Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

As irmãs – parte 1

  • Publicado em: 20 de setembro de 2017 13:14
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Olá galera, aqui é a Isadora para mais um conto. Antes de qualquer coisa, quero pedir um favor para quem está lendo. Comente algo sobre os meus contos, de opiniões, críticas, eu agradeço. Esse conto me pegou de surpresa, pois eu fui ao banco pagar algumas contas, quando um rapaz sentou do meu lado, viu que eu estava lendo e puxou conversa. Falei que também gostava de escrever e que meu foco era o … conto erótico, ele gostou da ideia e disse que tinha algo para me contar. O nome do rapaz é Cláudio, ele tem 22 anos e é daqui mesmo de Curitiba. No conto surge um novo protagonista, que não é esse rapaz do banco, mas sim um amigo dele, o Leonardo, um ano mais novo e que mora em Maringá. Pedi para ele enviar para o meu e-mail tudo que ele lembrasse que eu transformaria num conto para facilitar a leitura. E o que ele mandou segue abaixo.
Era janeiro de 2015, e eu combinei com o Léo de irmos para alguma cidade do nordeste nas férias do trabalho, pois seria legal fazer algo diferente ao invés de ficar só em casa. Nós nos conhecemos no ensino médio, mas eu mudei para Curitiba a cerca de dois anos e nosso contato continuou apenas pela internet. Decidido o lugar e a data fomos para Porto Seguro, na Bahia. Chegando lá, ficamos num hotel próximo a Praia da Coroa Vermelha, lugar bonito e bem tranquilo. Como era tarde, saímos para comer e voltamos para o hotel. No outro dia fomos para o café e depois saímos para a praia.

O Léo não tinha exatamente uma fama de pegador com as meninas pois ele era bem tranquilo, mas tinha a sorte de ser sempre assediado e frenquentemente conseguia algo das garotas do colégio. Porém, logo que chegamos na praia e ele tirou a roupa, ficando apenas de sunga, percebi como ele estava diferente, Continuava com o mesmo sorriso grande, mas estava mais alto (cerca de 1,85) e tinha ficado bem musculoso. Ele me disse que estava fazendo academia, só não sabia que já tinha mudado tanto. Ficamos a manhã toda na praia e eu percebia o olhar das meninas para ele, aquilo acabava me deixando um tanto chateado, pois a atenção delas era toda voltada para ele e eu me sentia um tanto invisível na história.

A tarde, após o almoço, voltamos para a praia, porém fomos um pouco mais longe do hotel, onde nos disseram que era mais tranquila. Lá tinham poucas pessoas, então ajeitamos as cadeiras, o guarda-sol e sentamos para conversar. Cerca de 10 minutos depois, duas morenas montam suas cadeiras e guarda-sol perto de nós. Elas chegaram de biquíni, porém com uma canga em volta da cintura. Morenas, uma delas com cerca de 1,65, pele um pouquinho mais escura, queimada de sol, cabelo preto e liso. A outra, pouco menos de 1.60, pele mais clara, mas também com cabelo preto e liso. Logo que sentaram, olharam para a gente e continuaram conversando, mas eu percebi que elas olhavam para o nosso lado.

Depois de meia hora, mais ou menos, elas se aproximaram e começamos a conversar. Juntamos as cadeiras e o papo rolou, mas percebi que elas davam quase uma exclusividade pro Léo. Na conversa, elas disseram que eram irmãs, a mais alta e mais morena era a Renata, de 20 anos, e a mais nova e pouco mais baixa era a Raquel, de 18. Elas eram de São Paulo, capital e estavam passando as férias na Bahia, e por coincidência estavam no mesmo hotel que nós.

A mais velha, Renata, puxou a cadeira perto do Léo e praticamente agarrou ele, fazendo com que a Raquel ficasse de canto. Vendo isso, cheguei mais perto dela e fiz com que ela falasse comigo. Alguns minutos depois, a Renata e o Léo saíram e disseram que dariam uma volta, e eu e a Raquel ficamos no mesmo lugar conversando.

Apesar de conversar comigo, percebi que a Raquel estava incomodada com o fato da irmã ter conseguido fisgar o Léo e a “cara de bunda” que ela estava era evidente. Tentei fazer com que ela se interessasse por mim, mas ela ficava olhando para os lados, suspirando, como se minha conversa fosse horrível. Pedi para ficar com ela, mas ela disse que não pois tinha um namorado em São Paulo. Duvidei, mas quando tentei insistir ela foi um tanto grosseira e desisti. Só achei estranho quando ela pede meu telefone, nesse momento senti uma pontinha de esperança, pois logicamente eu queria algo com ela.

Cerca de uma hora depois o Léo volta com a Renata, os dois sorrindo e de mãos dadas. A Raquel então levanta e fala para a irmã que quer visitar outros lugares. As duas então saem, mas antes disso a Renata volta e dá um beijo no Léo. Perguntei o que tinha acontecido e ele disse que tinham ficado e que ela iria depois fazer uma visitinha no nosso quarto.

A noite, estávamos no quarto deitados vendo um jogo que tinha começado as 19 horas quando escutamos uma batidinha na porta. Levanto, e pelo olho mágico descubro que é a Renata, de blusa tomara que caia e uma microssaia. Ela entra, me olha meio desconfiada pois achou que ele estaria sozinho e vai direto em direção à cama dele.

