Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

escrava evangelica negra

  • Publicado em: 19 de julho de 2017 11:14
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Meu nome é elaine, sou negra, 45 anos, casada, 1,68 altura, 96kg, evangélica. Moro na capital de SP. Meu marido e mecânico e trabalho em turno em indústria metalúrgica. Minha iniciação foi no ano de 2008. Para me distrair sempre adentrei salas de bate papo, porém nunca me afetou na minha vida. Foi quando conheci numa sala de bate papo por idade uma também mulher evangélica que comentou do Sadomasoquismo. Me interessei e entrei. Depois de algumas tentativas fiz contato com um Dom, que mostrou educação, sabedoria, e paciência para me entender. Sem perceber fui gostando, até que este Dom me induziu a encontrar com ele. Ele tem 58 anos, 175h, homem branco, sisudo, olhos verdes, olhar penetrante e dominador. Durante o encontro, que ele intitulou entrevista pessoal, se portou de modo cortês, porém com controle total do evento. Fiquei fascinada pela forma que fui conduzida. Ele sem falar muito, apenas gestos e perguntas, me deixou em êxtase. Ele me mandou tirar a roupa toda, e com luva me inspecionou totalmente, sendo que isto era parte do que havíamos combinado antes.
Depois disto, cada qual foi para sua casa. A noite quando entrei no meu e-mail pessoal tinha uma mensagem deste Mestre, posso assim chamá-lo, seja pela experiência e pela educação, onde o mesmo escreveu, que eu estava aprovada para servi-lo, que isto fosse de meu interesse, entrar em contato através deste e-mail. Como que hipnotizada, aceitei a proposta. Sendo mais objetiva, fui orientada de como me trajar para o encontro de encoleiramento de cadela. Fui de vestido longo, sem calcinha e sutiã, com a genitália em pelo (sou bastante peluda) – e isto foi algo a meu favor para que fosse escolhida. Tive que ficar com a genitália sem lavar durante 3 dias, para o encontro. Foi algo que mexeu demais comigo – primeiro pelo fato de considerar algo anti higiênico e o outro fato que isto me excitava em demasia. O encontro foi num motel, fiquei aguardando-o na porta do motel, ele chegou no horário combinado, e tive que entrar a pé para dentro do chalé e ele acompanhando com o carro. Foi algo muito humilhante, que não esperava, mas me deu uma sensação de prazer enorme. Quando chegamos ainda externamente, me mandou tirar toda a roupa, dobrar e me acompanhar – era de dia e a sensação de medo que alguém me visse assim, uma senhora negra e gorda, me deixava muito excitada e temerosa. Dentro do quarto me mandou ficar numa postura com mãos acima da cabeça encostada na parede, bunda empinada, pés levantados e cabeça baixa, e com dificuldades fiz, em obediência ao poder dele sobre mim. Ele sério, educado, me inspecionou totalmente nesta posição, que foi muito prazerosa. Depois me mandou ficar de quatro no piso e tirar os sapatos dele, a meia e lamber, beijar os seus pés. Foi algo que jamais imaginei na minha vida, estar aos pés de um homem, uma crente dedicada, mas o prazer foi grande, em estava suada, tremendo e sentia minha vagina muito úmida, como se estivesse minando em gozo, meu corpo se soltava de prazer. Ele não permitia que eu colocasse as mãos nos pés, apenas obedecia o que ele ordenava. Depois com a pulsação alta, acelerada, me mandou ficar com metade do corpo sobre a cama e ajoelhada a cama, quando me mostrou um chicote pequeno, com várias pontas e iniciou o spank sobre minha bunda, que era ardido, doido, mas sentia prazer por isto. Ele batia e passava a mão, sempre na mesma proporção nas nádegas, apanhei bastante, ele inspecionava minha vagina e estava melada em gozo, e esfregava o gozo na minha boca. Eu ofegante, ardida, mas com grande prazer. Estava sendo algo indescritível para mim, de prazer e descoberta. Fiquei o tempo toda nua, me sentindo gorda, velha, porém ele sabia me conduzir e me sentia bem com ele, pois acima de tudo me respeitava. Sempre de roupa social, bem trajado. Depois de apanhar bastante nas nádegas, estavam doloridas, ele ordenou que ajoelhada pegasse na mão direita dele com as duas mãos, a beijasse com suavidade e agradecesse por tudo que estava fazendo por mim. Foi arrepiante, simplesmente delicioso.
PRIMEIRA PARTE

Referência do Anúncio ID: 542596d106a3ee59

Não há Tags

355 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

Contos publicados por mestresetimo

Últimos itens anúnciados por mestresetimo »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: todoseubelem, barbichas, Moreno-62, 276 Guests, 37 Bots