Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Anal com a namorada.

  • Publicado em: 22 de junho de 2004 08:10
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Oi Pessoal, espero que tenho gostado do meu último conto “Um amor de Cunhadinha”, e agora vou contar como foi o meu último grande feito.

Após transar com a minha cunhada despertou em meu interior vontades adormecidas, uma delas era poder fazer anal com a minha namorada…

Foi assim que ocorreu…

Era sábado, finalmente minha namorada Fernanda teve um dia de folga e saimos para jantar fora.

Como era um dia especial e raro, bebemos bastante, neste dia estava de carro e sinceramente eu odeio transar dentro do veículo, por que é apertado e também é do meu pai.

Sugeri um novo motel que inaugurou a menos de um mês.

Estavamos a quase duas semanas sem transar, estavamos no maior desejo de amor.

Seguimos, e com todo o romantismo herdado de meus antepassados, a peguei no colo e seguimos para nosso quarto.

A hidromassagem do quarto era demais e fomos obrigados a experimentar.

Retirei cada peça de sua roupa declarando aos meus olhos toda a maravilha de seu corpo.

A beijava como se nunca mais fosse faze-lo.

E ela o mesmo fazia, chegamos a um estágio de tesão que o gozo seria possível só com o tocar dos dedos no corpo do outro.

Entramos na banheira, continuando as carícias, beijos.

Depois de 10 minutos relaxantes na banheira, enxugamos nossos corpos e fomos para a cama.

Comecei novamente a beijar seu corpo e quando cheguei em sua xaninha comecei a chupar, mordiscar e acariciar. Ela se contorcia, chegava a soluçar de tamanho prazer que eu a oferecia. Ela gozou incontrolavelmente, que maravilha.

Também queria e ela fez de imediato me deixando com o pau duro em segundos…

Sua boca era quente, macia me levando ao gozo e pela primeira vez ela quiz que eu fizesse em sua boca…Gozei muito e ela engoliu tudo…

Esta era uma noite especial mesmo…A puz de quatro e iniciei a penetração…

Um vai e vem frenético iniciei misturado com estocadas fortes e fracas, tendo em minha frente sua maravilhosa bunda. Ela estava insaciavel, nunca a tinha visto tão descontrolada, ela virou-se para mim e disse que queria comandar agora.

Aceitei sua proposta e deitei-me na cama, ela veio e sentou em cima do meu pau, e começou a calvagar como uma verdadeira amazonas. Fiquei maluco de tesão.

Ela se cansou do ritmo e pedi para deitar de bruços. Deitei por cima dela e iniciei uma forte penetração que arrancou grandes gemidos de Fernanda.

Gozamos juntos, quases desfalecemos de tanto prazer, continuei por cima dela dando beijos em seu rosto, sua nuca, costas…

Ela por si estava satisfeita, mas eu queria mais…

Meu pau já estava amolecendo dentro de sua xaninha, mas me lembrei do desejo de possuir sua bundinha. Meu pau voltou a endurecer. Ficou latejando e minha namorada perguntou?

Assim você vai me rachar no meio.

Disse já sem rodeios, eu te quero agora de outra forma, quero sua bundinha…

Minha namorada ficou assustada e disse que tinha medo de uma transa anal, por que sua amiga tinha feito e tido muita dor…

Comecei a acaricia-la e dizer que faria com carinho, que eu a amava demais e nunca iria faze-la sofrer.

Me levantei e fui no carro, estava preparado, tinha um frasco de Ky gel e disse para Fernanda que isso ia ajudar a tornar prazeroso nosso proximo ato de amor..

Ela concordou e disse para eu ser carinhoso e se ela pedisse para parar eu o fizesse.

Concordei e disse que seria do jeito dela.

A coloquei de quatro e lambuzei meu pau com o creme.

Que visão maravilhosa, finalmente mais um desejo realizado.

Abri mais as pernas delas, ajustei a altura da sua cintura e mirei no seu cuzinho e comecei a penetração.

Não acreditei como era apertado e mesmo sentido ela relaxada, a dificuldade era imensa.

Fui mais enérgico e a cabeça entrou.

Ela deu um grito, deve ter doido, era muito apertado.

Fiquei parado, esperando ela se acostumar com o volume e perguntado se estava tudo bem.

Ela dizia que estava doendo, mas era suportável.

Vendo ela mais relaxada penetrei mais alguns sentimentros e ela começou a gemer de dor novamente.

Fiquei com dó dela e tirei meu pau.

Ela perguntou por que eu fiz isso e eu disse, não quero que sinta dor por uma fantasia minha.

Ela me deu um beijo e disse que estava fazendo isso por amor e que embora estivesse sendo um pouco doloroso no começo ela queria muito me ver feliz.

Disse que foi dolorido quando eu tirei a virgindade dela, mas o prazer que eu a proporcionei foi gratificante e valeu a pena.

Ela se pôs de quatro novamente e pediu para eu continuar.

Coloquei novamente e iniciei a penetração..

Ela urrava de dor, mas fui até fim. Coloquei meus 15 cm de pau dentro daquele cuzinho maravilhoso.

Fiquei parado por uns 02 minutos esperando ela se acostumar com o volume enquanto acariciava seu clitóris.

Vendo ela bastante excitada comecei o vai em vem. Notei que sentia dor, mas também sentia que os gemidos tinham um toque de prazer.

Aumentei a pressão e ela gemia mais alto. Perguntei se estava tudo bem e ela mandou continuar.

Que maravilha, sua bunda era maravilhosa.

Era com certeza um dia sensacional…

Olhando para o meu pau vi sangue, dilacerei o cuzinho da minha namorada, tadinha…

Mas continuei a meteção, o prazer era demais, ela gemia alto, estava gostando também.

Veio o gozo, mas o dela veio primeiro e quando veio o meu foi gratificante…

Deitamos na cama cansados, mas realizados.

Ela disse que tinha sido maravilhoso e que sentia-se uma mulher completa.

Eu declarei meu amor e ela também.

Amar é maravilhoso.

Referência do Anúncio ID: CT-000020466

Não há Tags

6799 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

Contos publicados por Bastiaodapega

Últimos itens anúnciados por Bastiaodapega »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Engenheiro 2015, 146 Guests, 13 Bots