Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

A travesti Renata

  • Publicado em: 20 de dezembro de 2017 07:19
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

bom… no facebook aceitei un convite de amizade de uma cabelereira, era linda bem cavala, cabelos negros bem bunduda redonda, peitos medios, pele branca que iluminava, olhos verdes, camiseta preta calza preta, corpao sexy sensual atrativa.. eu na minha cabeza wow!!!!

depois de um tempo sempre tinha alguns likes dela nas minhas fotos.. dai eu add ela no instagram dei ali varios likes, fotos lindas e sexys sem nada vulgar, paso um tempo e comezo a escrever no messenger falando que lindo obrigado gentil etc, tambem eu agradeci, e ela me elogiando e pediu desculpas, ela falo eu nao sou mulher, no que respondi que nao tem porque pedir desculpas menos por isso alem de eu ter preconceito, contei que tenho conhecidos e amigos que sao gays o swinger inclusive mas jamais dice que eu era bi que tinha tesao por travestis…

depois de um tempo trocamos whatsapp.. ela mandava fotos das atividades dela promocoes artisticas etc eu elogiando que era linda e de verdade eram lindas fotos artisticas con cualidade nao era pra mentir.. mas eu nao queria demostrar que queria ela.. sempre tc de noite tarde contando que termino con o namorado, como eu era advogado o que poderia fazer con as coisas que tinha con ele, nas conversas comenzavan a insinuar de ambas partes tipo: o que ta fazendo? nada so deitado na cama.. serio nu? ou acabei de tomar banho.. e continua molhado, os dois nao cediamos ao desejo..

uma noite de verdade mandei errado uma mensagem que era pra um casal, ela fico zangada e chingando muito, pedi desculpas e ofereci chocolates pra passar e zangadeira dela, ela responde so se for agora eram as once da noite na primeras semanas decembro, ja tinha muito calor.. eu dice claro manda localizacao eu vou.. demorei uns 40 minutos..

chegando ela estava en frente da casa dela.. um vestidinho meio solto bem confortavel verde realzava as curvas dela, rabo de cavalo no cabelos, sandalias, subiu no carro, con un sorriso lindooo dentes brancos, eu dei um oi timido.. passei o chocolate so dice obrigado, eu respondi con duplo sentido nao vai comer? ela dice nao bem seria nao gosto de este chocolate prefiro o branco mas pelo menos voce venho dai sorriu de novo..

comezamos a dar um passeio pela cidade.. ate falarmos de sexualidade.. entao so curte o que ela pregunto.. eu respondi.. eu sou bi… curto muito casais mas tenho um prazer especial por travestis femeninas, tenho muito tesao dando pra elas, ela sorriu, pregunto pelo casal con eu estava teclando antes, tambem conto algumas de suas aventuras

