Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

AS FANTASIAS CONTINUAM

  • Publicado em: 8 de dezembro de 2002 09:09
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

AS FANTASIAS CONTINUAM

Oi pessoas, meu nome é Roberto e Minha esposa Carol, quem já leu o nosso conto “ FANTASIAS DE CASAL “ irá entender melhor o nosso envolvimento com a nossa amiga Sonia.

Com o chegar do final de semana, programamos em deixar os nossos filhos na casa da avó, para termos uma pouco mais de privacidade, já que íamos receber em nossa casa a nossa amiga Sonia, e diga-se de passagem, só de pensar nos menagens que iríamos ter já fiquei de pau duro.

Quando chegamos em casa aproveitamos para deixar tudo arrumado para a nossa festinha que prometia muito.

A Sonia chegou com um sorriso muito contagiante e cara de quem quer mais. Comprimentamos-a com os copos nas mãos, e fizemos farta distribuição de aperitivos para entrarmos o mais rápido no estado de relaxamento e iniciativa das brincadeiras.

Após alguns copos apaguei a luz da sala e fechei a cortina deixando somente uma fresta para observar a vista da janela saboreando o aperitivo. Após alguns minutos senti alguém alisando o meu caralho, que já estava pra lá de duro, senti em tesão incrível, pois a sala estava completamente escura e tanto a Sonia como a Carol estavam agachadas trocando caricias no meu cacete e tentando tira-lo para fora da calça. O mais incrível era que eu não sabia quem estava chupando o meu pau e quem estava tirando as minhas roupas, só senti que as duas estavam nuazinhas e se roçavam com os seios em mim, achei isso muito excitante, as duas estavam com os cabelos amarrados e com o mesmo perfume, ficando difícil identificar as duas sem o contato com as mãos, e lógico que não me deixavam toca-las, uma esfregava os seios no meu pinto e subia até ficar de pé, a outra esfregava os peitos nas minhas costas e ia descendo até a minha bunda sem trocar uma só palavra, somente gemidos e sussurros para não serem reconhecidas. Isso me deixava num êxtase terrível, uma sensação incrível de gozo, meu pau latejava tanto que em determinados momentos saia um pouco de porra o qual as deixavam mais excitada ainda, pois esfregavam os peitos no meu cacete melado e passavam pelo corpo todo, trocando de lado entre as duas me lambuzando todinho.

Como estas duas gostosonas não são flor que se cheire, em dado momento uma começou a chupar o pescoço e o peito, a outra chupava e dava linguadas nas minhas costas e nuca, isso já estava me deixando zonzo de tanto tesão e prazer, as duas me abraçavam e foram descendo dando chupando e linguadas até ficarem de joelhos e começaram a me chupar uma no umbigo e virilha a outra atras das coxas e nádegas, eu respirava fundo sem controle, não sabia quem estava na frente ou atras, gemia como um louco, pedindo para que alguma chupasse o meu caralho porem não era atendido, de repente me colocaram de quatro e começaram a me chupar de novo no pescoço, peito, boca, ouvidos, costas, coxas, barriga, nádegas, eu já não sabia mais o que fazer, estava até tremulo quando uma entrou por baixo e começou a mamar o meu saco e meu pinto, enfiando em sua boca a minha rola latejante , que tesão, senti o cheiro de sexo de sua buceta roçando o meu rosto, toda molhadinha, encharcada de tesão, não tive duvida, caí de língua, foi começar a chupar aquele grelinho super inchado da safada que estava por baixo chupando o meu pau, ela começou a gemer feito uma cadela no cio, e no meio daquela chupação toda senti que a língua que estava me chupando e alisando as nádegas começou a deslizar no meu reguinho, se encaminhando bem lentamente e se movimentando vigorosamente até chegar bem no centro do meu cuzinho. Já afoita e gemendo muito alto demonstrando que estava entrando na fase de gozar, isso nos excitava mais ainda, os gemidos, os sussurros, as chupadas, as linguadas, isso tudo ajudou para que tivéssemos um orgasmo colossal, gozamos praticamente juntos, descia o melado das bucetas das duas, aquele liquido viscoso e cheiroso da excitação vividas pelas duas, que até escorriam pelas pernas, e meu pau enchia de porra a boca de uma delas, que delicia, a gozada foi tão intensa e duradoura que ficamos deitados e quietinhos por alguns minutos se restabelecendo da foda que tivemos, comecei a relembrar os momentos de prazer que acabávamos de ter e meu cacete começou a dar sinal de vida, senti a cabeça de minha rola inchada de tesão e sensível por ter sido muito chupada e roçada pelos corpos das duas, Abracei a bucetuda que estava mais próximo de mim e comecei a chupar o seu corpo, peitos e fui descendo até a buceta, ainda inchada de tanto tesão e gozo, neste tempo fui retribuído com uma gostosa boquinha no meu pau que ora chupava ora massageava minha rola com uma deliciosa punheta.

Já não estava mais resistindo a orgia, passei a chupar a buceta até o cuzinho da putinha, o tesão estava tão grande que ela me colocou deitado de barriga pra cima, ficou de quatro em cima da minha cabeça para que eu pudesse continuar chupando a sua buceta e o seu cuzinho e dividindo entre elas, começaram a chupar a minha rola, de repente nossas respiração foi ficando mais afoita e acelerada e os gemidos começaram a aumentar, a que estava de quatro puxou a outra para que sentasse com tudo na minha rola e começaram a se abraçar e se chupar, gemendo e gritando de prazer, uma cavalgava na minha língua e a outra dançava no meu caralho até chegarmos mais uma vez num gozo incrível e fantástico, quase desmaiamos de tanto gozar, meu pau já estava todo inchado e esfolado da foda que acabávamos de ter quando a minha esposa Carol ascendeu a luz e chamou a sua amiga Sonia, pegou no meu pau, sentou-se no sofá e chegando bem perto do meu pinto falou para a Sonia, Está vendo o caralho do Roberto todo inchado e ralado ? As nossas bucetas também estão assadas e raladas, certo, quero ver este pinto gostoso entrando bem de pertinho na sua buceta, quero ver ele socando até o fundo bem gostoso até gozar, olha só a minha xaninha, só de pensar nisso eu já estou excitada, molhadinha com o grilinho inchado de tanto tesão, depois que ele te foder bem gostoso e gozar, eu quero que você tire o pinto melado de sua buceta e enfie todinho na minha, de uma vez só, não vai dar tempo nem de mexer direito que eu já vou gozar nesta rola melada e deliciosa de tanto tesão que estou.

Mais isso fica para uma outra historia sacana.

Se você se interessa por este tipo de relacionamento e quer dar sua opinião ou contato nosso e-mail é otortao@terra.com.br

Referência do Anúncio ID: CT-000010726

Não há Tags

6060 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor:
  • Membro desde: 11 de dezembro de 2017

Contos publicados por

Últimos itens anúnciados por marcio »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 315 Guests, 31 Bots