Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Carteado erótico na fazenda

  • Publicado em: 3 de maio de 2006 18:29
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Eu e minha namorada, Susy, estavamos loucos por uma aventura erotica, bem diferente do que sempre fazemos, e foi o feriadão de Carnaval que escolhemos para realizar nossos desejos.

Chamamos alguns amigos para passarmos a festa em uma Fazenda, bem retirada da Cidade, para ficarmos longe da agitação do Carnaval.

No meu carro, fomos eu e Susy, que usava um vestidinho que deixava a mostra suas torneadas coxas, e um decote que quase dava pra ver o bico dos peitos.

Mais tarde, no outro carro, foram nossas amigos, Eduardo, e André, que levavam na carroceria da pick-up, bastante cerveja gelada e carne.

Passei a estrada inteira alisando as pernas da minha namorada, colocando a minuscula calcinha de lado, e enfiando o dedo na sua bucetinha que estava molhada… Ela gemia dentro do carro, enquanto batia uma punheta pra mim… Logo que entramos na estrada de terra, ela começou uma chupeta muito molhada, e pedia, entre gemidos, pra eu gozar na sua boca.

Enfim, chegamos na fazenda tomamos um banho jutos e ficamos tomando Uma, enquanto os caras não chegavam. Susy, ficou molhada o tempo todo só de pensar o que podereia rolar ali…

Não demorou muito, Eduardo e André chegaram, colocaram a caminhoneta de ré, e começaram a descarregar as coisas, Susy, com seu micro-vestido, foi nos ajudar tbm, e de dentro da casa eu via ela se debruçando na camioneta para pegar as coisas na carroceria, fazendo um 90 graus perfeito, deixando aparecer sua bunda. Os caras ficaram até sem jeito, mas não tnha como não olhar, e já que acharam q eu não estava vendo, se esbaldaram. Susy adorava… quando não rebolava, se enclinava para mostrar os peitos fartos pelo decote.

O Alcool já começava a subir, quando acabamos de descarregar as coisas, os kras e eu, obviamente de Pau duro.

Susy disse que iria tomar banho, deixou a porta do banheiro meio aberta, eu percebi, e disse que iria dar uma saida pra comprar uma Vodka e já voltava.

Não deu tempo nem de sair, e os Kras já estavam se esgeuirando para tentar espia-la.

A situação ficou nesse tesão até a noite. Susy provocando e os caras se deliciando com o que Viam.

Ela estava excitadissima, e disse que queria meter muito nesse fim de semana, não teria limites pra ela.

A noite, depois de jantarmos, ela disse que já colocaria a camisola, pois já era tarde. Quando a vejo, ela estava com uma camisola semi transparente, sem calcinha, nem Sutiã, era muita provocação. Se fazendo de inocente, sentava-se de frente pros Kras, e enquanto eu estava de costas, abria “sem perceber” as pernas e deichava a mostra sua bucetinha rosada e sem nenhum pelinho.

Começamos então, a jogar uma partida de truco. Eu e Susy, contra André e Eduardo. Estavamos todos bebados, e o pudor foi ficando de lado, ao ponto dos caras meterem a mão na bunda de Susy, que fingia que não estava gostanto. Os olhos dela estvam flamejantes de desejo, ela delirava em pensar em tres picas dentro dela…

Assim começamos o jogo, primeiro apostamos uma quantia simbólica. Eu e Susy ganhamos 2 partidas… A cerveja rolava solta… Eu levantei da mesa pra ir ao banheiro, no ouvido de Susy disse que demoraria um pouquinho por ela.

Ela não perdeu tempo, eu sai ela começou a se engraçar pros kras, abrindo lentamente as pernas, enfiando o dedinho na buceta, em seguida chupava-o e dizia que estava molhadinha. Os kras não se aguentavam, e pediam pra chupa-la. Ela quase cedia, mas dizia que não. André insistiu pra que ele também pudesse sentir se ela estava mesmo molhada. Ela deixou. Ele enfiu um dedo grosso inteirinho dentro da bucetinha apertada dela, ela deu um gemidinho e mandou tirar, ele enfiou mais uma vez. Eduardo temia que eu aparecesse, e os orientava a parar…

Sai do banheiro, eles estavam como se nada tivesse acontecido. Sentei na mesa pra continuarmos o jogo, ela se levantou pra buscar outra beer… André se levantou dizendo que ia no banheiro, e a seguiu atá a coizinha. Acoxou ela por trás ficou esfregando o pau duro na bunda dela e apertava seus seios, dizendo que queria comer sua buceta, seu cuzinho e gozar na boca dela, por que ela era uma puta e tinha que levar pau.