eu digo a ela.. nossa que pernas lindas… gosto? sim claro.. ela levanta o vestidinho con a maoate deizar a vista uma calcinha brande con um volumen grande.. wow involuntariamente fiz un gesto con a mao de tanto tesao que provoco isso, coxas torneadas brancas lindas que dava pra ver facil con a luz que entrava no carro, ela dice, toca, deslizei minha mao me deliciando con ela, acariciava desde os lados de fora da coxa indo pra dentro ate o joelho fui subindo con a mao do lado de dentro da coxa ate apalpar o volumen dela, cuando fiz isso abriu a boca… de tesaoo isso deixou meu pau duro.. ela percebeu foi direto con a mao no meu jeans tiro o botao abriu o ziper e dice levanta.. levantei un pouco tiro o jeans ate o joelho, a mao dela retorno acariciando minha bunda meu pau enorme depilado balanzaba acima ela olhava con agua na boca deslizo a mao subiu ate ele mas antes puxou o bumbum con uma mao abrindo genorsamente minha bunda fez meu cu piscar punheto suavemente meu pau e dice que tesao.. eu respondi quero o teu… levanto o vestido era enorme o volumen agora, coloco a calcinha de lado e pulando un pau grosso grande largo con veias e cabeza rosada, sem pedir nem falar nada comecei a tocar nele era uma delicia punhetava devagar sentindo a pele suave e quente do pau dela, puxada todo o prepucio deixando a cabeza pra fora na ponta era visivel ele comezava a babar peguei a cabeza dele e esparci essa baba nele con movimento giratorios e acariciando.. entao ela fala vira a direita e comezo a me guiar.. cuspia na minha mao punhetava e sacudia aquele pau lindo grande tesudo babava.. chegamos a um sinal que estava vermelho soltei o pau intentando cubrir puxou o vestidinho pra baixo mas era muito grande era imposivel cubrir olhamos a direira e era uma casal eles suspeitaram o que estavamos fazendo ela olho pra eles e sorriu, a esposa do homen tambem sorriu a Renata piscou un olhos pra eles e sem olhar pra min levantou o vestido sem duvidar cuspi de novo na minha mao e comecei a punhetar ela de novo… Renata faz um gesto con a cabeza pra baixo … a cara do homen era de susto inesperado mas a mulher tinha cara de que gosto continuo sorrindo mas esta vez mordendo los labios… o sinal fico verde.. eles continuavam olhando Renata olho pra min e fala… vamos e nao parece me tocar con rosto de exitada, continuei o outro carro fico no sinal perdemos de vista depois…

chegamos ao motel… ela me diz.. vai deixar esta causa jeans aqui no carro.. ele desce o pau enorme ao levantar fica a fora do vestido tiro o jeans demoro pelo tenis e cuando vou entrando no cuarto ela tirando o vestidinho con os brazos pra cima… que corpo lindo deliciosa… pau babando e um bundao enorme…

ela diz vem… caminhando en direcao a ela o pau ainda babando nos beijamos bem gostoso molhado sadado con desejo de verdade e nossos paus rosando un con o outro.. descia a mao dela e me punhetava eu agarrava aquele bumbum delicioso puxava pra cima e abria con vontades deslizando meus dedos pelo cu dela enquento ele piscaba acariciand a cintura cheguei ao pau dela parei de beijar enquanto segurava con as duas paus aquele enorme e groso masatro cuspi nele e comecei a punhetalo… cada punhetada que descalotava o pau abria a boca dice a ela.. e grande.. pegou meu rosto falo abre a boca chupou minha linda, voltou a pedir abre… deu uma cuspida con muita safadeza.. a saliva entro na minha boca ate o fundo.. pregunto.. gosto? so asenti con a cabeza mas nao tinha fechado toda a boca esperando otra cuspida.. mas desliz suas maos nas minhas costos ate minha bunda abriu ele todinho colo os dedos no meu cu mas ela ja estava piscando desde a cuspida ao sentir con os dedos piscando se aproximo mais deu uma lamida no meu rosto… aperto meu copor contra ela fui de novo ao bumbum.. mas ela forzo un dedo no cu pisquei forte con un olhar serio mais cheio de tesao cuspiu en meu rosto.. solto minha bunda.. con as duas maos na minha cabeza me fez ajoelhar…

comecei a chupar ela o olhar dela era fixo cheio de tesao.. nao soltou minha cabeza simplemente as maos dela foram pra tras o pau dela latejava.. con se contia quieto… ela dice abre… abri a boca e foi colocando o pau na boca deslizando en minha lingua ate chegar ao fundo da minha garganta como se estivesse medindo ate onde cabia seu pau gigantesco.. entro tudo e presiono con as duas maos minha cabeza con o pau en minha garganta.. minhas maos no bumbum dela apertando forte como se avisaram que nao cabia mais.. ela deu eun gemido intenso mas nao forte enquanto eu me engasgava deixando cheio de saliva… enquanto fazia isso meu cu piscava intentsamente e meu pau babava.. tirou de uma so vez e a saliva continuava babando dele.. pegou o pau deja punhetava e fodia minha boca… logo eu ja pegava nesse pau mamaba muito con vontade punhetava ela gemia se contornia.. de vez en vez eu fazia nela garganta profunda obrigandoa a tirar o pau pra nao gozar… me pegous dos brazos em pe me beijava e conducia eu de costas pra a cama me fez deitar no borde dela con ate os joelhos.. ela se ajoelho e comenzo a mamar meu pau que estava babando.. Deus que delicia de boca.. chupava punhetava cuspia a garganta profunda era de uma ploop violenta ate o fundo en cada engasgada da garganta segurava minhas bolas e a saliva escorrendo do meu pau con meu cu piscando colocava un o dois dedos nele…

