causa da empregada. Ela correu para o chuveiro e pediu que antes de tudo eu tirasse o protetor solar do corpo dela, com ajuda da água fui tirando o protetor e ela gemia de tesão.

Tirado todo o produto, ela pediu que eu saísse do chuveiro só para ela lavar o cabelo. Ela tomou um belo banho e depois, disse para eu tomar enquanto ela se secava e se vestia. Tomei banho e quando saiu ela estava na cama penteando o cabelo enrolada em uma toalha.

Me sequei e saí com a toalha amarrada na cintura, ela pôs o pente na cama se levantou e veio me beijar. Tirou minha toalha e segurou firme meu pinto levando-o até a boca e ficou chupando até que eu entrasse em ponto de bala, ela desenrolou-se da toalha e deitou-se de costas com as pernas arreganhadas. Quando cheguei perto da cama ela alisava minha barriga com os pés até que eu peguei suas pernas abri e ralava o pinto naquele buraquinho que já estava molhadinho. Ela não agüentava mais e pediu que eu metesse logo, abriu sua caverninha e eu meti sem dó. Num avivem frenético, gozamos juntos e começamos a nos beijar. Eu sugava seus seios e ela segurava meus cabelos e puxava-os de tanto tesão. Virou-se de bruço e deixou aquela bundinha para cima, me convidando a penetra-la. Comecei com o dedo naquele cuzinho que ardia, passei um pouco de saliva e ela pediu para ir devagar. Posicionei a cabeça do meu pinto naquele buraco quente e fui entrando, ela com a boca no travesseiro gritava e se retorcia. Para acabar com seu sofrimento, meti tudo de uma vez e ela não agüentou, desmaiou e eu continuei com tudo lá dentro, até que ela acordou e começou a rebolar. Como um cavalo e uma égua, fodemos por um bom tempo ate que avisei que eu ia gozar, ela pediu tudo lá dentro e eu atendi seu pedido. Tirei o pinto e meu leite escorria por suas pernas. Ela limpou meu pinto com a língua e foi se lavar.

Quando ela voltou, deitamos e ficamos abraçados por um bom tempo até que ela pediu que eu saísse para ninguém desconfiar, me deu um beijo e eu saí. Ela disse que um dia me ligava para irmos ao motel. E ligou mesmo, mas isso é outra historia.

Meu amigo chegou e eu estava cochilando, ele me acordou e disse que pediu ao meu pai para trazer minhas roupas para eu dormir lá .Na hora do jantar, sentei-me ao lado da “titia” e as vezes roçava minha perna na dela, ela se controlava para nenhum dos filhos desconfiar. O marido dela, tinha viajado para um seminário de medicina. Outro dia eu escrevo sobre nosso segundo encontro e sobre a amiga dela que ela me apresentou.

bigclimax@hotmail.com

Referência do Anúncio ID: CT-000006153

Não há Tags

6818 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: big
  • Membro desde: 8 de abril de 2005

Contos publicados por big

Últimos itens anúnciados por big »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 60 Guests, 27 Bots