Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

corno feliz

  • Publicado em: 26 de dezembro de 2007 05:06
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Meus amigos

Sou leitor deste site á bastante tempo e de outros onde são publicadas histórias de corno , eu sou corno e gosto de o ser , tive o primeiro par de cornos á uns 5 anos e desde essa altura que não mais deixei de os ter pelo menos uma vez por semana , sou casado com uma mulher fantástica , é uma maravilha na cama e adora dar umas fodas valentes , somos casados á 20 anos , eu tenho 45 anos e ela 44 , temos 2 filhos , eu sou engenheiro Químico e ela é Advogada , mas vamos ao que interessa , como já disse foi á uns 5 anos que ela me presentiou com o primeiro par de cornos , andavamos á algum tempo a falar em apimentar a nossa relação , depois de muito falar chegamos á conclusão deviamos experimentar um trio com outro homem , ela ficou radiante e eu para ser sincero tambem , começamos a escolha de quem seria o felizardo , durante uns meses andamos a selecionar quem seria , haviam duas condições principais uma era ser alguêm de total confiança a outra era ser alguêm com o pau maior que o meu , depois de muito escolher decidimos que seria um amigo nosso de longa data , desde a escolha até ao realizar a aventura passaram-se uns dois meses , se até aquela altura o Lima era convidado assiduo de nossa casa a partir dali foi muito mais , entre ele e a minha mulher sempre houve uma grande amizade e sempre tiveram a maior avontade um com o outro , desde que ele foi o escolhido sempre que estavamos juntos ela provocava-o de várias maneiras , desde verbalmente a vestir-se bem provocante , ele apercebeu-se que algo se passava , comenteu comigo várias vezes que a minha mulher andava muito sexi e que cada vez estava melhor , problema estava em como iriamos fazer para o levar para a cama , falamos sobre o assunto e chegamos á conclusão que o melhor seria atacar de frente e sem deixar duvidas do que pretendiamos , assim se fez , num fim de semana de Julho de 2002 os nossos filhos íam para Lisboa com os amigos e íam ficar lá o fim de semana todo , tinhamos o fim de semana livre , logo decidimos que seria nesse fim de semana que íamos atacar o Lima , convidámo-lo para jantar no sábado , como sempre ele aceitou de pronto , os dias anteriores foram de uma excitação louca .

No sábado mal os nossos filhos saíram de casa a minha mulher quis foder , fodemos como loucos , durate o resto do dia andavamos super excitados , por volta das 17h ela foi tomar um banho e vestiu-se para arrasar , uma saia curta , uma blusa de seda transparente sem soutien e umas cuecas fio dental , estava que dava tesão a um morto , não é por ser minha mulher mas tem um corpo que faz inveja a muitas jovens , com a aproximar da hora da chegada do Lima ela começou a ficar nervosa , pergunta-me se eu tinha a certeza que queria ir em frente com aquilo , digo-lhe que sim , ela diz-me que tambem queria mas que não sabia como seria foder com outro que apesar de tudo sentia que não estava preparada para o fazer , conversamos um pouco e lá acalmou .

