Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Del Em: Descabaçando Julinha a filha da vizinha

  • Publicado em: 13 de maio de 2017 08:10
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Depois de del comer a prima dele laura eles começaram a namorar escondidos, a filha da vizinha Julinha sempre andava lá na casa de del, e ficava de papo com laura.
Laura sempre falava a del que a julinha achava del muito bonito, laura mostrava ser ciumenta e del dizia pra ela nao ligar muito pra pirralha, porque ele só tinha olhos pra ela, mas naquela época a Julinha já estava uma cavala, tinha as coxas grossas bunda grande, ela devia ter 1,60cm
Um dia estava laura e Julia assistindo na sala. Julinha estava de bruços no tapete com um shortinho bem colado no rabo Quando del passou viu aquela visão não tinha como não olhar ele admirou por um instante. E entrou pra o quarto.
quando del ficava de frente a casa dele e ela passava olhando pra ele sorrindo e cumprimentava. E del olhava ela de cima a baixo, Laura tinha ciúmes. Del dizia que não estava nem ai. mas quando laura viajou de volta pra casa dela na Bahia, del começou a receber cartinhas da filha da vizinha. Onde ela se declarava. As vezes ela ficava jogando vôlei no quintal com o irmãozinho de del, uma vez vinha trazer a cartinha a pedido dela.

Julia ainda frequentava a casa de Del, as vezes ela vinha deixar alguma coisa que a mãe dela tinha pego emprestado. Ou vinha jogar vídeo game com o irmãozinho de del na sala. e quando isso acontecia Del ficava na rede deitado olhando pra ela estirada no tapete e de bruços no tapete da sala com o cuzao pra cima usando aquele shortinho e mostrando suas coxas grossas. Aquilo só rendia punheta, ela tirando a calcinha da regada, que guria gostosa. Um dia eles estavam jogando na sala e ela olhou pra Del e viu que ele olhava pra ela lá da rede. ai ela se aproximou da rede e perguntou se ele não queria jogar, mas del não quis ir.
Del_ porque você não continua o jogo.
Ela_ eu já cansei
Del_ então balance a rede ai pra mim
Ela pediu pra sentar na rede também, del sentou no centro da rede pra ela sentar. ela montou na rede, deixando as coxas por cima das pernas de del. E ficaram balançando. Em quanto o irmãozinho de del jogava o vídeo game.
Del agora observava de perto aquelas coxas o shortinho que ficou puxado, quando ela se levantou pra ir embora o shortinho estava enterrado na bunda. as amigas dela era magrinhas mas ela era desenvolvida de corpo. Tinha o quadril lago, rabuda.
Del_ o shortinho ta todo na sua bunda, ela botou a mão tirando ele da regada na frente de del.
Fez carinha de safada e perguntou se ainda estava puxado ele disse que não.

