Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Familia perversa

  • Publicado em: 2 de junho de 2011 11:06
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

A história a seguir é verídica e ocorreu comigo há um ano. Minha mãe sempre foi um tesão e, por onde ela passava todos os homens olhavam. Ela tem 38 anos, quando eu nasci ela estava com 18 anos e meu pai 19. Minha mãe tem 1,63m, 53 kg, seios de silicone (eles eram muito pequenos), bunda em pé, barriguinha lisinha e coxas grossas, sua boa forma se deve as várias horas de malhação diária dela. Bom, vamos ao que interessa: desde os 14 anos sentia tesão pela minha mãe mas achava que tudo iria ficar somente na imaginação e eu me contentando na punheta. Meu pai é bancário e sempre trabalhou em vinhedo, cidade vizinha de Jundiaí que é onde nós moramos, por isso sempre chegava tarde. Aqui em casa sempre fomos muito liberais e sempre tomamos banho de porta aberta, nos trocamos um na frente do outro, ficamos conversando com o outro enquanto tomamos banho, e assim vai. Então todas as vezes que minha mãe ia tomar banho, eu ia atrás conversar com ele e vê-la nua, e logo em seguida corria pro quarto e batia uma punheta deliciosa, e assim se seguiu por muito tempo. Quando eu já estava com 16 para 17 anos, ela pedia minha opinião sobre a roupa que iria usar para sair com meu pai na sexta-feira. Ela sempre usava roupas muito sensuais, mas nas sextas, ela caprichava, colocava calcinha enfiada na bunda, cinta liga e vestidos agarrados; sempre desconfiei que fosse para ir ao motel com meu pai, até que um dia resolvi esperá-los. Fiquei deitado no sofá e, quando foi 05h30, eles chegaram. Entraram dando risadas passaram pela sala e foram para o quarto deles esperei um pouco e fui atrás. Na hora em que cheguei lá observei pela fresta da porta e vi os dois nus, deitados na cama e conversando. Fiquei ali ouvindo a conversa, e eles começaram a comentar da noite. Minha mão disse que tinha adorado e meu pai perguntou o que tinha achado de o ver transando com uma loira. Na hora assustei, mas continuei a escutar e minha mãe disse que tinha adorado e que aquela loira era um tesão, que ela chupava meu pai como uma vadia e depois, comentou que o noivo dela tinha uma pica deliciosa que tinha sido a melhor que ela experimentou em toda sua vida… Após isso, fui para o meu quarto e bati uma punheta. No final de semana fui à praia com uns amigos e voltei na segunda. Quando foi segunda à tarde minha mãe foi para a academia aproveitei que estava sozinho e fui mexer em seu armário, mexendo em suas calcinhas achei um cartão de uma casa de swing de São Paulo e descobri que, na verdade, eles não iam ao motel nas sextas e sim, para a casa de swing, fiquei excitado e decidi que ia tentar algo com a minha mãe. O que realmente quero contar ocorreu no ano passado. Meu pai foi transferido para Santa Catarina, mas não deu para eu e minha mãe irmos juntos. Então ficamos aqui em Jundiaí. Havia achado o momento para comer minha mãe, toda vez que ela ia tomar banho, eu ia junto, elogiava seu corpo, dizia que ela era muito gata e tudo mais. Já fazia um mês que meu pai estava no sul, minha mãe já devia estar sentindo falta de dar então decidi atacar. Fui tomar banho e chamei-a para ir junto. Ela veio, mas queria ficar conversando falei que não que era para ela entrar debaixo d’água comigo, ela tirou sua roupa e entrou. Na hora em que ela entrou, eu perguntei se ela estava com frio, pois os seus bicos estavam duros e ela me respondeu que estava. Estava lavando as costas dela quando meu pau começou a endurecer e eu o deixei ficar duro. Quando ela se virou ele estava super duro e ela se assustou e perguntou por que ele estava duro eu disse que era porque ela era um tesão. Ela brigou comigo, mas eu a puxei para junto de mim e comecei a beijar seu pescoço e passar a mão em seu corpo ela rejeitou, mas eu continuei e disse no seu ouvido assim: – Sua vadia… você adora dar para os outros na casa de swing agora vai ter que dar para mim. Nisso ela cedeu e pegou no meu pau e fez uma chupeta até eu gozar na sua boca depois disso, fomos para cama. Eu me deitei ela colocou sua boceta na minha boca e mandou-me chupar e eu chupei até ela chegar ao orgasmo e quando chegou saiu da minha cara, montou no meu pau e galopou até gozar… Bom, por enquanto é só isso. Depois eu conto como foi quando meu pai e minha tia participaram…

Referência do Anúncio ID: CT-000050832

Não há Tags

18181 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 92 Guests, 30 Bots