Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

FESTA A FANTASIA, VESTIDO DE PUTA

  • Publicado em: 28 de setembro de 2017 14:36
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Por dois anos fui a festa a fantasia na empresa que meu Irmão trabalhava. Mais de duzentas pessoas, no salão, bebidas, musica alta e muita, mas muita azaração discretas nos cantos escuros.. Aquele ano meu mano não iria por estar em viagem .. Pensei em ir e aproveitar, afinal, não sou conhecido lá e tenho convite, ..tomei coragem , me arrumei e parti para festa.. e assim foi..
A tarde estava terminando e eu comecei a me preparar. Um banho por dentro e fora do corpo. Uma raspada geral nos pelos, bunda, pernas, deixou tudo lisinho… Passei creme e coloquei meia 7/8.. corpete, fio dental, vestido coladinho.. e o pacote escondido.. ou disfarçado.. Salto alto, peruca clipada para não cair, perfume gostoso e pronto…a putinha saiu do armário..
Cheguei no local, um sitio perto da cidade e da empresa, já escuro.
Desci e entrei no salão.. Uma bebida… duas.. e estava pronto, solto… dançando tranquilo no meio da pista, rindo, ganhando algumas mãos bobas, sorrisos e elogios.. Logo percebo um dos chefes ( ele estava com pouca fantasia) e colegas do mano, me olhando de cima em baixo.. fiquei receoso, será que ele descobriu??? Logo estava perto, tentando dançar.. perguntou pelo meu nome no que respondi..
– NINA. ME CHAME DE NINA..SE QUISER..
-Quero te chamar de Nina, e te chamar no cantinho…
– VAI.. LOGO VOU … e assim, Carlão foi se encostando na parede…
As luzes variavam, o som alto, um copo de bebida na mão e eu fui, dançando, devagar , sem chamar a atenção, me encostando no corpo de Carlos.. Ele logo foi passando a mão em tudo o que podia.. encostou no pacote e sua reação foi querer sair de tras…Virei e disse.:

-SEM MEDO, NÃO USO EM HOMEM, SOU SOMENTE USADO POR TRÁS . CONTINUE, SE TIVER TESÃO E CORAGEM.
E ele meio receoso, começou a massagear minha bunda por baixo da saia..
O contato daquela mão começou a me fazer arder de desejo e loucura e eu queria sexo ali mesmo.. Carlão então, me puxou para ainda mais perto de seu corpo e percebi seu cacete duro… Ah…aquele cacete que sempre quis em mim, agora ali, pertinho.. roçando minha bunda.. A festa rolava solta em nossa frente e ninguém nos incomodava.. Senti a mão de Carlos buscando meu anelzinho, que já estava molhado do tesao e do creme que sempre uso..
Isso escorregou o dedo dentro e me fez gemer gostoso. Ele então, mexeu na calça e colocou o pau pra fora.. senti a carne na carne ..o calor do pau no meio de minha bunda..
Sem pensar, fui direcionando o ponto prazeroso na cabeça dura do cacete e senti o cutucar, logo entrou a cabeça, que me fez gemer devagar e olhar pra trás, carlao estava extasiado, então comecei a rebolavar devagar, dançava gostoso, bebia uma dose e deixava o pau de Carlão entrar e sair..
Por alguns minutos, eu gemia devagar, rebolava e fazia Carlão se contorcer atrás de mim…
Suas mãos me dominava e ele socava devagar… A foda estava deliciosa quando senti o pau engrossar e as mãos de carlos me apertar ainda mais forte… O gozo dentro de meu rabo foi delicioso, senti o calor da porra dentro de mim… Ele colocou o pau dentro da calça e ajeitou minha calcinha e saia.. Deu um beijo em meu cangote e falou que e me esperaria no estacionamento, perto do carro dele no final da festa.
Fui ao banheiro masculino e entrei sem pudor, mesmo vestido de puta… Lá Três rapazes mijavam e balançavam seus cacetes.. ( ah..esses peões de fábrica..rsr, ) e quando me viram fantasiado ficaram ainda mais atrevidos… Um deles perguntou se eu podia ajudar, pois ele queria gozar, estava quase pronto, mas queria ajuda… Sem dizer nada, desci a boca em seu cacete e engoli o que pude.. O gozo foi quase instantâneo ..OS outros dois ficaram loucos… Entrei no reservado, sem trancar a porta e ao mesmo tempo, um deles invadiu e me jogou contra a parede, empinei então minha bunda para trás, puxei a saia pra cima e mostrei minha bunda num fio dental. Sem muita frescura, sacou o pau, tirou de lado minha calcinha e colocou no cu ainda melado pelo Carlão, Seu cacete mais grosso , deslizou tudo e bateu as bolas em minha bunda.. socou por algumas vezes e tirou pra gozar nas minhas pernas, molhando minhas meias.. O outro só assistiu e gozou na punheta… Saimos em menos de cinco minutos do banheiro..
Voltei ao salão, peguei uma bebida e dancei um pouco, aquilo me deixava com tesão, afinal, estava de puta, num local que não me reconheciam… e eu conhecia algumas pessoas ..rolou beijos, abraços, passadas de mão, algumas meninas da empresa me fitavam da cabeça aos pés..mas era festa..muitos já passados na bebida..
Cansado, resolvi sentar num canto e ver a festa passar.. logo havia a companhia do garoto do banheiro que sugeriu um colinho pra mim…sem pestanejar, levantei de minha cadeira e sentei no colo dele, e por ali fiquei até sentir o pau endurecer sob minha bunda… devagar, ele tirou o pau e eu encaixei meu rabo e rebolei gostoso até entrar tudo.. por uns minutos, rebolei gostoso e recebi o caldo grosso no rabo… levantei e segui a festa…
Meia hora de festa e decidi ir embora..
Procurei pelo carro de Carlao e lá estava ele. Encostado embaixo de uma arvore.
Na porta de tràs, Carlão estava sentado, a minha espera. Não perguntei nada..abaixei em seu pau e chupei tudo, as bolas, o saco, o cacete… buscava sugar cada centimentro dele ate ele endurecer… rebolava minha bunda ao vento exposta a natureza escura, enquanto minha cabeça subia e descia no cacete.. Ouvi barulho e senti em minha bunda, duas mãos quentes e não pude levantar a cabeça, pois carlçao me segurava em seu pau… fechei os olhos e continuei meu boquete enquanto, alguém me pegava por trás…
Era um cacete experiente, poucos pelos, que entrava e saia de meu cu com tamanha maestria que comecei a tremer por dentro. Fiquei preso entre esses pau durante uns dez minutos e ganhei como recompensa, uma gozada na boca e um gozada no cu…

Acabamos, me recompus e fui saindo, quando Carlão disse que queria saber quem eu era..afinal, uma puta assim, ele e seu amigo, iriam querer sempre . Deixei apenas um beijo ao vento e fui pro meu carro.
No outro final de semana, o engraçado foi escutar no futebol que jogamos, Carlão contando uma historia que o amigo dele havia comido uma putinha na festa… Homens..sempre iguais…
(dosex@yahoo.com.br hbi36@hotmail.com Curitiba- pr)

Referência do Anúncio ID: 50959ca42f87a20d

Não há Tags

234 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 68 Guests, 19 Bots