Um dia ela chegou lá pra devolver uma panela, e del estava sozinho em casa, estava na rede deitado assistindo. Era de manhã e ela estava com um shortinho bem colado que ela usava pra dormir. Ela deixou a panela na cozinha e perguntou por o irmãozinho de del. Só que ele estava na escola. Del disse que ele não chegou
Ela_ pensei que ele já tinha chegado
Del_ mas logo ele chega
Ela_ então eu espero,
De novo ela pede pra sentar na rede tambem. Del_ deite.
Ela deitou e na rede , deixando suas pernas por cima das pernas dele. parte do seu corpo estava sobre ele, del botou a mão na cintura dela, ela disse que tinha cocegas perguntou se ela tinha cocegas, ela disse que sim, ele botou a mão no seu quadril dela e foi descendo pelas ate chegar nas coxas.
Del_ quando sentir cocegas me diz?
Ela_ ta certo.
Ele descia apalpando as coxas dela sentindo sua maciez, pegou de leve na bunda dela com medo dela dizer alguma coisa mas ela não disse nada. Ai ele continuou apalpando. Beijando o rosto dela se pescoço. Quando começou a passar a mão entre as coxas dela e foi subindo a mão pra pegar na buceta.
Quando del pegou na buceta ficou alisando, logo ficou de pau duro,
Del_ nossa ju que buceta macia você tem, abre mais as pernas.
Ela abriu as pernas e disse_ da uma coisa que não sei dizer.
Del_ vem mais pra cima, ai ela ficou bem em cima de del com a bunda bem em cima da rola. bem encaixado nela, alisava suas coxas sua buceta e beijava seu pescoço.
Depois ela quis beijar del na boca, deu uns celinhos.
a mãe de del chegou a ela levantou da rede.
Ela_ eita tua mão chegou… ela sentou no sofá disfarçando. E deu foi pra o banheiro disfarçando. De outra vez ela chegou na casa de Del e ele estava jogando vídeo game na sala, ela se aproximou e perguntando sobre o jogo. E deitou no sofá, del não sabia se olhava pra o jogo ou pra ela.
Quando a mãe de Del saiu pra o trabalho, ju se levantou e foi pra rede, Del logo entendeu o que ela queria e foi atrás dela. del deitou com ela na rede. ele por baixo e ela ficou por cima só que dessa vez ela ficou de frente pra ele beijando ele, em quanto del acariciava as coxas dela a bunda empinada e gostosa. acariciava a xaninha dela por cima do shortinho mesmo.
Ao ouvido dela
Del disse_ nossa ju que buceta gostosa, já me deixou de pau duro
Ela_ como?
Del_ assim oh
Ai pegou a mão dela e botou sobre o voluma no shorte onde ela sentiu pela primeira vez a dureza de uma rola. ela ficou apalpando e Del apalpando a bucetinha dela.
Del_ bora pra o quarto…? e foram aonde sentaram na cama, del fechou a porta e continuaram a se acariciar ele abraçou ela por trás encaixando, ela sentiu o pau duro. depois foram pra cama, ela deitou ficando de lado e del deitou por trás, ela pegando na rola de Del e del pegado na xaninha dela, botou o dedão por dentro do shortinho e da calcinha sentindo a testa da buceta sem pelinhos. Em quanto ela segurava a mão no volume do shorte sentindo a rola
Ela_ ta bem duro. parece grande,
Del_ que ver o tamanho? e baixou a parte da frente do shorte botando a rola pra fora, ela olhou pra trás admirando aquela pica apontada pra o teto. Com cabeça vermelha
Del_ pode pegar. Segurou a mão dela e botou, ela sentiu o calor da pica e a grossura, del mostrou como punhetar, ela ficou subindo e descendo devagar admirando a rola. sentindo ela latejar na mão dela. e soltou a rola. del pediu pra ela continuar ate sair leite da pica.
Ela continuou ate Del gozar aquela porção cremosa e amarelada.
Ela_ ta saindo leite.
Del_ não para de punhetar. Ela olhava impressionada a pica latejando na mo dela.
Del_ é gostoso demais, quer que eu faça em você agora?
Ela_ sim
Ela levantou e baixou shortinho e a calcinha, mostrando aquela testa de buceta inchadinha sem pelinho, ele botou a mão e começou a alisar a rachada, ela logo sentiu o prazer, estava molhada. del se ajoelhou e pediu pra beijar. E deu celinhos na buceta.
Del_ que buceta docinha, deixa eu beijar mais embaixo.
Ela_ beije
Del_ tem que abrir mais as pernas
Ela tirou o shorte por inteiro, e del tirou a roupa e pediu pra ela deitar na cama, ele foi mamando nos peitinhos dela e foi beijando a barriga dela e descendo ate a buceta, pediu pra ela abrir mais as pernas, pra ele beijar. Dando boas lambidas sentindo seu sabor azedinho, ela logo tremeu sentindo a língua dele. Foi ai que ele abriu a bucetinha dela com cuidado e lá estava seu hímen, del passou a língua nele também. saia o necta pegajoso de sua bucetinha, ele mostrou a ela e disse que era normal. Del_ deixa eu chupar pra ver se sai mais? E continuou lambendo a buceta dela. ela se retorcia gozando na boca dele.
