Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Festa Privada

  • Publicado em: 23 de novembro de 2017 14:14
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

A bela tinha Prometido a Paula (Paula e Artur) que quando fosse-mos a uma festa privada os convidava (conto anterior swuing surpresa).
Estávamos a jantar com um casal swuinguer nosso amigo (Jorge e Vera), numa sexta á noite, quando veio á conversa, o fim de semana com o Artur e a Paula.
A Bela disse-lhes que tinha prometido á Paula e ao Artur que os levaria como nossos convidados, quando houvesse uma festa.
A Vera que era uma mulher de muito alimento (piça), perguntou á Bela se não queria-mos fazer uma festa já no dia a seguir. Que convidaria mais um ou dois casais e dois singles.
Começamos todos a falar e eles disseram que tinham conhecido um casal que também estava interessado em ir, que eles eram inexperientes, nunca tinha feito uma troca nem mesmo um trio.
O Jorge disse-me logo que eles muito porreiros. Que ela era de famílias muito ricas, muito sexy e se tinha casado com ele mesmo por amor, pois ele alem de ser pobre não era muito bonito.
Combinamos tudo, lugar (motel dunas em Ovar pois tem quartos com jacuzi e piscina e deixa entrar quantas pessoas quiserem para o mesmo quarto). Outro casal (Pedro e Carina) casal que já conhecíamos , e por fim mais 2 singles (um deles já nosso conhecido).
Telefonei ao Artur a perguntar se queriam ir, e que podiam vir no meu carro, pois não era a 1ª vez que nós lá ia.mos.
O Artur respondeu que sim.
Tudo ficou combinado para o dia seguinte. Mas nesse mesmo dia (sexta) fomos ao clube Intimidades no Porto (clube swuinguer).
Sábado ás 11 horas da noite fui buscar o Artur e a Paula.
O Artur vinha vestido muito formal, como se viesse do trabalho.
A Paula vinha vestida com um casaco comprido. Não dava para ver nada por baixo. Quando chegaram á nossa beira olharam para os lados e o Artur cumprimentou-me com um aperto de mão, mas a Paula deu um selinho na boca da Bela e ouro a mim. A Bela para não ficar atrás fez o mesmo ao Artur.
Chegamos ao Motel e tinha-mos combinado que esperávamos todos cá fora uns pelos outros. Cá fora estava já um carro e vi que eram 2 homens. Um deles eu já conhecia e vi logo que eram os singles. Fui ter com eles. O Conhecido era um mulato de nome Ninito e o outro foi-me apresentado pelo Ninito como sendo o Dito (outro mulato) amigo dele e que era de confiança.
Quando estava a falar com eles, recebi uma chamada do Pedro a dizer que tinha a filha deles tinha adoecido e que não podiam ir, ele desfez-se em mil desculpas. Eu disse que não havia problema que haveria uma próxima vez.
Chegaram o Jorge e a Vera acompanhados pelo outro casal inexperiente.
O Jorge veio falar comigo que para não irem 3 carros lá para dentro eu levava o Dito e eles o Ninito.
Assim foi.
Quando chegamos ao quarto fomos-nos todos apresentando uns aos outros. Foi quando descobri o nome do outro casal (Maria José e Carlos).
Ri-me quando estava a cumprimentar o Carlos porque a Bela ao ser apresentada á Maria José (Zé) cumprimentou-a com um beijo de lingua na boca e a Zé estava com cara de espanto.
Tratei de dizer aos 2 singles que tanto o Artur e a Paula como o Carlos e a Zé eram inexperientes, mas mais o Carlos e a Zé.
O Quarto era enorme.
Eu o Jorge e os 2 singles ficamos logo nus. O Artur tirou logo a roupa assim que nos viu sendo seguido pelo Carlos.
A Bela e a Vera puseram-se logo nuas também, mas a Paula e a Zé estavam com vergonha.
A Bela disse a nós homens para ir-mos até ao jardim que existia da parte de fora.
Quando entramos já estavam todas nuas.
A Bela estava aos beijos com a Zé e acariciava com uma mão a cona dela. A Vera fazia o mesmo com a Paula.
