Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Amigo de trabalho e sua esposa ( Autor: sandro_garcia )

  • Publicado em: 6 de março de 2018 17:52
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Tenho 45 anos, 1,77 de altura, 80kgs.dote razoável de 19cm de comprimento e grosso. Atualmente trabalho numa empresa de porte médio em Campinas, as quintas feiras costumo sair com dois amigos o Roger e o Gabriel ambos casados, após o expediente para tomarmos uma cerveja, e a conversa invariavelmente acaba girando primeiro sobre futebol, e depois sobre mulheres e sexo, numa dessas idas o Gabriel, não pode ir e fomos eu e o Roger, no auge de nossa conversa falávamos sobre mulheres fantasias e tudo mais, então eu comentei que muitos casais tem fantasias e acabam não realizando ou por mede de expor ao parceiro ou pelo medo do preconceito de nossa sociedade, o Roger concordou comigo, e eu emendei que conheci um casal onde o marido tinha fantasia de ver sua esposa com outro e ela desejava se sentir safada fazendo isso na presença do maridão, e que eu acabei tendo um relacionamento com o casal por duas ocasiões apenas pois eles eram de outro estado e vinham pra Ca a trabalho eventualmente. O Roger comentou que realmente essa fantasia deve ser muito comum, e acho que devido as cervejas que já havíamos tomado ele acabou falando que tinha essa fantasia também, mas que sua esposa resistia muito a idéia, então eu acabei dando algumas dicas para ele ir incitando ela aos poucos, mostrar relatos e filmes do tema a respeito pra ela e durante suas transas pra ele falar com ela fantasiando mais alguém, ele gostou da idéia, e disse que iria por isso em pratica e passou a fazer isso. Mas a partir desse dia toda vez que íamos tomar umas cervejas no final da noite o assunto era sexo e fantasias, o Gabriel não sabia de nossa conversa anterior, mas se mostrava muito interessado no assunto e se mostrava muito interessado também no assunto, passado uns 4 meses, durante nossa secao de cerveja, numa das idas do Gabriel ao banheiro o Roger comentou que pós tudo que falei em pratica e sua esposa(eu a conheci, Cida tem 25 anos, 1,62 de altura 48kgs. Cabelos longos castanhos lábios finos em fim uma mulher muito interessante) tinha mudado bastante durante suas transas mas que quando terminavam ela não queria saber do assunto pois dizia que era apenas fantasias, então sugeri a ele para escolher alguém e falar a respeito durante suas transas ou tentar descobrir dela durante suas transas por quem ela tinha tesao que aceitaria fazer algo assim, mais uma vez ele gostou da idéia e de imediato abordou ela com o assunto durante suas transas, já na outra semana ele num momento em que ficamos sozinhos, me contou que acabou falando de mim que eu já havia saído com um casal e ela ficou muito excitada com isso, ela disse que eu poderia ser um bom candidato, quando ele me disse isso, eu olhei nos olhos dele e disse, e o que vc pensa disso? Ele me falou que tinha muita confiança em mim e sabia o quanto eu era discreto(porque a maior preocupação dos casais é a discrição), eu falei então que se ele topasse eu teria o maior prazer em ajudar rs prazer mesmo e rimos, mas ai ele me disse que não sabia como por em pratica, ai eu sugeri a ele pra que numa sexta feira ele combinasse com ela pra saírem tomar umas cervejas e me convidasse, mesmo sem ela saber eu apareceria no lugar combinado como se fosse por acaso e me sentaria com ele, e combinamos também, que depois de algum tempo quando ela estivesse mais descontraída que falasse que eu era muito safado assim instigando os desejos íntimos dela bem discretamente, eu claro negaria com sorriso de safado mesmo e ai deixaríamos as coisas irem fluindo. Na sexta da semana seguinte ele me avisou que iriam a um barzinho do Cambuí e quando chegou o dia apareci por La me convidaram pra sentar com eles, eu disse que estava meio perdido sai sem rumo e acabei me sentando com eles, a Cida estava linda com uma sainha preta curta salto alto uma blusinha branca insinuante que dava destaque aos seus petinhos que eram nem grandes nem pequenos, tomamos umas cervejas, logo estávamos falando light sobre sexo eu falava sempre que podia olhando dentro dos olhos dela sobre os desejos íntimos das mulheres que elas são reprimidas e acabam não externando seus desejos, ela concordava com praticamente tudo e passou a falar também. Logo pedi licença e fui ao banheiro, quando retornei senti um clima de maior cumplicidade entre os dois, ela pouco depois também foi ao banheiro e o Roger me disse que ela estava toda acesa que tinha quase certeza que toparia algo, mas ele não sabia como dar o próximo passo, então eu disse pra ele, que iria convidá-los para tomar uma cerveja no meu AP antes de irem embora assim eles me dariam carona pois eu estava sem carro (na verdade deixei no estacionamento mas seria uma ótima desculpa para eles irem até o meu AP. Ela retornou a mesa e foi a vez do Roger ir ao banheiro(sabem como é cerveja), aproveitei os momentos a sós e disse o quanto ela estava linda sempre olhando nos olhos dela para que ela sentisse o quanto eu estava interessado nela, que nem parecia uma mulher casada em fim, cheguei a tocar em seu braço(pra sentir sua receptividade), ela não esboçou reação de tirar assim entendi que ela estava bem receptiva, ela ria de tudo que eu falava sempre sorrindo, logo o Roger retornou e eu apimentei mais nossa conversa falando que existem vários casais que tem fantasias diversas e eu acho legal o casal ter esse tipo de cumplicidade sem preconceitos e ela concordou comigo e chegou a me dizer que ela tinha uma amiga que lhe confidenciou ter tido um relacionamento ela o marido e um amigo, em fim ela realmente estava no ponto. Falei com eles que estava sem o carro o Roger logo me ofereceu uma carona e eu agradeci muito e ai disse que em pagamento queria que eles tomassem uma cerveja comigo no meu AP, assim eles aproveitavam pra conhecerem meu cantinho ele disse que dependeria da Cida ela aceitou de bate pronto, logo pedimos a conta e rumamos pra La, notei que eles conversavam muito baixinho e se pegavam muito, então eu disse que assim ficaria com vontade também, eles riram e o Roger me disse que de repente quem sabe e sorriu me olhando pelo espelho do carro, eu logo entendi o recado.