Quando ela gozava empurrava com as mãos a cabeça dele como quem não aguentava. Continuou acariciando com a mão na xaninha dela. pediu pra botar a rola entre as pernas dela. ficou sobre ela e botou a pica entre as coxas dela, ela sentia a rola entrando no meio de suas coxas e roçando na buceta. del pediu pra ela fechar mais as pernas e começo a bombar devagar, sentindo a rachada dela.
depois pediu pra ela deitar de bruços, ela virou o cuzao pra cima, del pegou na bunda dela e abriu vendo a xaninha dela escondida, e botou a pica entre as coxas dela e começou a bombar. Ela sentia a cabeça da pica roçando na entrada da buceta.
del quis mais a sua buceta e ajeitou a pica de novo e forçou um pouco, quando ela sentiu a cabeça na entrada ela disse_ uii
e mexeu os quadris tirando a buceta. del botou de novo e forçou, só que a pica escorregou, ele botou mais uma vez, ela sentiu a cabeça foçando e disse_ uiii… e mexia o quadril tirando a buceta da rola.
ela não estava deixando a rola entrar entao Del só continuou só pincelando a pica, bombando roçando a rola, depois ele ergueu os quadris botando a rola no rego da bunda dela.
Del_ abre?
ela abriu. e ele botou a pica dentro com a cabecinha encostando bem na entrada do cu dela.
Del_ pronto deixe.
E começa a bombar ela sentia a ponta da cabeça da pica bem na entrada. dava pra sentir o cu dela soado. O rola deslizava um pouco dentro da bunda dela. del foi metendo, ela sentiu a cabeça entrando. quando ele tirou a rola pra ver como estava, viu a cabeça da pica uns grãos de bosta.
Del_ vai abre de novo. quando ela abriu ele botou a cabecinha bem na entrada do cu
Del_ pronto pode deixar. E foi bombando, com as roladas a bunda dela ficou mais soada, ela começou a sentir a cabeça entrar. del metia devagar mas a cabeça já estava toda dentro, del já tinha gozado uma vez então ele conseguiu passar mais tempo metendo no cu dela. mas naquela momento ele gozou.
Del_ gozei
Ela_ deixa eu ver.
Del_ espera deixa eu terminar, continuou metendo no rabo dela ate soltar tudo, depois tirou a rola e mostrou com um pouco de esperma na cabeça. Depois ele foi lavara a rola. e se vestiram ela foi pra casa dela. foi gostoso mais Del queria a buceta dela.
Del perguntou se ela vinha no dia seguinte, ela disse que se a mãe dela deixasse ela vim pra casa de Del jogar vídeo game. Ela vinha.
No dia seguinte ela chegou e ficou jogando vídeo game ali na sala e estava em seu quarto assistindo no pc. Quando a mãe de Del saiu, ela foi pra o quarto de Del,
Del_ mãe já foi?
Ela_ já.
Del_ senta aqui comigo. Ela sentou no colo dele. ele apalpava aquelas coxas, dava celinhos nela.
Del_ espera, vou fechar o portão.
Ele foi e quando voltou ela estava deitada na cama de bruços com aquele shortinho entrando, Del deitou por cima dela e começou a roçar o pau duro nela por cima do shortinho, dando bombandas.
Del_ vamo sem roupa?
Ela tirou o shortinho e a calcinha na frente dele ficou peladinha, Del tirou a roupa e sentou na cama e chamou ela pra o colo dele, pra ela sentar de frente, ela abriu as pernas e sentou no colo dele, a pica de 16 encostava na sua buceta e na bunda, em quanto se beijavam e tocavam suas línguas. Ficaram de pé, e del de frente pra ela, abraçou deixando a rola entre as coxas dela e ficou bombando roçando a pica. Del pegava na bunda dela apertava e levantava.
Del_ deixa eu beija sua xaninha. Ela sentou na cama e abriu as pernas, mostrando a buceta gordinha. Del beijava aquelas coxas. e baijava a buceta , passava a língua de leve. E começou a mordiscar a abocanhar. Ela tremia, e gemia _ ahhhh logo del sentiu na boca o mel viscoso que ela soltou. Mostrou a ela o que saia da buceta dela e provou.
Ela_ tem gosto de que?
Del_ é salgado.
O gelinho dela aumentou, nas chupadas. Passando a língua na xaninha ela sentiu uns espasmos. Ele abria a buceta dela pra ver o cabaço.
Del_ prova o meu? Ela ficou pensando e olhando pra pica. Del deitou na cama e disse que ia ser salgado que nem a buceta dela.
Ju não sabia bem como fazer, ele disse pra ela passar a língua na ponta da cabeça. Ela segurou na rola e passou a língua na cabeça com cara de nojo, pra provar. E sentiu o salgado da rola.
Del_ é salgado?
Ela disse que sim, Del_ faz como se fosse um pirulito. ela continuou a passar a língua bem devagar, a língua dela estava quente. Mas ela foi lambendo.
Del_ assim ta bom demais, você lambe bem gostoso.
