Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Mãe seduzida pelo pintão do filho

  • Publicado em: 19 de fevereiro de 2016 08:06
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Madalena estava perturbada. Nunca pensara que ia acontecer com ela o que acontecera. Ela estava em casa, uma tarde, e seu filho Norberto, um garotão que deixava as colegas da faculdade doidinhas por ele, estava no banheiro, tomando banho.
Ela via TV e ouviu que Norberto a chamava. Chegou perto da porta do banheiro e perguntou o que era, ele pediu que ela levasse a toalha, havia esquecido de pegar.
Ela foi ao quarto dele, pegou a toalha que ele esquecera em cima da cama e levou ao banheiro. Inocentemente, ao ver que a porta não estava trancada, ela entrou para entregar a toalha a ele, pois viu que o chuveiro já tinha sido desligado.
E aí… tremeu nas bases. O que era aquilo! Seu filho tinha um pinto que pareceu a ela gigantesco, pois o que ela conhecera antes, de seu ex-marido, devia ser a metade do que o filho tinha. Ficou sem ação, olhando para ele, e sem entregar a toalha.
– Mãe… me dá a toalha!
– A toalha… ah, sim, a toalha, toma aqui meu filho.
Saiu do banheiro suando frio.
Não parou de pensar um só minuto no que vira. Voltou a ver a TV, mas não conseguia se concentrar em nada. Só via aquele pintão.
Dali a pouco ele chegou na sala. Foram fazer um lanche e o silêncio era constrangedor, bem ao contrário dos outros dias quando eles conversavam bastante, riam. Naquela tarde o lanche foi engolido no mais absoluto silêncio.
Até que ela não aguentou mais e falou.
– Filho… eu sei que isso não é normal, afinal você já tem 24 anos, mas me diga, o que é isso que você tem entre as pernas? Nunca vi nada parecido!
– O que é isso, mãe! Não sabe o que tenho aqui? Até parece que você nunca me deu banho!
– Norberto, a última vez que te dei banho você tinha seis anos. Tudo bem que já dava pra ver que era bem grandinho, mas eu nunca imaginaria que chegasse ao ponto que chegou. Fiquei quase paralisada quando vi.
– Mãe… que coisa mais maluca você está dizendo.
– Eu sei, por isso que te falei que não era normal o que eu ia dizer. Mas eu tinha de te falar, não podia ficar com isso entalado em minha garganta. É admirável. Deixa eu ver de novo?
– Mãe… acha isso certo?
– Claro que é, sou sua mãe!
Timidamente, ele abriu a calça e mostrou a ela. Ela ajoelhou na frente dele e ficou olhando. Uma súbita vontade fez com que ela pegasse nele, medisse com a mão espalmada. E de tanto pegar… ele começou a crescer, a crescer e ela foi ficando mais admirada ainda, porque o bicho era realmente enorme.
Esqueceu de tudo e deu um aperto no pinto dele que gemeu e ela, transtornada, enfiou na boca e começou a fazer um boquete.
Norberto estava apavorado, não entendia o que a mãe estava fazendo. Mas… como era gostoso aquilo, sua mãe chupava melhor que as namoradinhas que ele arrumava. Conformou-se, deixou a mãe fazer o que queria.
Madalena já estava completamente louca, e foi tirando a roupa do filho, tirou tudo e começou a se despir, tirou a blusa e virou-se de costas para Norberto desabotoar o sutiã. Ele começou a entrar no clima, estava vendo não a mãe, mas uma mulher adorável. Viu Madalena nua. Era a primeira vez que ele via e observou que ela tinha tudo no lugar. Quase 50 anos e o corpo primoroso.
Ela sentou-se na mesa e abriu as pernas, mostrando a xotinha peludinha e Norberto, encantado, ajoelhou-se e deu uma bela chupada nela. Aquilo foi como um raio que percorreu o corpo de Madalena. Tinha já muitos meses que ninguém a visitava em seus mais recônditos lugares. E Norberto sabia o que fazer com a língua, deixou-a alucinada.
Aí ela desceu da mesa e sentou-se numa cadeira.
– Me come!
– Tem certeza, mãe?
– Tenho, eu quero, depois a gente vê se é pecado ou não, mas eu quero agora!
Não foi fácil entrar com tudo dentro dela, ela estava bem fechadinha, mas, finalmente, ele conseguiu e começou a bombar e Madalena a gemer e dali eles foram para o tapete, ela o cavalgou, ele a comeu de ladinho, ela ficou de quatro e ele a comeu assim também e ela, já tendo gozado, pôs o pinto dele na boca e o chupou até ele gozar.
Sem falar nada, cada um foi para seu quarto e dormiram.
Quando Norberto saia com alguma colega da faculdade, a comparação era inevitável e ele via que Madalena estava muito à frente de qualquer uma delas. Então, quando voltava para casa, ia para a cama dela e se amavam freneticamente!

Referência do Anúncio ID: 94756c5b1e306d0e

Não há Tags

13137 visualizações, 0 hoje

  

4 Comentários para “Mãe seduzida pelo pintão do filho”

  1. dibinhocarinhoso em 27 de março de 2016 @ 18:15

    muito lindo, gostoso, falta continuação

  2. Acha mesmo que falta continuação? O que sugere?
    Kaplan

  3. ainda continua comendo ela? ela da o o cuzinho?

  4. Maravilhoso conto,e que lindo o vosso amor sem tabus.
    Abençoada Mãe.
    Parabéns.

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 117 Guests, 23 Bots