Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

FUI ÀS FORRAS

  • Publicado em: 4 de abril de 2012 20:31
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Naquela noite, só de pirraça eu fui às forras.

Tudo começou assim: à noite, quando estavamos nos acariciando, meu marido me pediu para ir até onde meu cunhadinho estava dormindo, para fazer umas artezinhas básicas.

Eu perguntei o que era pra fazer, ele disse para fazer bem rapidinho, só para apimentar a relação, me disse para dar uma esfregadinha por cima do calção dele, e depois que já tivesse durão, tirasse par fora e desse umas lambidinhas e por último, esfregasse a pontinha do pau dele na minha xoxotinha; me falou que teria que ser rapidinho, ai eu disse que teria uma condição.

A minha condição seria que ele não saisse do quarto enquanto eu não voltasse, ele aceitou e eu tranquei a porta do quarto por fora e fui fazer a artezinha.

Fiz tudo como ele pediu, embora quisese mais, porém me contive e voltei para o quarto; entrei, contei a ele tudinho e o sacana não acreditou que eu tinha ido, falou que tinha sido muito rápido; eu fiquei irritada.

Ai ele falou que queria que eu fosse novamente, mas ele ficaria de longe vendo; eu pensei, pensei e falei que iria.

Só que o meu pensamento ali já tinha mudado todo, resolvi ir às forras e dessa vez aproveitar bastante cada momento, pois ele duvidou de mim; fui e ele ficou de longe me olhando.

Meu cunhado ainda coberto, me abaixaei em cima dele, comecei a esfregar naquele pau que voltou a ficar mais duro do que antes; de longe eu via meu marido fazendo gesto para eu ir mais rápido.

Olhei pra ele e fingi que não tinha entendido; sai de cima do cunhadinho, enfiei as mãos e a cabeça por baixo do lençol, comecei a esfregar a cara naquele pau que pulsava como um coração, e estava muito quente.

Emfiei a mão dentro do calção e puxei aquilo tudo, que delicia; comecei a lamber de vagarzinho, a chupar aquela cabecinha lisinha como seda, dei uma masturbadasinha com cuidado para não gozar forte, dai a pouco eu senti um liquidozinho na minha boca ai eu aliviei para que ele não gozasse; chupei aquele meladinho todo, coloquei a cabeça do lado de fora pra olhar meu marido, e de novo ele estava fazendo gesto para eu voltar.

Voltei para o que eu estava concentrada, puxei aquele calção e cueca, arrancando-os com rapidez para não perder tempo; botei aquele pau entre meus peitões, apertei e fiz mais uns movimentos naquele pau que já estava escorrendo um liquidozinho de prazer; sulguei tudo novamente.

Depois de engolir e me lambuzar por vários tempos aquele pau grossão, fui novamente por cima dele, abaixei de vagar, esfreguei a cabecinha na portinha da minha bocetinha que já estava palpitando de vontade; em bem de vagar fui escondendo todo aquele pau, que maravilha; meu marido já tinha até desistido de me chamar e continuou olhando.

Comecei a fazer uns movimentos rápidos de entra e sai, e quando percebia que ele estava pra gozar eu diminuia o rítmo; e assim ficamos ali por mais uns 15 minutos, até que eu também já não estava aguentando segurar mais; ai, aumentei novamente a velocidade, vi suas pernas esticarem, suas juntas estralarem, e aquele liquido quente me enchendo por dentro, aaaaaaaai, foi demais pra mim, eu também gozei tão forte que não consegui controlar o meu gemido, foi muito gostoso; continuei rebolando por mais um tempinho e me levantei.

Meu marido foi pro quarto na minha frente, parecia estarchateado; sentou na cama e perguntou porque eu demorei tanto, eu disse que nem tinha percebido a hora passar, pois estava muito bom, ai ele falou que iria me castigar; o castigo foi me dar mais duas gozadas, uma dentro da minha xoxota e outra na minha boquinha.

Que castigo bom; mas, sinceramente, eu só fiz aquilo tudo porque ele duvidou de mim, e ai ” EU FUI ÀS FORRAS “.

Referência do Anúncio ID: CT-000051965

Não há Tags

4355 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: janie
  • Membro desde: 28 de março de 2012

Contos publicados por janie

Últimos itens anúnciados por janie »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 26 Guests, 24 Bots