ela ficou en pe… pego a saliva abundante do meu pau e coloco no cu dela.. pego meu pau puxando toda a pela pra baixo deixando a cabeza libre coloco a camisinha e comenzo a sentar nele… sentava e piscava aapertaba o pau con o cu e cavalgaba sem pular forte e rebolava… puxei ela e fiz lamer minha mao eu punhetada ela… de vez en cuando ela cuspia no pau rebolava e cuando a exitacao era muita segurava con forma minha mao dizendo espera e ficava quieta dizendo nao me faz gozar e voce tambem nao goza e comezava de novo deliciiaaa…

fico de novo en pe e venho ate meu rosto segurando o pau… abre… abri a boca coloco devagar tudo … deu algumas socadas segurando a cabeza.. cuando comecei a me retorcer das engasgadas seguro minha cabezaa e tapo meu nariz.. encarcava o pau dela de saliva en quanto intentava tirar ela de encima de min.. fazia meu pau babar e cu piscar bem forte… tirou da mesma forma de so vez bem rapido.. cuando intentava abocanhar ar coloco seu cu en minha boca e segurva meu pau ao mesmo tempo ela punhetava o pau dela… deito na cama e coloquei as pernas delas no meu hombro.. comecei a bombar muito forte ela gritava de vez cuando entre gemidos… depois apertei forte o pau dentro dela a ate o fundo intentando nao gozarr.. me dei conta que nao conseguiria e tirei fora do cu dela…

ficando de joelhos na cama.. ela desliza e chupa meu saco abre minha bunda chupa meu cu enfiando a lingua.. provocando que de tanta exitacao se dilatase naturalmente fez isso por muitos minutos punhetando.. volto pra cima deslizando mas esta segurando o pau deixando por meu bumbum, colo a camisinha e dice… senta.. eu intentava sentar era poco intentava nao correr do tamanho gigante do pau grande grosso curvado.. ela forzava pra meter con uma mao abria o bumbum con a otra empurrava a cabeza do pau.. finalmente a cabeza entro.. ela fez un sorriso de maldade e tesao.. me segurou desde a cintura.. foi puxando pra baixo a dar e o prazer eram muitas chegando na metade do pau.. intentei sair ela seguro mais forte dice fica.. eu doi muito .. ela nao eu gosto e como fiquei mais alto por querer sair seguro minha cintura e deu uma socada trootc.. entro tudo.. gritei de dor… segurei o brazo dela fiquei de olhos arregasados.. con tanta saliva… voltando a deitar mas sem tirar um cm de dentro uma empalado con todo o pau no cu sentindo ate o estomago.. me invadia uma sensacao de prazer e exitacao que nao conseguia enterder pese a dor… ela dice viu que e gostoso olhando pra ela meu pau baba muito ela seria e con rosto tesao de novo tocando a baba do meu pau me dice nao goza segurando pra nao gozar fico quiero e aperto o cu ela abrindo a boca fala e tambem nao me faz gozar ainda e sorri..