Entramos no AP, tratei de ligar um som coloquei umas musicas pra descontrair meio românticas, ela falou que essas musicas são ótimas pra dançar e eu falei pra ela ficar à-vontade, ai ela me disse que o Roger não é muito de dançar então me ofereci e começamos a dançar de imediato ela colou seu delicioso corpo ao meu, senti uma transfusão de calor delicioso, colei meu rosto ao dela, dançamos lentamente, comecei a falar alguns elogios ao seu ouvido, ela agradecia e dizia que eu também estava muito charmoso que as mulheres deviam ficar loucas por mim, eu rebatia dizendo que nessa hora só tinha uma mulher que me interessava, ela me falou que tinha até medo de perguntar quem seria então eu a apertei um pouquinho mais, dei um leve beijinho em seu pescoço o Roger foi ao banheiro percebi que ele queriam me deixar mais à-vontade e eu fiquei mesmo ela também, se soltou de vez como não houve resistência ao beijo que tinha dado, repeti novamente ela me disse que assim ela não agüentaria muito tempo, então eu a beijei de vez e ela correspondeu e passei a acariciar todo seu corpo suas curvas, enfiei minhas mãos por baixo de sua camisa sentindo sua pele em minhas mãos eu a apertava pra que sentisse meu pau duro ela suspirava querendo se entregar todinha abri dois botões de sua blusa, disse que ela tinha seios lindos dei uns beijinhos neles, nisso o Roger chegou ai ela meio que travou, ele me fez um sinal de positivo chegou pertinho de nos beijou a esposa e disse pra ela ir fundo, ela o olhou ele repetiu então ela começou a se soltar novamente, agora eu já tinha tirado sua blusinha e sua sainha também, ela estava com uma calcinha tipo asa delta que realçava mais ainda suas curvas, e aquele salto nossa que destaque as mulheres ficam lindíssimas nesses trajes ela abriu toda minha camisa, me cheirava(gosto de usar perfume importado nessas ocasiões principalmente) e me dizia que eu era muito gostoso que deveria levar as mulheres a loucura, eu dizia que nada disso ela que estava me enlouquecendo, nos beijávamos freneticamente(é uma delicia beijar, alias melhor que isso só beijar e transar ao mesmo tempo) tirei de vez minha camisa e me livrei da calça ficando apenas de sunga, ai já nem lembrava mais da musica a levei até o sofá e passei a chupar cada pedacinho do corpo dela o Roger estava na poltrona assistindo a tudo com a calça aberta já se masturbando sem tirar os olhos de nos, quando comecei a chupar aquela bocetinha deliciosa ela aparava os pelinhos deixando bem ralinho toda cheirosinha, eu dava linguadas la no fundo e ficava brincando no grelinho nos lábios dela e ao mesmo tempo admirava aquele cuzinho lindo dela e me lembrei que o Roger certa ocasião me disse que fez anal com ela apenas uma vez, em fim deixei ela doida de tanto tesao, então ela se levantou e tirou minha sunga e falou “nossa” e olhou pro marido, e passou a abocanhá-lo chupando ele todinho ela sabia o que fazia me deu muito prazer, depois de algum tempo eu me virei por cima dela meio desajeitado RS me posicionei e fiquei pincelando meu pau na bocetinha dela e ao mesmo tempo olhando dentro dos seus olhos, ela me dizia que eu era muito crueu eu falava por que ela me falava pra por de uma vez então eu disse me pede pra meter, ela olhou nos meus olhos e pediu “mete, mete tudo que não agüento mais de tesao” então posicionei o meu pau entre os lábios de sua bocetinha e fui fazendo pressão sentindo ele