Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

COMI MINHA MÃE EM UMA MESA DE SINUCA.

  • Publicado em: 24 de setembro de 2005 22:33
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

A vida às vezes prega uma peça em nós.Nunca pensei que um dia eu poderia sentir o que sinti e muitos menos acontecer o que aconteceu.Moro sozinho com minha mãe,Luciana.Ela é uma belíssima balzaquiana,ou seja,tem 32 anos.Eu tenho 16 anos de idade.Ela é completa,belo rosto com olhos esverdeados; cabelos negros e lisos (até a cintura);1,65 de altura;seios médios,porém durinhas e bicos grandes e rosado;cintura fina;e sua principal caracteristica e sua imensa e redonda bunda.Meu pai morreu há 3 anos em um acidente de carro.Ele era um exímio jogador de sinuca.Uma das coisa que ele nos deixou de herança foi uma mesa da dita cuja.Bom,minha estória aconteceu bem em cima dela.Eu,talvez para compensar a falta do meu pai,jogava sinuca todos os dias.estava jogando muito bem.Minha mãe sempre teve repulsa pelo jogo e principalmente pela mesa.essa mesa se situa em um quarto subterrâneo em casa.Certo dia descendo para esse quarto,encontro minha mãe tentando jogar.Fiquei pasmo,pois ela sempre dizia que odiava aquele jogo.Mas antes de me pronunciar a respeito fiquei admirado com suas belas coxas e sua enorme bunda.Minha mãe naquela ocasião estava usando uma minúscula minissaia(para minha surpresa,pois ela sempre usava roupas comportada).Fiquei um pouco excitado.Minha mãe me viu e me pediu conselhos.Eu fiquei sem jeito,pois estava pertubado.eume posicionei atrás dela.Senti seu enorme e delicioso rabão se esfregando no meu pênis.Que ficou rígido na hora.Eu davas dicas já nervoso e suado.Eu não sei se ela percebeu.Ela disse que estava muito agradável,mas tinha que fazer o almoço.Quando ela subiu as escadas,não sei o que deu em mim comecei a passar a mão no meu pau.Gozei sujando minha cueca.Tentei esquecer tudo isso.Até certo ponto consegui exôdo.Até que aconteceu certas coisas que eu não podia acreditar.Minha mãe desde desse dia usava minissaia i shortinha pequeno,claro que as vezes usava roupa normais como antes.Mas o cume da perdição ainda esta por vir.Eram uma 3 da manhã,escuto um barulho,me levanto da cama e vejo um vulto indo para o quarto de sinuca.Acompanho devagarzinho.Chegando lá vejo minha mãe,achei que não era nada de mais e ias ubindo as escadas.Minha mãe usava um belíssima minissaia,que mostrava bem suas coxas esua bunda,tal com outro dia.Voltando,eu ia subindo quando de repente,ela começa a alisar o taco de sinuca de uma forma sexual,como se tivesse batendo uma punheta para alguém.Ela coloca suas mãos dentro da calcinha e começou a gemer.Não satisfeita ela abaixa a calcinha até o joelho e começa uma siririca.Ela lambia o taco.Eu fiquei louco de tesão,mas me controlei,pois achei que não devia.Ela gemeu e começou a gritar palavrões.Depois gozou se recompôs vestiu a calcinha e saiu.Quando ela estava saindo eu me escondi bem para que ela não me visse.Nessa madrugada,eu não me controlei bati várias punhetas até me cansar.No dia seguinte,à tarde,eu estava jogando sinuca,quando minha mãe aparece.Ela vestia a mesma roupa daquela madrugada.Pediu algumas dicas de sinuca.Quando me posicionei atrás dela,sentindo suas nádegas encostadas no meu pau,fiquei louco.Comecei a esfregar o meu pau.Minha mãe com um sorriso disso o que estava acontecendo.Eu dei-lhe um beijo na boca e enfiei minha mão dentro da sua calcinha.Ela também ficou doida.Sentou em cima da mesa,tirou a blusa tirou o sutiã,a calcinha,mas não tirou a minissaia.Pediu para eu chupar seus seios,coisa que fiz,um pouco rápido,pois estava interessado era em baixo.Comecei a chupar sua belíssima xana.Ela da risa,gemido,dizia palavrões e como meu pai a comia naquela mesa antes de morrer.Isso explicou várias coisa.Senti a vadia gozar.Ela pediu para chupar o meu pau,deixei.Chupou como um picolé.Eu delirei.Ela sentou na mesa de novo e o meu pau encaixou na sua boceta.Ela gemia,falava que eu era melhor que meu pai,que meu pênis era maior.Eu,enquanto isso,chupava seus belos seios.Comecei a bombear forte.Ela enlaçou com suas pernas as minhas costas.Gozamos deliciosamente.Ela se levantou,se pôs de quatro na mesa e pediu para terminar,que eu comesse o seu cú.Tive que subir na mesa para alcançar.Comecei a estocar.A puta se contorcia a cada estocada.Dizia para eu mandar ver,como meu pai fazia.Ela se masturbava com a mão esquerda.Gozei bem gostoso no seu enorme,e agora,fudido cú.Nos levantamos e continuamos nosso foda no banheiro e no quarto dela.Hoje eu repito esses sem nenhum remorso.FIM.

Referência do Anúncio ID: CT-000026928

Não há Tags

15091 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Igorcvel, 47 Guests, 9 Bots