Ás 16h45m toca a campaínha era ele , abri-lhe a porta e mal ele a viu ficou estático , apreciou-a de cima a baixo , dá-lhe dois beijos na cara e diz-lhe que estava deslumbrante , enquanto esperavamos que o jantar estivese pronto fomos para a sala , sentamo-nos , eu e ela num sofá e ele noutro de frente para nós , conversamos sobre variadas coisas , ele não deixava de olhar para ela , da maneira que ela estava sentada ele tinha uma visão total das coxas e da cueca , não foi preciso muito tempo para se notar que ele estava com o pau teso , tentava disfarçar pondo as mão por cima e pondo-se de lado , não parava de se mexer no sofá , a minha mulher provoca-o ainda mais abre as pernas e deixa a cueca totalmente visivel , passados uns 3 ou 4 minutos levanta-se e vai á cozinha , quando volta e antes de passar por ele levanta a saia e mostra-me que tinha tirado a cueca , senta-se e deixa as pernas bem abertas , quando ele se apercebe que ela estava sem cueca fica atrapalhado , desvia o olhar e tenta disfarçar a atrapalhação , ela pousa a mão sobre a minha perna e acaricia-me , encosta-se a mim e beija-me , sobe a mão e deixa-a sobre o meu pau aperta-mo e volta a beijar-me , olha para o Lima e diz-lhe para se vir sentar ao lado dela , ele meio encabulado e muito vermelho levanta-se e senta-se ao lado dela , mal ele se senta ela pousa a outra mão sobre a perna dele e acaricia-o tambem , sobe a mão e deixa-a sobre o pau dele , quando faz isso ele olha para mim como que a pedir autorização , sorrio-lhe , ela aperta-lho e diz-lhe ( quero foder com esta pila ) chega-se a ele e beija-o , fazem um linguado , ele acaricia-lhe as coxas , quando lhe toca na cona ela diz-lhe ( sente como estou molhada ) ela abre-lhe a carcela e põe-lhe o pau de fora , quando o vê dá um gritinho e diz ( hum que coisa boa , amor vê a pila dele é mesmo boa , é grossa e grande )era bem mais grossa que a minha e um bocado maior , ela aperta-lha e diz-lhe ( quero que me fodas com esta pila boa ) ele não dizia uma palavra , sorria e apreciava-a , ela volta a beijá-lo , tinha uma mão no pau dele e a outra no meu , baixa-se e lambe-nos um de cada vez , volta a endireitar-se e diz ( hum que delicia duas pilas boas só para mim , quero que essas pilas me fodam ,quero-as dentro de mim ) nessa altura o relógio do forno toca , ela levanta-se e vai á cozinha , quando volta pára á nossa frente e despe-se , põe-se de joelhos no nosso meio e começa a despir-nos , quando acaba começa a chupar-nos , chupa-me primeiro e depois a ele , pára um pouco de o chupar e diz-me ( amor fode-me , quero uma pila na cona e outra na boca ) eu ponho-me de joelhos a trás dela e fodo-a , passados uns minutos ela diz-me que quer a pila dele na cona , saio dela e ele põe-se atrás dela e mete-lhe o pau na cona , quando a penetra ela geme e diz ( hum que bom , que grossa , ui arregaça-me toda , fode-me caralho fode , mete-me essa pila toda ) começa a gemer e não pára , em poucos minutos tem um orgasmo violento grita como uma louca , diz-lhe para mudar de posição senta-se no sofá e ele volta a penetrá-la , chupa-lhe as mamas ela gemia e dizia ( ui amor que bom , que pila boa , sinto a cabeça da pila a bater-me no fundo , que tesão , anda fode-me caralho fode-me ) mais uns minutos e novo orgasmo torce-se toda e grita sem parar , começa aos gritos a dizer-lhe para ele se esporrar dentro dela , ele acelera e esporra-se , ela delira , quando ele sai dela a esporra ecorre-lhe da cona para o sofá , ela leva os dedos á cona leva-os á boca com a esporra dele e lambe-os , olha para mim e diz-me (amor junta a tua esporra á dele , anda amor fode-me tambem ) fodo-a e esporro-me , ela vai lavar-se e quando volta diz ( meus queridos agora vamos jantar que depois quero muita porra para sobremesa ).

Jantamos e depois fodemos como loucos , foi até ás 03h da manhã sempre a foder , comemos-lhe o cu tambem , quando o Lima se foi embora ela agarrou-se a mim e diz-me ( amo-te muito muito , és o emlhor marido do mundo ) fomos dormir .

Desde esse dia que nunca mais parou , já fodeu com mais de 20 homens e todos querem repetir , tem 2 que todas as semanas a fodem e já fodeu com 4 ao mesmo tempo .

Referência do Anúncio ID: CT-000037140

Não há Tags

7029 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: casadocorno
  • Membro desde: 26 de dezembro de 2007

Contos publicados por casadocorno

Últimos itens anúnciados por casadocorno »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: marcosaom26, insaciavelpr, 92 Guests, 30 Bots