O Léo levanta, abraça ela e logo começam a se beijar. Ele ataca o pescoço dela e ela dá uma gemidinha, porém pede para parar e olha para mim, ele fala para ela não ligar e fazer de conta que estão sozinhos. A Renata então diz: nunca fiz nada na frente de outra pessoa. E o Léo responde: você é uma delícia, ele vai babar vendo você. Ela dá um sorrisinho e beija ele.

Os dois deitam na cama e se beijam durante um bom tempo. Eu, deitado na cama fico olhando para a televisão. Olho para o lado, ele deitado de costas, só de cueca, ela deitada por cima dele, de sutiã e com uma microssaia. Ele com as duas mãos no bumbum grande dela. Após os beijos, ela começa a beijar o pescoço dele e começa a descer com a língua, passando pelo peito e pela barriga trincada que ele adquiriu na academia.

Ela abaixa a cueca dele, pega com a mão direita e começa a tocar. Eu nunca tinha visto o pau dele, e quando ela tirou pra fora, senti uma pontada de inveja, sempre quis ter um grande, não muito grande, mas que chamasse a atenção. Começou a chupar, enquanto massageava as bolas. Depois de uns minutos ele fez ela parar, deitou ela na cama e começou a beijar o corpo dela. Logo que ela tirou o sutiã, mostrou os seus seios bonitos, médios e redondos. Ele começou a chupar e ela ficou de olhos fechados. Quando chegou na calcinha, ele abaixou com a boca, abriu as pernas dela e começou a lamber a bucetinha depilada. Então ela abriu os olhos, virou a cabeça para o meu lado e sorriu de um jeito safado.

O barulho que ele fazia enquanto chupava ela, dava a dimensão do quanto ela estava molhada. Ela gemia e se contorcia agarrando o cabelo dele. Então ele foi para cima dela e penetrou. Ela gemeu e logo cruzou as pernas nas costas dele.

Rebolando, com o pau todo dentro dela, Léo fazia com que a Renata ficasse com um sorriso no rosto desse gemidos de tempos em tempos.

Ele apoiou as mãos no colchão e começou a meter com mais força e mais rápido, ela gemia e olhava para o corpo dele, como se estivesse admirando. O bumbum dele ia para frente e para trás num bom ritmo e seu rosto estava sério, concentrado. Ela olhava para o pau dele entrando dentro dela e gemia baixinho. Ele então parou, beijou ela e começou a acelerar mais batendo com o corpo dele no dela, fazendo barulho e botando pressão. Ela então começou a gemer mais alto e prendeu ele com as pernas no corpo dela.

O Léo deu uma gemida mas não diminuiu o ritmo. Achei que duraria mais tempo, porém, ele passou o braço direito por baixo dela, fazendo com que o corpo dela se levantasse um pouco e começou a meter com bastante força e rápido. Ela então gemeu alto e começou a prender a respiração, soltando o ar de tempos em tempos com um gemido. Não demorou muito para que eu visse no rosto dela o orgasmo chegando. Com a mão esquerda agarrada no cabelo dele e a mão direita no bumbum. Ela deu um grito/gemido, fechou os olhos com força e gozou.

Ele, sem perder tempo, colocou ela de 4, agarrou no cabelo e começou a bombar, dando alguns tapas de vez em quando. Nessa posição pude constatar o quanto ele estava forte, pois a mão que estava no quadril dela, firme, fazia com que o tríceps ficasse marcado, e o braço esquerdo, puxando o cabelo dela, deixava o bíceps contraído.

Enquanto ele metia, ela olhou para trás e disse: gostoso. Sorrindo de maneira safada, ele segurou ela pelos ombros e começou a meter com mais força, fazendo com que o barulho de corpo no corpo (PA PA PA PA) ficasse mais alto. Ela gemia, dava uns gritinhos e dizia “que delicia”, “que tesão”. Olhei para o Léo e ele fechava os olhos, dando indícios de que queria gozar. Ele então montou em cima dela e ela deu um gritinho. Ele socava sem dó e ela parou de gemer, apenas apertou os olhos e a boca. O Léo começou a dar uns gemidos e ela, ouvindo isso relaxou. Quando ele começou a fazer rápido, ela deu um suspiro/gemido, uma espécie de “óóhh” e gemeu alto, gozando. Ele desmontou dela, começou a meter forte e dando um gemido também gozou.

Os dois deitaram lado a lado e ficaram se beijando, recuperando o fôlego e rindo baixinho. Ela elogiando a performance dele, o corpo, sorriso, o beijo e ele apenas acariciando ela. Pouco tempo depois ela levantou, colocou a roupa e saiu do quarto, mas antes disso passou o contato dela e falou, pelo menos umas três vezes: me liga. Enquanto eles transavam, a irmã dela, mais nova, Raquel, tinha mandado mensagem para mim perguntando se a Renata estava com a gente e eu disse que não.

Logo que a Renata saiu eu perguntei se tinha sido bom para ele, e ele pegando a toalha para tomar banho disse que sim, nada de espetacular mas foi bom. No outro dia fomos para a praia de novo mas não encontramos as irmãs. A Raquel mandou mensagem novamente, mas só perguntando do Léo e insistindo na pergunta, sobre a irmã, e eu sempre negando, dizendo que ela não foi no nosso quarto (a Renata pediu para eu não falar nada para a irmã dela).
Continua…

Referência do Anúncio ID: 75259b4c8dcdae2d

Não há Tags

560 visualizações, 0 hoje

  

Uma Comentário para “As irmãs – parte 1”

  1. Olá.
    Dúvidas, críticas ou sugestões:
    isadoragrc94@gmail.com
    Obrigada.
    Isadora.

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Moreno-62, 92 Guests, 19 Bots