Quando ele gozou o esperma escorreu, na lambida ela provou um pouco. ela ficou olhando o esperma escorrer. del foi limpar a rola e pediu pra ela deitar de bruços pra ele comer aquele rabo, com a rola molhada. foi por cima dela
Del_ vai abre de novo.
Ela abriu, e ele botou dentro.
Del_ pronto solte.
Ela_ ai ta gelada.
Del_ quando começar a entrar esquenta. Del começou a bombar devagar. nas primeiras ela sentiu a cabeça entrando,
Del_ agora ta entrando gostoso. se ajeitou melhor em cima dela e empurrou pra pica entrar mais. Dessa vez ela sentiu a rola entrar mais fundo. continuou metendo rola por mais um tempo. e tirou a pica, e botou roçando na buceta dela. ela sentiu a cabeça forçando e disse_ ai doe.
Del disse_ é porque você é virgem e quando a pica entrar vai parar de doer
Ela_ vai?
Del_ eu boto de vagar, e quando entrar não vai doer mais. Pediu pra ela abrir mais as pernas deixando a bucetinha mais a amostra.
Mirou a cabeça na entrada da xaninha e ficou Forçando a rola, ele ate sentiu a cabeça entrando quando ela sentiu a cabeça forçando ela _ aahh. Del tirava um pouco a pica e forcava de novo. mas com cuidado. A buceta fechadinha, del meteu de novo ai ela sentiu a cabeça entrar um pouco. e ela_ uuii
Del_ sera que agora entrou?
Ela_ acho que sim. ele tirou a rola e deu uma olhada pra ver e tinha um pouco de sangue dentro da buceta.
Del_ ta entrando, vamo de frente. Ela se virou,
Del_ abre as pernas. ela abriu deixando a buceta livre pra ele. Del botou a cabeça na entrada na xaninha, e fez apoio com os braços e devagar foi forçando, quando ela sentiu a cabeça entrando rasgando aquela o hímen, ela começou a gemer_ ahahah ta doendo
Del_ calma que ta entrando. ela sentiu a cabeça entrar, Del_ agora entrou a cabeça, falta o resto. devagar ele foi enfiando mais. ela sentiu a pica entrando quase toda na buceta.
Del sentia aquela buceta virgem se abrindo. DeL_ SUA XANA É TAO APERTADA. Por um instante parou de meter e deixou a pica dentro dela. depois tirou. E abriu os lábios da xota e viu o sangue que saiu, pegou um pano e limpou. Depois botou a pica de novo e foi empurrando ate entrar tudo, quando ela sentiu a pica toda dentro da buceta, gemeu_ aaaii ele deixou a rola dentro dela por um instante depois ficou metendo só ate a metade, aquela buceta apertada deixava Del louco. Como era gostosa.
Del_ deixa eu pegar a camisinha
Ele botou a camisinha ela perguntou pra que era aquilo ele disse que era pra não soltar leite dentro dela.
Ai ele deitou e pediu pra ela subir e sentar. Ai ela abriu as pernas montando sobre ele, ele segurou a rola e ela foi sentando. quando a cabeça entrou, ele segurou na cintura dela e veio baixando ela. enterrando a pica dentro dela. quando entrou tudo ela sentiu doer,
Del_ ta doendo muito?
Ela_ um pouco.
Puxou ela sobre seu corpo, desceu suas mãos pra bunda dela. e começou a bombar na xota dela. agora a pica entrava toda na xota apertadinha. Ela não não reclamava tanto, a pica saia a te a metade e entrava toda. acariciava aquelas coxas, a cama rangia. Ela ficou bem deitada sobre Del. Tomando na buceta
Del perguntou se doía ela disse que não. ele fechou os braços em volta da cintura dela e começou a meter devagar. depois de umas roladas Del desceu as mãos pra o rabo dela segurando firme. Metendo ate entrar tudo naquela buceta, quando entrava toda ela gemia baixinho.
Del_ sua buceta ta aguentando.
Ela_ ainda doe um pouco.
Del_ então vamo mudar de posição fique deitada de bruços. ela se virou, del pediu pra ela abrir mais as pernas, ele foi por cima e botou a cabeça da rola na buceta e perguntou a ela se estava no entrada ela disse não que não. ai ele levantou mais um pouco. ai ela_ é aii.
Del empurrou e ela sentiu entrar, naquela posição a pica não entrava toda, mais da metade ele botava dentro dela.
Deitou sobre ela e continuou bombando nela ate gozar.
Del_ vou gozar
Como ele já tinha gozado não saiu muito esperma, quando ele tirou a rola mostrou a ela o pouco de esperma na cabeça da pica, tirou a camisinha. Foi dar mais uma olhada na buceta dela. estava aberta. Depois dessa se vestiram e ela foi pra casa, no outro dia ela disse que a buceta dela ficou ardendo, del perguntou se ela queria ir de novo ela disse que sim.

Referência do Anúncio ID: 420590628ffbfc0f

Não há Tags

5153 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: aspireboy
  • Membro desde: 15 de dezembro de 2015

Contos publicados por aspireboy

Últimos itens anúnciados por aspireboy »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Firionsieg, jnobre, Moreno-62, 303 Guests, 16 Bots