Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Fui abusado na maior inocência Part. 2

  • Publicado em: 4 de agosto de 2017 06:17
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Ola meus caros leitores, vi que no meu ultimo conto alguns de vocês se animaram bastante e pediram outro conto feito por min, bom, aqui vai a parte 2, podem ter certeza porque tudo nela foi real s2

Parte 2

Bom, como já viram, a um tempo eu era muito inocente no assunto de sexo, e a iniciativa foi com o menino que trabalhava na rádio da escola, hoje venho lhes contar a segunda vez em que ele me comeu na escola.

Alguns dias se passaram na escola, e ele estava sempre perto de min, passando a mão em min, mas infelizmente nós não tivemos privacidade pois todos os outros meninos estavam na escola então não ficávamos muitos sozinhos, mas quando ficávamos, várias coisas rolavam como beijos, tapas e masturbação, mas não chegávamos a fazer o que realmente queríamos.
Um certo dia, todos combinaram de brincar de esconde-esconde, alguns não queriam, mas Junior insistiu, eu entendi o porquê e também fiquei ao lado dele, todos cederam ao pedido, então todos tiveram que brincar. Nós brincamos por muito tempo, até que uma das vezes Junior me chamou para se esconder em um certo lugar que ele tinha achado e que era bastante escondido.
Junior: Vem comigo, achei um lugar onde você vai gostar muito.
Sem hesitar, eu fui com ele, como o terreno da escola era grande dava para todos se esconderem por bastante tempo, mas tinha um certo local, no canto da escola onde tinha uma arvore que era bastante escuro, que olhasse por longe não iria conseguir ver nada, então combinamos de nos esconder lá. Chegando no local, eu e ele nós escondemos por trás da arvore, tinha um certo espaço que a separava do muro, então, era um local perfeito para fazer o que quiséssemos. Eu fiquei encostado na arvore, para vigiar se alguém estivesse vindo até o local, já o Junior… Bom, ele certamente sabia do papel dele, começou ficando atrás de min, ele estava querendo tanto aquilo que sua respiração estava bastante ofegante, começou passando a mão por min, me falando várias besteiras no meu ouvido, a cada vez que ele fazia isso eu ficava com mais vontade de sentir ele dentro de min.

Junior: Você não faz ideia o tempo que eu estou esperando para ficar sozinho com você
Eu: Bom, agora estamos aqui, só eu e você.
Junior: Agora você vai voltar a ser minha putinha, igual na outra noite.
Eu: Pode vir com tudo,

Nisso ele me virou para ele e começou a me beijar, mas que beijo, ele me agarrou de um jeito tão confortavelmente que eu só pude me entregar para ele, ele começou a apertar a minha bunda e logo me virou novamente de frente para arvore, abaixou meu short e dessa vez eu já tinha vindo sem nada por baixo, igual ao dos outros dias, esperando que tudo acontecesse de novo.

Junior: Você veio preparado
Eu: Você não faz ideia a quanto tempo eu estou querendo isso de novo.

Nisso então ele deu alguns tapas na minha bunda e eu reagi, soltando alguns suspiros ofegantes e então ele começou a chupar meu cuzinho me levantando para cima e eu acabei empinando com os olhos fechados pois estava adorando aquela boca me chupando e as suas mãos apertando a minha bunda e então ele começou a meter o dedo em min, fazendo movimentos de vai e vem e eu continuando com meus suspiros pedindo mais e mais até ele parar, então ele me virou de frente e me beijou novamente, nesses momentos esquecemos totalmente que estávamos nos escondendo de outras pessoas e continuamos a fazer o que mais queríamos. Enquanto estávamos nos beijando eu levei minha mãe até sua rola e senti o quanto ela estava dura pedindo para ser chupada, ele nem precisou pedir, eu me abaixei rapidamente e tirei seu mastro para fora e cai de boca, babando aquela rola toda enquanto ele estava gemendo para min, não tinha nada melhor do que satisfazer ele com um boquete depois dele ter arrombado meu cu com seus dedos. Passei muito tempo chupando ele, então ele me puxou de volta ao encontro com seus lábios e logo em seguida me virou para arvore, ali eu soube que já estava chegando na melhor parte.
Ele então deu mais uma chupada no meu cu e colocou seu pau na entrada, começou a esfregar a cabeça no meu cu e eu não estava aguentando de tanto esperar, eu estava desejando tanto aquela rola dentro de min que eu dei um passo para trás e então a rola dela entrou, me senti tão aliviado ao sentir a rola dele, dei uma olhada para trás para olhar ele e ele estava sorrindo.

Junior: Que belo viadinho você, já sabia que queria minha rola, deu para perceber no quanto sua bundinha piscava pra min.

O filho da mãe já tinha planejado tudo, eu não reclamei, apenas dei um sorriso de lado até porque, ele não estava mentindo, eu queria mesmo aquilo. Ele fez o resto de trabalho de colocar o resto pra dentro, e eu apenas gemi, gemi muito com aquela coisa deliciosa dentro de min, e então, ele começou a fazer o movimento de vai e vem me fazendo ficar na ponta dos pés, estava delicioso, a cada vez que ele metia tudo dentro de min eu gemia mais ainda, ele tirou um pouco e pediu pra eu me abaixar pro rumo da parede e deixar apenas minha bunda empinada, quando eu fiz isso ele já veio por trás e meteu em min de novo, ele metia e batia na minha bunda, adorava aquilo, fiquei em pé novamente e ele colocou tudo dentro de min e deixou tudo dentro de min, ficou encostado em min mordendo minha orelha e me falando varias coisas.

Junior: Cuzinho mais saboroso e arrombado o seu, vou querer muito ele a cada dia.
Eu: Quando quiser, sempre será seu.

Ele então se afastou e me virou pra ele e me soltou outro beijo, logo então, ele me levantou em seu colo deixando minhas pernas para cima e começou a meter de novo, UAL, que posição maravilhosa foi aquela, entrava em min tão perfeitamente e tão prazerosamente, foi a melhor posição que eu já fiz, ele ficou muito tempo naquela posição até anunciar que iria gozar e novamente eu pedi para ele gozar fora, ele soltou muitos jatos de porra fora, ambos cansados, nos beijamos mais um pouco e enquanto nos beijávamos ele veio a meter seus dedos no meu cu, eu gemi beijando ele, e ele não meteu pouco, durou muito aquilo e foi ótimo para min. Então voltamos para parte da escola, fomos por caminhos diferentes para ninguém suspeitar de nada. Até hoje eu me arrependo de não pedir pra gozar dentro do meu cu ou então na minha boca, nunca tomei a porra de outro macho mas em breve espero ter essa experiência novamente.

Referência do Anúncio ID: 9259812a1e928c7

196 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: WRBS
  • Membro desde: 15 de fevereiro de 2016

Contos publicados por WRBS

Últimos itens anúnciados por WRBS »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Moreno-62, 103 Guests, 18 Bots