Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Amigo da net II

  • Publicado em: 24 de março de 2005 15:16
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Oi, vcs ja me conhecem, e estou voltando para contar como foi boa a transa que eu e meu amigo tivemos no escritorio em que ele trabalha.

Uma bela sexta feira, e resolvemos tomar um choppinho no centro da Cidade, depois do expediente. Devo confessar que quando bebo um pouquinho, me sobe um tesão incontrolavél e fico louca para ser penetrada, bem, depois de tomarmos umas 3 tulipas cada um, ja comecei a falar besteiras no ouvido dele, dizendo o quanto estava exitada e queria meter ali, alizando o pau dele por debaixo da mesa, foi quando pecebi o quanto grande estava. Falei quero meter agora, ele onde, vc tá maluca? Mais eu quero e preciso, foi quando ele sugeriu o escritório em que ele trabalha, ele que facha e por isso tinha as chaves, resolvemos ir até o escritório, ao entrar na sala ele ja veio como um tarado em cima de mim, a essa hora eu ja tava exitadissíma. Foi quando revelei a ele que queria que ele me batesse e xingasse, com nomes fortes.

Ele me colocou em cima da mesa dele, tirou minha calça e começou a meter a lingua na minha xereca, olhava para mim e dizia sua piranha ta gostando, vagabunda, vadia, começei a gozar como nunca, ele levantou puxou os meus cabelos, me deu um tapão na cara e falou vira, fiquei de quatro na mesa e ele começou a penetra minha xerequinha que não demorou muito para explodir em um gozo maravilhoso… Pedi 2 minutinhos e ele que não parou, que Homem era aquele que me possuía como se eu fosse a última mulher da face da terra, começamos novamente e eu sentei no pau dele que tava mais duro que que uma rocha,começei a cavalgar e ele fachava os olhos, como se não tivesse acreditando que a mulher, com carinha de menina aguentasse tanto, não demorou muito para eu dizer vou gozaarrrr!!! Ele disse goza sua piranha, goza que quero sentir isso aqui em cima da minha rola, caraca aquilo foi me dando mais tesão ainda, eu falei assim vc me mata sabia? Quer parar? quer parar? eu perguntava e ele dizia ainda não, não terminei.

Me pegou no colo e me levou para sala do seu patrão la me chupou novamente e depois começou novamente a me penetrar, que transa gostosa, nossos corpos pingando de suor e eu gritava como uma cadela no cio, foi quando falei para ele que ia gozar novamente, e ele gozou juntinho comigo, aquele liquido quente dentro de mim, depois desabamos, ficamos abraçados por um tempo, agradeci a ele aquele momento e ele me disse que nunca em toda a sua vida tinha tido uma mulher como eu, levantamos, nos limpamos e fomos embora, a caminho de casa no ônibus ficamos de novo com tesão, mais isso eu conto na próxima tá?

Espero que gostem!!!

Referência do Anúncio ID: CT-000024659

Não há Tags

6397 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: negralinda
  • Membro desde: 21 de março de 2005

Contos publicados por negralinda

Últimos itens anúnciados por negralinda »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: charlesvirtualnet, 141 Guests, 19 Bots