Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Eu, meu irmão e minha avó. Parte2

  • Publicado em: 19 de abril de 2001 00:00
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Eu, meu irmão e minha avó.

Parte 2,

Oi eu sou o Rodrigo Morais, a pouco tempo eu escrevi a história de sexo que rolou entre eu, meu irmão e minha avó, devido a muitas ligações e e-mail que recebi de pessoas, querendo saber mais da taras de minha avó, decidi mandar está outra historia, que conta o fim de semana que passamos juntos na casa dela.

Eu fui para a casa de minha avó numa Sexta-feira a noite, ela estava com visita, eram duas mulheres que faziam parte do grupo de oração que ela freqüentava.

Já era nove horas da noite quando as visitas decidiram ir embora, assim que elas sairão minha avó já estava doida para dar o rabo para os netinhos, meu irmão que morava com ela estava na cozinha preparando um café, pois seria uma longa noite como já esperava-mos.

Ali mesmo na sala eu já comecei a chupa-la de cima em baixo, e quando meu irmão chegou, falou até de um jeito engraçado, – “pô não esperaram nem eu terminar o café!” E ali mesmo começamos nossa putaria, a buceta da minha avó já estava encharcada de tanto tesão, meu pau vibrava, de tão duro, chegava até doer.

Comecei então a penetra meu pau naquela buceta, que mais parecia um pote de manteiga derretida, meu irmão se deliciava no bouquet gostoso que só minha avó sabe fazer, ela gemia e gritava de prazer, enquanto eu estava num frenético vai e vem, meu irmão não agüentou e gozou, e encheu a boca de minha avó de porra, e ela não deixou escorrer nenhuma gota, e logo eu também não agüentei e mandei um jato de porra dentro daquela buceta quente.

Agora era a vez do meu irmão mete na velha, enquanto ela me chupava. Meu irmão decidiu comer primeiro o Cu, quando ele enfiou sentir a velha gemer de dor e prazer, mas nem por isso parou de chupar minha pistola, que ia até sua garganta, logo meu irmão gozou, e quis descansar um pouco, sentou para tomar um café, mas a velha não queria parar ainda, pediu para eu também enraba-la, já com o Cu cheio de porra penetra-la foi fácil, comecei a estocar com força e bem rápido, meu irmão tomando o café, só assistia, a velha cheia de tesão dava bundadas no meu pau, e rebolava, até que eu também gozei.

Quando achei que ela iria dar uma descansada, ela pediu mais, mas agora era minha vez de ficar assistindo e tomando um café, enquanto meu irmão fazia serviço.

Depois que os dois gozaram e eu terminei o café, fomos os três para debaixo do chuveiro, minha avó é uma prostituta profissional, pediu que eu meu irmão, metessem ao mesmo tempo nela, e ela ficou no meio dos dois netos, era três gerações numa transa bem animal, e aquela do chuveiro foi a ultima da noite, mas prometemos continuar de manhã.

Quando acordamos ela estava preparando o café, completamente nua, eu estava de cueca, meu irmão com um roupão, daquele mesmo jeito tomamos o café.

Depois do café começamos de novo nossa meterola, ela se ajoelhou diante de mim, devagar foi tirando minha cueca, logo em seguida abocanhou meu pau e começou a chupar, enquanto meu irmão lhe comia o Cu.

Ela falava que não era-mos seus netos, e sim seus amantes, falava que ela era nossa prostituta particular. Quando fui gozar tirei da boca dela e gozei nos peitos dela, ela passava a mão na porra e levava até a boca, e dizia que não havia nada melhor do que caldo de pistola.

Voltou a me m chupar até meu pau se levantar novamente, enquanto o meu irmão enchia o Cu dela de porra, então eu sentei no chão ele sentou no meu pau e começou a cavalgar, meu irmão levou sua pistola até a boca dela e ela começou a chupar, ele gemia e rebolava como se fosse uma jovem que perderá a virgindade a pouco tempo.

Agora eu a coloquei deitada de pernas abertas, e comecei a meter na posição papai e mamãe, meu irmão mais acima com o pau todo enfiando na boca dela, fazia movimento de vai e vem, ela rebolava tão gostoso que eu não queria mais para, mas logo gozei, meu irmão também, os dois quase que ao mesmo tempo.

Já era quase meio dia daquele sábado, ela começou a prepara o almoço, ficamos todos ali na cozinha, estávamos todos completamente nus, uma vez ou outra ela para o que estava fazendo, só para dar uma chupada num dos paus.

Depois do almoço fizemos a ultima transa, e fomos descansar, porque a noite queria-mos mais, ficaríamos ali até Domingo a noite, dormimos a tarde toda, e quando chegou a noite tomamos banho juntos, não metemos em baixo do chuveiro desta vez, porque queriamos ir para cama descancados para meter até de madrugada.

Quando já tínhamos jantado e estávamos indo para a putaria o interfone tocou, era minha mãe que veio fazer uma visita, ficamos todos revoltados e ela não ia embora nem por reza brava, e de repente o tempo virou, e caiu uma baita de uma chuva, ela então ligou para minha casa e avisou que iria dormir por lá.

Olhamos um para cara do outro, pensamos que tudo estava perdido, mas não, minha mãe entrou no nosso rolo, e foi só alegria, mas isso é outra historia, quer saber como foi? Basta acessar meu e-mail.

SCROOK@ZIPMAIL.COM.BR

E lembre-se crianças: Entre quatro parede vale tudo, só na vale deixar de usar camisinha,

A não ser que você for comer a vovó.

Referência do Anúncio ID: CT-000003331

Não há Tags

6294 visualizações, 0 hoje

  

Uma Comentário para “Eu, meu irmão e minha avó. Parte2”

  1. Delicia seus contos

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Homem com Pegada, rrock, 91 Guests, 27 Bots