Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Dois “personais” para duas alunas safadinhas

  • Publicado em: 4 de agosto de 2017 06:18
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Essas academias…
Rebeca e Letícia, duas grandes amigas, safadinhas como elas só, malhavam três vezes por semana numa academia no bairro onde elas moravam. E ficaram eufóricas quando entraram dois novos treinadores – personal trainer, é mais chic, né? – na academia. Eufóricas porque vislumbraram que poderiam ter treinamentos para outras coisas que nem aquelas em que a academia era especializada. Os dois novos, Caio e Antônio, também tinham cara de ser bem safados, e isso transpareceu desde o primeiro dia em que elas os viram.
E, na maior cara de pau, Rebeca já foi perguntando quais os horários em que eles estariam na academia. A pergunta, claro, objetivava programar algo interessante… e ela gostou de saber que eles sempre trabalhariam à tarde e à noite.
Mas tiveram um problema: não conseguiram transferir suas aulas para o turno da noite, que estava lotado. Elas sempre iam de manhã, que era bem folgado. Decepcionadas, elas ficaram na parte da tarde, que tinha vagas e puderam travar um bom conhecimento com os dois novos.
E os dois perceberam logo os interesses delas. E gostaram, porque as duas eram muito gostosas. Inclusive, depois que elas os conheceram, andaram comprando novos trajes e praticamente iam de sutiã (aquilo não era top…não era mesmo!) e shortinhos minúsculos, que mais pareciam calcinha de biquíni.
Ao ajudá-las nos exercícios, mãos começaram a encostar… e elas deixaram, por que iriam impedir?
Então, chegou aquele momento em que o tesão dos quatro estava a mil, já falavam abertamente em sexo (bem baixinho, para outras alunas não ouvirem…) e elas refugavam toda vez que eles as convidavam para irem a um motel, nos fins de semana. Eles não entendiam a razão das negativas, já que as duas estavam a fim e eles também. Custaram a fazer com que elas soltassem a língua. E aí entenderam…
Rebeca era casada. Letícia não, mas as duas sempre faziam programas juntas e queriam fazer com eles também, os quatro transando juntos e, quem sabe, até trocando de pares no meio do caminho.
Entenderam, mas aí a coisa ficou complicada.
Passaram-se alguns meses de tesão reprimido até que a sorte grande aconteceu. O Caio falou com as duas que no fim de semana seguinte o dono da academia estaria viajando e pediu que os dois abrissem a academia, que funcionava das 6 às 10 da manhã no sábado e eles ficariam encarregados também de fechá-la. Agora, bastava Rebeca ajeitar as coisas com o marido. Foi fácil. Sábado era dia de ele ir ao clube jogar futebol com os amigos. Ficaria lá o dia inteiro.
Então as duas não foram na aula na sexta-feira para irem no sábado…
E foram, exatamente faltando meia hora para fechar, quando a maioria dos alunos já estava se preparando para encerrar os exercícios, tomar banho e sair.
E quando o último saiu, ficaram os quatro. Portas trancadas, cortinas idem, a academia era deles e só deles. Teriam de 10 às 16 horas, este último era o horário em que geralmente ela e o marido saiam do clube.
Rapidamente as duas tiraram os shorts e mostraram a eles os belos corpos em biquínis. O que os incentivou ainda mais…
E se, antes, as mãos deles roçavam de leve em certas partes dos corpos das duas, naquele momento era diferente, pegaram nas bundas, nos seios, tiraram logo os biquínis, elas arrancaram as bermudas deles. Rebeca começou a ser chupada pelo Caio e Letícia chupava o Antônio, e eles mamavam nos seios delas, e o barulho das chupadas e os gemidos logo tomaram conta do ambiente. Ninguém falava nada.. pra quê? Reprimiram tanto aquela vontade que era hora de aproveitar cada minuto, cada segundo.
E Caio logo meteu na xotinha da Rebeca, deitada numa prancha e ele bem de frente pra ela. Já o Antônio comia a Letícia em pé, ela apoiando-se na esteira, levantando uma perna e ele entrando dentro dela e bombando bastante.
Rebeca adorava cavalgar e levou o Caio a sentar na prancha para que ela sentasse em seu pau e pulasse bastante. Letícia estava gostando daquela posição e não a modificou, continuou levando as bombadas do Antônio até que ela gozou. E ficou olhando a amiga pular até gozar também.
Os dois não tinham gozado, sinal de que queriam e poderiam oferecer mais às duas. Foi aí que a Letícia perguntou ao Antônio se ele queria trepar com a Rebeca também.
– Por quê?
– Porque eu estou doida pra dar pro Caio e ela está doida pra você comê-la…
Então elas trocaram de parceiros e a meteção continuou. Dessa vez quem cavalgou foi a Letícia. Montada no Caio ela pulou, seus cabelos voavam, seus seios pulavam junto com ela…
E a Rebeca experimentou a bela sensação de ser comida de cachorrinho pelo Antônio.
E os dois gozaram quase ao mesmo tempo, mas em cima delas, o que as obrigou a tomar um banho… e eles foram juntos e lá no chuveiro da academia dois cuzinhos foram saboreados por eles…
Depois da bela tarde… era esperar o dono da academia viajar de novo…

Referência do Anúncio ID: 9765981b57e53075

  

313 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Cobra, 56 Guests, 33 Bots