Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

INCESTO SEM CULPA (ENTEADO E ENTEADA)

  • Publicado em: 27 de outubro de 2008 18:49
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

INCESTO SEM CULPA(ENTEADO E ENTEADA)

…Casei muito novo, quase na minha adolescência;aos 21 anos já estava casado.Mas só fiquei casado com minha esposa 2 anos, pois numa viagem de excursão ,aconteceu um desastre com o ônibus que ela viajava e ela veio a falecer no desastre.Fiquei viúvo muito cedo e resolvi aproveitar a vida;e como sou dotado(21cmx05)nunca foi difícil pra mim encontrar uma bucetinha sedenta por rola.E eu comia todas;não dava folga.

Quando eu estava com 45 anos, conheci Júlia,uma morena linda e muito sensual;me apaixonei,mas logo em falou que tinha um casal de filhos gêmeos:Uma menina(Érica) e (Theo),estavam com 3 anos quando conheci Júlia.Frequentei a casa de Júlia durante dois anos,até que ela teve a idéia de,como eu morava só, eu vir morar com eles,já que a casa deles era bastante grande e que os filhos gostavam de mim e que já me tinham como o pai deles.M transferi pra casa de Júlia e eu adorava Érica e Theo e eles me adoravam e me respeitavam como o pai deles;Júlia ficava feliz e tranqüila com isso.Eu trabalhava e ainda trabalho com vendas externas e viajo 15 dias pelo interior e fico parado 1 semana de folga;eu mesmo faço meu horário,tenho liberdade da empresa pra isso.

Desde que passei a morar com Júlia,parece que passei a dar felicidade aquela família,pois havia felicidade nos rostos de todos.Minha esposa Júlia,pegava no trabalho as 7 horas da manhã e as vezes a gente dava uma trepada antes dela sair,mas tinha dias que não dava tempo; e ela tinha uma insegurança em deixar as crianças no quarto delas sozinhas e antes de sair os colocava na nossa cama e eles continuavam dormindo comigo na cama;eu não me importava porque eu os tinha como filhos;isso durou muitos anos,acho que uns 10anos;toda manhã eu acordava com os dois na minha cama e eu sempre acordava os dois pra levá-los a escola.Quando estavam com 13 anos,continuavam na mesma rotina;Julia os colocava na minha cama, e cheguei a comentar com ela que deveria acabar com essa mania,pois ela sabe que eles já estavam bem crescidos,a menina uma mocinha e o menino já um rapazinho,mas Júlia falava que eles não iam se acostumar mais;não falei mais nada e concordei com ela.

Teve um mês,que passei os quinze dias viajando e quando retornei,vi a alegria nos olhos de todos,principalmente de Júlia pela falta de sexo, pois sei do fogo que ela tem na buceta.Quando cheguei,beijei as crianças,dei uns presentes a eles e fui pro quarto com Júlia.Ela tava sedenta por minha rola,não me deixou nem tomar um banho falando que tava sentindo falta do meu cheiro de suor de macho.Meti muito na buceta dela até deixar inchada e estourei o cuzinho dela,pois sabia que ela gostava e me deixaria descansar uns dias.Depois dessa foda, fomos jantar e depois as crianças foram mostrar a Júlia os presentes que eu tinha trazido pra elas.Para o Theo eu trouxe um conjunto de cuequinhas box e pra Érica um conjuntinho de calçinha e soutien pra adolescente.Theo me chamou no quarto e foi me mostrar como ficou as cuequinhas nele;quando ele tirou o calção pude ver que já tava ficando um rapazinho e já tinha uns pélinhos e o pênis já estava bem formado e ele seria bem dotado quando ficasse um homem;admirei que ficou bem e retornei pra sala.Quando estava passando pela porta do quarto,vi que estava entre aberta e pude ver Júlia vestindo o sutiã na Érica;quando viu meu vulto me chamou: —-Amor, vem ver ! Quando parei na porta do quarto,vi Érica peladinha,só de sutien e sem calçinha coma a bucetinha de menina toda formada.Vi que também já tinha uma penugem de pélinhos em cima dos pequenos lábios.Fiz que não tava vendo nada e admirei o sutien;Júlia não se importou de Érica pelada.Sai dali sem falar nada e fui pra sala ver televisão. Aquela visão me perturbou ,mas logo esqueci e evieram todos pra sala me fazer companhia.

Como eu estava cansado,me recolhi pro nosso quarto.Coloquei meu calção de pijama bem folgado sem cueca,pois não gosto de dormir com nada apertado, pois tenho pernas e peitos forte se peludos.Júlia se deitou ao meu lado e quis foder de novo e como estava muito cansado,prometi a ela que pela manhã antes dela ir pro trabalho eu meteria muita rola nela.

