Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Desejos incontroláveis

  • Publicado em: 27 de novembro de 2003 23:03
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

“Era mais uma noite kentissima de verao… Jah naum aguentava mais o calor do meu quarto e akele mormaço me incendiava… jah naum usava roupas nem lençois pra dormir de tanto tesao… tinah a impressao de q a noite iria me possuir e matar meu desejo, mas soh vc iria conseguir fazê-lo….

fui voando pra sua casa , com uma roupinha mto proocante. uma blusa justa, uma saia curta e esvoaçante, q ao menor sinal de vento jah levantava… e sem nd por baixo…tava de salto e td de preto, pra matar msm.

cheguei no predio e interfonei, nem kis subir pq eu num tava afim de um sexo certinho, na cama, em casa… pedi pra vc descer, q eu tava no carro…

vc entrou, lindo e cheiroso, jah fikei excitada soh com o seu perfume…mas me contive, apesar do beijo arrebatador que ganhei logo de inicio.

fomos pra uma balada. disse q tinha uma surpresa, mas q revelaria na hora certa…. dançava sensualmente olhando com desejo dentro dakeles olhos. Te arrastei pra um canto e começamos a nos beijar loucamente, passava a mao em seu peito, em suas pernas e vc fazia o msm, mas eu disse pra ter cuidado, pq a surpresa era soh pra vc naum para os outros. na hora entendeu q eu tava sem calcinha e levou seus dedos quentes de encontro com minha xaninha, q jah escorria de tesao…soh q eu disse pra parar, keria ficar te instigando ateh o ultimo minuto… vc implorou pra q me fodesse ali msm, na discoteca, mas por mais tentadora e picante q fosse a ideia, tinha outros planos…

qdo nem eu aguentava mais, sai de lah e fomos pro estacionamento… vc jah foi logo me encoxando, levantando minha saia e dizendo q eu naum saia dali sem pelo menos umazinha. me prensava contra os carros, me beijava a nuca, as costas, suas maos andavam sem limites e me imobilizavam ao msm tempo, s/ q eu o tocasse. subi em cima de um carro e estourei uma lampada pra ter mais segurança, de pé msm, em cima do carro vc começou a me chupar… segurava nos canos em cima da minah cabeça pra naum cair de tesao, minhas pernas tavam bambas…. vc me puxou, me pegou no colo e me virou de costas pra um carro, prendendo minhas maos qse num ato de violencia. mandava em mim como c eu fosse uma escrava, e de fato eu era. ordenava q eu arrebitasse minha bundinha, enfiva os dedos com força na minha xaninha e eu sentia akele pau perto de mim…minha vontade era de me virar e começar a chupa-lo, mas naum podia! de repente vc parou. mal eu esperava a estocada q iria vir, forte, q me tirou um urro de dor. dizia coisas no meu ouvido q me deixavam mais submissa ainda. naum era oq eu tinha planejado pra akela noite, mas tava saindo melhor q a encomenda…vc apertava meus seios, me apertava contra o carro q nem era meu!

meu gato tirou seu pau de dentro de mim e enfiou seus dedos novamente. dizia q keria sentir meu gozo, mas sabia q ele tava apenas me preparando uma surpresinha. qdo enfiou de novo sua pica na minha xana, colocou os msm dedos dentro no meu cuzinho. aaaaaaah eu gemia mto e gozava na msm proporçao….ateh q num momento de descuido dele, virei de frente e tasquei um beijo ardente….fui correndo pro carro, nakele estado, com a blusa solta e a saia amassada, escorrendo gozo pelas pernas. o chamei com uma cara de sacana pra dentro do carro. deitei no banco de tras displicentemente. vc agachou e foi lambendo o rastro do meu gozo, ateh chegar na fonte. parecia q keria me secar, mas akilo soh fazia brotar mais mel de dentro de mim. vc olhou pros meus olhos e viu q eu precisava de vc dentro de mim, mas naum deixei…levantei e o joguei no carro. naum podia mais ficar sem cair de boca nakele pau. sugava com uma avidez de um cao faminto. me virei e começamos um delicioso 69. qdo percebi q vc iria gozar, subi em cima e naum precisei de mto tempo cavalgando nakele garanhao pra q sentisse nosso gozo vindo junto…

desfaleci… ouvimos um barulho e nos recompusemos num instante. pedi pra vc dirigir pq naum tava em condiçoes, tava tonta de tanto gozar.

tava meio dormindo ainda qdo vi q o ziper da sua calça tava aberto…. ah! tive q cair de boca outra vez enqto vc tentava dirigir. foi guiando pra casa naum sei como, pois gemia e delirava s. parar. a essas horas nem me lembrava do q tinah planejado pra gente, soh sei q acabamos na cama.

no elevador jah foi akele amasso. olhava com cara de puta pra camera soh pra dar um momento de alegria pro porteiro. tirei ateh a blusa pra ele ficar mais feliz… entramos correndo no ape, fui me desvencilhando das suas roupas , pq as minhas jah naum estavam no meu corpo a tempos. chegamos no quarto e eu deitei de bruços, nua, na cama. Vc parou, ficou me observando por um tempo. se aproximou devagar, e fez uma coisa q eu amava: acariciou minhas costas, me bjava de leve, me assoprava, fazendo com q eu tivesse as melhores sensaçoes… me virei de frente e vc me deu um longo e calmo bju, cheio de paixao, nem parecia a msm pessoa q no estacionamento havia me feito de vassala do prazer. beijou meus seios minha barriga, e ia descendo kd vez mais…delicadamente…..bjava, naum mais sugava meu clitoris. parou, voltou a me beijar pra q eu pudesse sentir meu gosto. o tocava com delicadeza, como o momento merecia. enfim me penetrou novamente, lentamente. nossos movimentos cadenciados pelo silencio…nosso gozo demorou a vir, keriamos curtir a paz q nos invadia, pq alem de td estavamos meio mortos por causa do estacionamento…

qdo gozamos, vc naum saiu de dentro de mim, ficamos abraçados ateh q o sono nos acalmasse.

nakela noite aprendi q vc podia mudar de personalidade facilmente. mas que eu amava todas elas, todas me faziam morrer de desejo d e um jeito diferente, de um jeito encantador…”

Referência do Anúncio ID: CT-000017090

Não há Tags

6048 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: fppn2000@hotmail.com, 224 Guests, 28 Bots