Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Dei pro professor do colegio de freiras-parte2

  • Publicado em: 27 de abril de 2017 08:37
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Como disse no final do último conto dei pro professor do colégio de freiras, perdi minha virgindade com o Valter, negro, 38 anos e casado, nas férias de julho.
Depois que dei pra ele a primeira vez, ele quis de novo, eu adorei, ter um homem experimente não é pra qualquer uma ainda mais na primeira vez. Antes das aulas retornarem em agosto, eu já tinha dado pra ele varias vezes, ele queria meu cuzinho, eu em pânico dizia não e não, mais ficava na curiosidade.
Ate um dia 31 de julho, eu cansada da aula querendo so ir pra casa, o vi parado no carro na esquina do cursinho, tinha dito pra mulher que ia ver um jogo de futebol, e por isso me queria, eu ri entrei no carro e fui com ele pro motel.
Lá ele dizia que eu tava cada dia mais gostosa e puta, que quando eu entrasse pra faculdade, os homens iam fazer fila pra me fuder.
E chegando no motel, ele me beijou, tirou minha roupa, e caiu de boca na minha bucetinha, chupava e chupava
, eu gemia alto, gritava, via estrelas.
– tu gosta ne putinha?
– adoro!
– pois hj tu vai ser uma putinha completa, vou meter nesse cuzinho virgem.
E me mandou virar de barriga pra baixo, olhou minha bunda ‘ rabo de menina, no corpo de putinha’ abriu olhou e comentou ‘ o cuzinho, cheio de pregas, vou arrebentar’, chupou meu cu e na hora eu tremi, ele sentiu que eu gostei e continuou por mais uns minutos, em seguida se pois de pe e me mandou chupar so dessa vez era pra eu engolir a pica dele toda, sem vomitar.
– se vomitar vou comer teu cuzinho com violência!
Santa ingenuidade, chupei, tive falta de ar, ate conseguir passou vários minutos ‘ isso putinha, devagar vc consegue’ eu já entalada com dor na mandibula, vi que ele estava gostando fiquei mais uns minutos com o pauu na boca.
– val come minha bucetinha vai!!!!
Ele sentou na beira da cama me mandou sentar no colo dele e rebolar pra pica entrar. Enquanto eu cavalgava ele colocou o dedo no meu cuzinho que piscou na hora ‘ pisca esse cuzinho, sua gostosinha’ e foi metendo ‘ não para de pular na minha so estou te preparando pra dar esse cu’ continuei.
Depois de um tempo ele disse ‘ fica de joelhos na cama, vou te fuder de verdade agora’ e meteu na minha bucetinha de nvov so que dessa vêz com força, eu tava adorando. Sem mais nem menos ele tirou olhou pra pica ‘ ja ta bem envernizado, abre o cu’ e meteu.
Eu gritei, mais não pedir pra tirar, depois que tava todo dentro ele disse que ia soca com vontade ate eu chora.
– toma no cu putinha. Cuzinho apertadinho vou arregaça
– aaaaa ta doendo Valter tira
– chora puta, implora, isso me deixa mais louco por ti cadelinha
– aaaaaaaa eu vou ficar sem sentar
– e isso que eu quero minha puta. Agora tu e mulher de verdade
Fui ficando fraca, tava chega de dor ate que ele gozou ‘ enchei teu cuzinho de porra sua vadia,putinha’
Desse dia em diante dei pra ele até entrar na faculdade. Passei logo em medicina, no dia que saiu o resultado eu comemorei na pik dele, e de verdade me tornei uma puta, passei a ser tarada por sexo tive vários namorados, dou de todas as formas, mas aprendi tudinho na escola.
Hoje noiva, faço todas as vontades do meu noivo, ate sexo a três ja fizemos mais isso é uma outra história.
Gente perdi a senha no minha outra conta por isso criei essa nova.

Referência do Anúncio ID: 5958ea9d36097e7

Não há Tags

3114 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: flafla
  • Membro desde: 9 de abril de 2017

Contos publicados por flafla

  • O Autor não publicou outros contos.
Últimos itens anúnciados por flafla »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: andarai, 277 Guests, 17 Bots