Ela voutou a mesa primeiro, rebolava muito, Eduardo não tirava o olho dela. Quando André chegou, propos uma aposta mais alta. Se eles perdessem mais uma nos pagarima R$200, se ganhassem Suzy teria que jogar uma partida completamente nua. Nós aceitamos a aposta e perdemos. Susy tirou a camisola, e deixou algumas cartas cairem no chão, virou a de costas para o Eduardo, abaixou-se sem dobrar os joelhos para pega-las, deixando seu cuzinho e buceta a mostra, em seguida, sentou-se de penas abertas, para a outra jogada.

O que vamos apostar? Eduardo protamente respondeu. Nós mantemos os R$200,00, se vcs perderem Susy tem que nos fazer uma chupeta! relutei um pouco, mas depois de Susy insistir, apostamos. Perdemos mais uma. Susy, levantou, toda peladinha, buscou mais uma cerveja, tomou um golinho, tirou o pau de eduardo pra fora, derramou um pouquinho de cerveja, e nem pensou. Chupou o pau dele como uma louca… Ela olhava pra mim, com cara de safada, e pedia para colocar o dedu na buceta dela… enquanto eu fazia isso, ela gemia… Fez o mesmo com André, mas qdo ele tirou o Pau pra fora, ela se assustou, depois sorriu. O pinto do cara era enorme… mas ela deu conta.

ela terminou de pagar o castigo, e se vestiu. Ela queria mais, mas sugeri para pararmos. Ela tirou meu pau pra fora, e sentou em cima. A bucetinha dela queimva de tanto tesão. Ela dizia ” me come na frente dos outros que sou sua puta, come, que esta bucetinha é só sua”. André sugeriu outro Jogo. Se vcs perderem, pagamos 500,00, se ganharmos, passamos esta noite com Suzy. Susy deu um gemido e perguntou o que eu achava, disse que não sabia; ela disse – Já que estamos na chuva… Nós perdemos mais uma.

Susy foi pro quardo de André se despedindo de mim com um chupeta… Ela: vou dar tudo o que é teu, andes de dar pra eles. Assim, ela me chupou, Deu uma metida na buceta, e ficou de quatro pra eu dar uma no cuzinho dela. Ela me deu o cú duas vezes na vida. Agora me dava sem eu pedir….

Ela tirou a roupa na minha frente, e entrou no quarto com os dois.

Eduardo a fez sentar no seu colo, de costas, e André enfiou o montro na boca dela. ela cavalgava, e chupava freneticamente. Eduardo puxava seu cabelo, e ela soltava gritinhos de prazer. André a colocou de quatro, e em uma só estocada enfiuou a rola na bucetinha dela, ela soltou um urro, e desmanchou. Gritava que estava uma delicia e que queria mais. Eduardo mamava em seus peitos. André tirou a rola, e quiz colocar no cuzinho semi virgen dela. Ela disse que não pq ele ia estourar ela. Ai ela pediu pro Eduardo colocar primeiro pra enlarguecer um pouquinho. André enfiou pau na boca dela, e a fez chupar inteiro, enquanto Eduardo colocava a cabecinha no cu dela. Ela gemia mas não tinha o que fazer, Eduardo foi colocando devagarinho, até enfiar tudo.

Eu havia comido pouco aquele cuzinho, e na primeira vez eles já a comiam… Antes de Eduardo gozar, Andre pediu para meter. Ela dizia: Mete André, põe tudo no meu cuzinho. Me arregaça que sou puta hoje. André não teve dó. Enfou duma vez no cú dela. Ela urrava com aquilo e pedia mais, e forçava a bunda no pau de André… Eduardo se deitou e ela sentou com a buceta em cima do pau dele, enquando André penetrava seu cuzinho. Eduardo gozou um jato de borra na barriga dela, depois a fez chupar, André derramou quase um litro de semem detro do cuzinho dela, enquanto ela gritava de gozo.

Ela passou a noite toda com eles. Tranzaram mais 2 vezes. Pela manhã, ela acordou satisfeita. tomamos um banho juntos, e eu comi o cuzinho dela. Disse que não me negaria mais, por que gostou.

Eduardo e André, agia como se nada tivesse acontecido, mas ela disse que queria dar pros tres. Comemos ela muitas vezes durante o feriadão. Ela adorou. Gozamos dentro da sua boca, no seu cuzinho, e buceta, e ela senpre pedia mais.

Referência do Anúncio ID: CT-000028818

Não há Tags

6866 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: salis
  • Membro desde: 26 de novembro de 2004

Contos publicados por salis

Últimos itens anúnciados por salis »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 320 Guests, 29 Bots