Dormimos e pela manhã escuto um barulho no quarto;é Júlia correndo,pois tinha se atrasado e perguntei a ela: —e nossa foda? Querido, estou super atrasada!E mostrei a ela minha rola dura dentro do pijama;ela ficou louca de tesão e saiu do quarto pra pegar as crianças pra colocar na nossa cama.Voltei a dormir .Não vi quando ela trouxe as crianças pra cama.Eu sempre durmo de rosto pra cima e como sou muito peludo, tenho calor e durmo sem lençol.Meio sonolento,sem abrir os olhos escutei um diálogo e logo vi que era dos meus visitantes matinais.Eu ouvia o diálogo: —-Ele tá dormindo, Theo! E ele veio me olhar de perto. E respondeu: É,ta mesmo.Será que ela vai acordar?.Vai nada,bobo,ele chegou muito cansado da viagem ontem.Abri os olhos um pouco e vi que eu tava de pau duro e a cabeça do meu pau tava saindo pela boca do calção do pijama;deixei como tava.E eles continuavam:—-Olha como o dele é grande e grosso,diferente do seu Theo! Pude ver que aqueles safadinhos já brincavam de papai e mamãe.Ela pegou no calção do meu pijama e puxou mais pra cima pra ver meu pau todo fora do pijama;quando senti a mãozinha dela,meu pau se mexeu e babou parecendo que eu tava mijando e caiu a baba na minha coxa esquerda.Theo viu e falou:–Olha,Érica,saiu uma aguinha,melou a perna dele;quanto mais eu escutava aquele papo de safadeza deles, eu ficava com meu pau mais duro e meu pau babava mais e mais.Foi quando senti um dedo sendo passado na minha coxa;era Érica passando o dedo na baba que tinha caído na minha coxa esquerda.Ela melou o dedo todo e perguntou ao irmão:–Será que tem gosto ruim?E ele:—Não sei,experimenta. E Érica foi direta com ele:Se você lamber também,eu experimento.E vi Theo passar o dedo na minha coxa e colocou o dedo na boca.E falou pra irmã que era um pouco salgadinho e passou o dedo de novo pra pegar mais baba;o safadinho parece que gostou,pensei.Érica acompanhou o irmão e colocou o dedo melado na boca lambendo tudo e gostou e ficaram disputando a baba do meu cacete.Foi quando Theó falou que tinha visto numa revista uma foto de uma mulher com um daqueles na boca e baixou a cabeça,levantou meu pau com dois dedinhos e passou a língua,quase morro de tesão,pois meu pau continuava babando por causa daqueles dois putinhos.Érica fez o mesmo que o irmão,só que ela foi mais atrevida e colocou a cabeça do meu pau na boca.Quando ela tirou a boca, não agüentei e gozei melando o meu pau todo de porra e minha coxa.Eu, com os olhos meios abertos,vi que eles olhavam a minha porra saindo de dentro do meu pau e se admiravam pela quantidade.E foram recolhendo com os dedos e lambendo,lamberam toda a porra;depois disso,ressonei e fiz que tava acordando.Quando abri os olhos,eles já estavam na mesa do café,tomaram o banho e os levei pra escola.Passei o dia todo pensando naquilo e falei pra mim mesmo que já estava pensando numa surpresa para aqueles dois putinhos.

Quando cheguei a noite em casa,Júlia ,minha esposa, veio com uma notícia que teria que viajar pra uma simpósio que ia ter da empresa que ela trabalhava e que teria que embarcar ainda naquela noite. Eu teria que levá-la no aeroporto pra o vôo das 22:30.No horário, coloquei os filhos dela no banco de trás do carro fomos levá-la ao aeroporto. No retorno, falei pra eles que eles iam tomar banho e dormir.Chegando em casa, mandei os 2 pro banheiro e peguei uma cerveja pra tomar.Em poucos minutos , chegam os dois de pijamas me perguntando se poderiam dormir na minha cama comigo.Respondi negativamente e os mandei pra cama deles.Os coloquei nas camas e voltei pra sala ,só de cueca.Queria colocar meu plano surpresa pra os dois putinhos.Quando eu já estava no ponto,deitei na minha cama ,pelado.Antes de ir pro meu quarto,deixei um cd de sexo dentro do DVD ,de propósito.Fui até o quarto deles pra verificar se os dois estavam dormindo e vi que ainda estavam acordados,falei grosso com eles e falei que tava cansado e que ia dormir e queria ver os dois dormindo. Tranquei aporta do quarto deles e sai.Fiquei na minha cama,no escuro,quando ouvi minha porta do quarto abrir e Érica falou pro irmão que eu estava dormindo e fechou a porta indo pra sala.Fui atrás dos dois e me escondi por trás de uma cortina;eles foram até o DVD e viram que tinha um cd,ligaram o aparelho e deitaram no sofá….Não tinha som no filme,só as imagens apareciam.De repente ,eles começam a tirar as roupas. Érica fica peladinha e vi que tava bucetinha dela tava inchadinha;Théo também tava peladinho e com o pauzinho duro e com a bundinha de lado.Érica pega a mão do irmão e coloca na xaninha dela e ele esfrega mão como o ator faz no filme.Ela também pega no pauzinho dele.E ficam vários minutos nessa sacanagem.Foi quando pensei:Chegou minha hora.Apareci na sala como de surpresa e perguntei:–O que é isso?Vocês estão loucos?São dois safados;e vou conversar com Júlia sobre isso.Eles se assustaram e sentaram no sofá de cabeças baixas.Perguntei se eles sabiam o que estavam fazendo? Se já tinham feito aquilo ou visto alguém fazendo. Théo me respondeu que sim,que tinham visto eu com a mãe deles e que os dois já tinha visto e sentido o gosto daquilo que saia do meu pau.E perguntei como assim? Eles falaram que enquanto eu dormia, os dois tinham me chupado como tava no filme.Peguei os 2 pela mão e os levei pra o meu quarto.Como Érica e Théo continuavam pelados falei que a partir daquele momento eles iam fazer tudo o que eu quisesse como castigo por terem me chupado enquanto eu dormia,se não eu falaria pra mãe deles.Théo veio ao meu encontro e me abraçou e senti o calor daquele garoto de 15 anos em formação.O mandei de volta pra cama que eu ia começar a querer que eles me obedecessem.