escorregar lentamente pra dentro e cada cm que entrava ela dava um gemidinho delicioso quando senti que minhas bolas bateram na portinha avisando que tinha entrado tudo segurei ele La no fundo forçando mais um pouquinho, ai comecei um vai e vem gostoso lento, ao mesmo tempo a beijava, e comecei a falar sacanagens pra ela dizendo que ela era linda, que era muito gostosa, que ela metia muito bem, que parecia uma profissional, comecei a chamá-la de safadinha putinha, mandei ela olhar pro Roger e dizer que estava gostando ela de imediato não fez, eu insisti então ela olhou pra ele e falou “Amor olha só o que ele esta fazendo comigo” e ele perguntou se ela estava gostando e ela respondeu “ai amor ta delicioso, não sabia que ele era assim tão gostoso, vou querer sempre” e eu passei a fazer o vai e vem forte fundo e rápido, ela gemia gostoso, me chamava de puto safado, eu dizia que ela era muito putinha que metia muito gostoso, então mandei ela ficar em pé ao lado do sofá, fiz ela debruçar sobre o braço do sofá e a peguei nessa posição, para meter por traz, eu pincelava o pau entre o cuzinho dela e a bocetinha toda molhadinha e ela gemia dizendo que estava delicioso, então chamei o Roger para chegar bem pertinho pra ver meu pau sumindo dentro dela, ele veio bem pertinho acariciou a bundinha dela e ai eu fui enviando até entrar tudo bem La no fundo, tirei meu pau todinho e perguntei se ele queria sentir ou seja pegar no meu pau e sentir ele escorregando para dentro da bocetinha dela, ele de imediato ficou sem jeito, eu insisti peguei em sua Mao e mostrei como ele deveria segurar ele logo segurou no meu pau e eu primeiro brinquei só com a cabecinha, pra ele ficar mais tempo com o meu pau em sua Mao, e depois meti tudinho e vi em seu rosto que ele gostou muito da experiência, ai eu prossegui com ela e eu metia fundo então dei um tapinha de levezinho, ela gemeu e pediu mais então dei mais uns tapinhas ela gemia de tesao eu sempre falando sacanagens pra ela, eu olhava pro Roger e dizia que ela era deliciosa que ele era um cara feliz, e continuava metendo com ela, beijava sua nuca, acariciava seus peitos puxava seus cabelos de leve chamava ela de potra gostosa, depois de algum tempo me sentei no sofá e fiz ela vir de frente se encaixando em mim, ela veio e assim eu mandava ela rebolar no meu pau, olhava nos olhos dela chamava ela de safada putinha ela gemia, eu dava mais tapinhas na bundinha dela, e chupava seus peitinhos ao mesmo tempo que fazia caricias na sua bundinha quanto mais caricias eu fazia mais ela rebolava, ela estava toda molinha me confessou ter gozado, ficamos assim abraçadinhos, algum tempo logo eu mandei ela ficar de quatro novamente que queria comer aquela bundinha, ela olhou pro Roger, ele disse “vc quem sabe por mim vá em frente” ela se posicionou e pediu pra eu ir com cuidado pois só tinha dado uma vez, eu falei pra ela relaxar, corri na cômoda peguei um tubinho de KY comecei a passar naquele cuzinho lindo enfiando um dedinho, depois dois até sentir ele bem relaxado, então passei um pouco mais no cuzinho ela e um pouco no meu pau, encostei e fui fazendo pressão, quando passou a cabeça dei uma paradinha pra ela se acostumar, logo fui empurrando o resto, sempre mandando ela relaxar, até que entrou tudinho, e dei um tempinho pra ela acostumar com ele todinho dentro dela, senti que ela começou a querer mexer, então iniciei meu vai e