O Carlos estava de boca aberta e confessou que era a 1ª vez que via a mulher aos beijos com outra.
Olhei para o Carlos e vi que tinha ficado excitado, estava com a piça em sentido.
Aproximei-me da Bela e da Zé sendo seguido pelo Dito e pelo Carlos. Os outros fizeram o mesmo..
A Bela mandou-nos aproximar mais, e começou a chupar a minha piça e a do Dito. Ao nosso lado a Zé fazia o mesmo ao marido.
A Bela mandou-nos ficar os 3 uns ao lado dos outros e começou a chupar o Dito que estava no meio. A Zé tinha agora a Bela mesmo ao lado dela. A Bela olhou para a Zé e foi chupara piça do Carlos com ela enquanto eu e o Dito tocava-mos uma punheta a olhar para eles.
O Carlos ao fim de uns segundo tocou na Zé e fez-lhe sinal para trocar.
A Zé veio ter comigo que estava na ponta e meteu a minha piça pela garganta a baixo.
Fiz sinal a Dito para se aproximar. Ele encostou a piça dele á minha e assim a Zé teve de as lamber as duas.
Eu tenho uma boa piça de 18 cm, mas o Dito tinha uma um pouco maior, e a Zé não se fez de rogada.
A Carlos já lambia a cona da Bela e puta da minha mulher gemia.
Disse ao Dito para enfiar a piça dele pela boca da Bela a baixo e fui lamber a cona da Zé.
Olhei para o lado quando ouvi gemido muito altos que mais pareciam berros de prazer. A Paula estava ensanduichada com a piça do Ninito na cona e a da Jorge no cu enquanto o Artur fodia a cona da Vera.
A Zé escorria monte de leite pela cona e eu tratava de beber todo. A Zé olhava para o lado e via a Bela de quatro a ser fodida pelo marido dela enquanto chupava o Dito.
Pus a Zé de quatro e espetei a minha piça até aos colhões. A putinha começou logo a berrar de prazer e quanto mais espetava mais ela pedia.
A Bela já estava sentada na piça do Dito e o Carlos estava a começar a enrrabar. Ela olhou para trás e disse ao Carlos para meter sem piedade que ela gostava. A Puta da minha mulher começou a gemer de prazer a dizer que se vinha em orgasmos múltiplos.
Eu tirei a minha piça da cona da Zé e pus na entrada do cu dela. Ela olhou para mim e disse-me para ir com cuidado, pois nunca tinha dado o cu a ninguém, nem mesmo ao Carlos, mas que estava excitada como nunca, que já se tinha vindo 3 vezes e estava disposta a tentar. Como a cona dela escorria leite, tratei de molhar o máximo possivel a minha piça e o cu dela. Comecei a forçar. Não queria entrar. Molhei mais uma vez a minha piça e tornei a forçar. A cabeça da piça entrou. A Zé soltou um ai bem alto. Parei uns segundos com a entrada da cabeça da piça e quando senti que já estava mais relaxada. Mais 6 ou 7 cm entraram no cu dela. Tornou a gemer de dor. Nova pausa. Quando a senti novamente relaxada perguntei-lhe se estava bem. Ela mandou-me meter tudo de uma vez só. O grito foi enorme.
– aaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Todos olhavam para nós os dois.
Eu parei mas ela disse-me.
-fode logo, rebenta-me o cu que és o 1º e aquele corno vai ver a puta que a mulher éééééééééééééééééé. Fodeeeeeeeeeeee que hoje vou dar o cu a todos eles. aaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiii
Comecei a foder-la como um desalmado. Sem piedade. A Zé começou a gostar e começou a pedir mais e mais. A Zé começou a dizer que se vinha pelo cu e eu enchi-lhe as tripas de leite.
Quando tirei a minha piça do cu dela vi o estrago que tinha feito, mas nem lhe deram tempo para nada. O Dito desencabou a piça da cona da Bela e veio substituir a minha no cu dela.
– haaaaaaaaaaaaaaaa cabrãoooooooooooo fode foooodeeeeeee. gemeu a Zé
Só saí-mos de lá ás 6 da manha, mas a Zé cumpriu a promessa foi enrabada por todos.
Todas elas foram fodidas por todos e muitas vezes por mais de que um ao mesmo tempo.

Referência do Anúncio ID: 10259ef3ba348e1f

Não há Tags

762 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 96 Guests, 20 Bots