Mandei os dois sentarem na beira da cama e pedi pra o Théo abrir as pernas de Érica e me mostrar a bucetinha dela.Ele abriu meio sem jeito,me aproximei dele e dei uma tapa na cara dele e mostrei como se abria a buceta de uma mulher e abri os lábios da xaninha de Érica e coloquei o dedo dele no grelo dela ,arrancando um gritinho de prazer dela.E perguntei a ele:Aprendeu,seu viadinho? Você pensa que eu não vi você chupando meu pau e bebendo minha porra junto com essa vadiazinha?Você agora vai sentir o que você gosta.E mandei Érica abrir a bunda dele e lamber o cuzinho e deixar bem molhado; enquanto isso eu vestia uma camisinha e besuntava meu pau com um gel.Mandei ela abrir bem as nádegas dele e cuspi no cuzinho dele e fui colocando a cabeça do meu cacete na portinha no cuzinho de Théo.Párei e ordenei que ele me suplicasse pra continuar enfiando.E ele gritava me pedindo mais por minha rola no seu cuzinho e não tive pena e enfiei meu cacete (19X05) no rabinho dele e fiquei bombando pra ele pedir mais.Pedi pra irmã dele beijar ele na boca pra ele não gritar alto.Fui puxando Érica pro lado dele e deixando ela ficar de quatro também e enquanto bombava minha rola no cú de Théo ,chupava aquela bucetinha nova e quase sem pélos e quando ela começou a tremer acusando um orgasmo, tirei do cú de dele e enfiei na buceta dela arrancando o cabaço,que só vim ver quando tirei e vi meu cacete melado de sangue.Continuei bombando e falei que ia gozar dentro dela pra ela sentir o calor da minha porra dentro dela.Mas ela gritava que não queria que eu gozasse;então coloquei ela de papai-e mamãe e enfiei e olhando pra cara de safada dela, falei que ela ia sentir minha porra quente e dei um tapa na cara dela e falei que agora eu era o dono dos dois e que eles iam fazer o que eu mandasse.Bombei dentro daquela bucetinha apertada e quando senti as contrações dela dei a primeira espirrada dentro dela.Acabei de gozar dentro dela,quando notei que Théo estava meio triste e ele falou que também queria sentir minha porra quente;então o chamei pra tomar um banho comigo e os levei pro banheiro.Mandei Érica senta no vaso sanitário pra assistir minha foda com Théo.Tomamos banho,lavei bem o cuzinho dele que já estava aberto pela minha rola,ensaboei bem e fui colocando minha rola de novo dentro dele, não tive dó daquele cuzinho de menino safado,cada metida eu sentia que estourava uma prega e isso dava tesão nele que contraia o cuzinho e deixa mais apertado.Anunciei que ia gozar e ele falou que tbm tava gozando e meti,meti e senti que um jato foi forte dentro do reto dele e cada metida saia mais porra e Le gritava que tava sentido e gozou também.Deixei os dois tomando banho e os mandei pra cama e falei que pela manhã eles fossem pra minha cama que eu queria começar tudo de novo pela manhã e dei uma beijo de boa noite nos meus novos enteados e amantes.

Referência do Anúncio ID: CT-000041120

Não há Tags

9541 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Rute, 63 Guests, 21 Bots