sento ao lado dela fico de quatro.. ela abriu meu bumbum deu uma lamida generosa.. foi devagar mordendo deslizando nas minhas costas chego no meu pescoso lamendo os brazos dela deslizaban da cintura pasando pelo peito segurando meu hombro.. a cabeza do pau encosto no meu cu ja dilatado e foi entrando devagar delicioso grosso molhado, segurou meu hombro con forza e foi o forzando o pau a entrar todo, cabeu tudinho ela dice.. se ergueo e comenzo a bombar fudendo devagar e dando socadas fortes de vez en cuando ela gemia gostoso cuando fazia isso nao forte mas profundo.. logo socaba rapido seguraba forte da cintura, cada vez que queria gozar diminuia e socava forte e apertaba o pau no fundo cu segurando o gemido mordendo os labios apertando.. varias veces isso.. finalmente dice ela dice eu ja nao vou mais segurar vou gozar… comenzo a foder rapido forte socando ate o fundo a pegada era deliciosa.. eu empinaba a bunda em quanto ela destruia meu cu.. era dor e prazer… gemidos fortes… deu um tapa forte na minha bunda.. nao disminuia a intensidade da penetracao… con a mesma mao deu uma tapa nas minhas costas… ela abria toda a boca sem emitir nenhum som… fechaba os olhos apertando um gemido cumprido mas pronfundo con as unhas rasgava minhas costa a mao volto na cintura levanto ja nao estava do joelhos e dou uma socada forte e um grito muito tesudo e prolongado apertando o pau no fundo deslizouse nas minhas costas me fez deitar.. apertaba meu cu fazia piscar no pau dela deitei ela continuo dentro de min deitada o pau latejante dentro de meu cu.. suspiraba.. eu me sentia nas nubes por ter dado tanto prazer a alguem.. acaba de fazer gozar como nunca alguem estava nas nubes meu ego rsrsr.. eu sorri.. me deu um beijo.. tiro a camisnha cheia de porra era muita.. virei de boca pra cima.. o sorriso de maldade e tesao dela era maravilhoso… con uma mao pego meu pau con a otra so acariciou meu cu hinhcado.. cuspiu e punhetava… ate que caiu de boca.. era uma loucuraaa… chupaba punhetava cuspia labios lingua eram delicioso demais… olho pra min sem parar de punhetar e dice goza… nao demorei… cuando comecei a contrair e gemer ela tirou o pau da boca e meteu dois dedos no cu… explodi lanzando porra.. e muita ela segurando os dedos no cu e punhetando… logo acariaciando meu pau inteiro con meu gozo ela olhava a sorria.. ambos nos olhamos e sorrimos.. sabiamos sem falar que para cada um era uma das melhores transas que tinhamos tido en nossas vidas… fico pegou minhas maos ela lambuzada e dice vem …

fomos ao banheiro… ela carinhosa dand banhho em min pasando sabotene en todo meu corpo.. asaboava e acariciaba peitos coxas saco pau que fico duro de novo ela ollho e sorriu de novo cuase gargalhando subia con pelas pernas passando a mao no bumbum acariciando as costas tocando o cu sem meter.. dando selinho en meu pescoso me fez virar e deu um beijo gostoso.. agora era ela que estava de pau duro eu sorri porque gostei da cena ela dice.. quer que eu faza o que se passei a mao teu cu e deu nisso.. agora era eu que dava banho nela mas sendo mais safado punhetando e metendo dedo no cu.. tiramos a espuma …ela me dice fica de frente pra min e comeza mijar no meu pau.. mijaba forte e era quente.. mijo sacudiu e pergunto ainda nao quer mijar dice sim.. ela fico de joelhos e segurou o meu pau ambos duros estavamos duros… comecei a mijar e apontba na cara dela e nos peitos abriu a boca… a imagen era um tesao unico… nos lavamos de novo.. fomos e nos deitamos alguns minutos … pra nao ficar dormimos ali colocamos a nossas ropa e deixando na casa dela me deu um beijo gostoso colocando a mao no meu pau dando volumen a ele eu quis fazer o mesmo mas segurou minha mao.. deu um sorriso pisco o olho e falo chau..

Espero que tenham gostado perdao pelos errores ortograficos, como explico en meu perfil nao sou brasileiro e todos meus contos sao veridicos..
abrazos

Referência do Anúncio ID: 3845a2de69e6ad54

Não há Tags

485 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: manpy
  • Membro desde: 31 de maio de 2017

Contos publicados por manpy

  • O Autor não publicou outros contos.
Últimos itens anúnciados por manpy »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Malvadafavorita, furacoco, 229 Guests, 20 Bots