vem, chamando ela de puta safada, que ela era deliciosa que eu queria comer ela todinha que queria arrombar todos os buraquinhos dela, ela gemia gostoso e dizia pro maridão que eu estava arrombando ela todinha e o Roger no canto dele se matando de tanto se masturbar, dizendo pra ela que ela estava linda assim de quatro. Depois de algum tempo tirei meu pau do seu cuzinho, ela me olhou como quem não gostou, eu me sentei no sofá e disse pra ela sentar no meu pau só que de costas pra mim, mas queria que ela sentasse com o cuzinho que eu iria terminar de arrombar aquele cuzinho, ela veio e se ajeitou e sentou entrou todinho(essa posição é boa porque não fica nadinha de fora), então mandei ela rebolar gostoso, e ai eu chamei o Roger pra chupar o grelinho dela, ele meio sem graça, não sabia o que fazer, mas logo a Cida chamou ele “vem amor chupa meu grelinho enquanto ele mete no meu cuzinho assim vc vê de pertinho ele me arrombando toda” então ele veio e se ajeitou começou timidamente mas logo estava se deliciando em chupar ela parava vez por outra pra ver meu pau sumir todinho dentro dela, eu fazia caricias em seus peitos e beijava sua nuca falando sacanagens em seu ouvido, e falei pra ela que queria gozar na boquinha dela pra ficar completo, ela disse pra eu avisá-la, após alguns minutos avisei que iria gozar, ela saiu rapidinho começou a chupar meu pau deliciosamente, eu soltei golfadas de porra na boquinha dela a primeira caiu em seu nariz e rosto o resto ela pegou todinho em sua boca, não perdeu mais nadinha, ai me olhou com carinha de safada, disse que adorou, foi até o Roger disse que o amava muito e se beijaram como loucos mesmo ele sentindo o sabor de porra na boquinha da esposa, deduzi que fazia parte de suas fantasias. Depois tomei um banho gostoso com ela ensaboei ela todinha nos beijávamos muito parecíamos namoradinhos, rolou muitos amasso durante o banho, por fim tomamos uma cerveja Said eira, e selamos nosso pacto de cumplicidade, e eles me confessaram que queriam alguém como eu pra rolar algo fixo pois chama menos atenção e rola mais confiança, eu claro aceitei e passei a sair com eles sempre que posso e vez por outra eles me chamam pra tomar umas cervejas e passei a freqüentar a casa deles 3 a 4 vezes por semana ocasiões onde eu sou o macho dominante e ela é todinha minha fazendo tudo que eu quero e ele fica como voyeur participa apenas quando nos o chamamos, e por vezes também ficamos com a porta do quarto fechada com o Roger pra fora, e nessas ocasiões faço questão de deixá-la todinha esporrada em seus buraquinhos que ela me pede para depois mandar o maridão chupá-la enquanto conta como eu a fodi gostoso e ele fica todo feliz em ver sua esposinha super feliz e saciada pelo amante deles, agora estamos combinando de irmos numa boate, onde eu irei com ela como maridão dela e ele ira como amigo, nessa oportunidade vou fazer ela ficar bem putinha flertar com os caras, vou fazer ela ficar bem safadinha mesmo, depois que rolar conto pra vcs. Quem quiser conversar fiquem a vontade meu email Sandro_garcia@yahoo.com.br

Amigo de trabalho e sua esposa
Autor: sandro_garcia
Categoria: Heterossexual
Data: 10/12/2010 17:16:56
Assuntos: Heterossexual, Menage, Sexo a tres, Corno, Traição, Fantasia, Fetiches

Referência do Anúncio ID: 3115a60069585ca3

718 visualizações, 0 hoje

  

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 61 Guests, 22 Bots