Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Mais um amigo

  • Publicado em: 11 de janeiro de 2018 07:06
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Depois de um certo tempo, volto de novo aos contos eróticos…o tesão, fala mais alto.
Conforme eu já disse, envelhecemos bem tarde, o contrário dos jovens de hoje.
Eu, um dia, tinha ido a um lugar, do outro lado da cidade e tive que atravessar um matinho, que havia no caminho entre o centro e esse bairro.
Participei de uma reunião de equipe, último ano de segundo grau, eu já tinha repetido o ano anterior e tive que estudar para não repetir de novo.
Na volta, eis que no campo, após atravessar o matinho, encontro o Marcelo, o amigo que me iniciou no troca troca.
Ele lógico, ficou todo entusiasmado, sorriu sacana para mim e me perguntou onde eu tinha ido. Respondi que tinha ido estudar e com já eram 4 da tarde, estava voltando para casa.
Então, ele me disse, vamos lá no matinho de novo? E começou a passar a mão no seu pinto, já duro sobre a bermuda. Eu ía responder que não, mas ele do nada, colocou o pinto pra fora da bermuda, duro, latejando e disse, vc não quer?
Meu cuzinho começou a piscar desenfreadamente, fiquei vermelho, mas respondi, claro que quero. Ele guardou o pinto e fomos de volta ao matinho.
Marcelo, era muito taradinho, quando o capim começou a nos esconder, ele já começou a me encochar, passar as mãos nos meus peitos(eu era bem gordinho), na minha bunda e por dentro de minha bermuda.
Nem bem chegamos no meio do matinho e ele já tirou de novo o pinto para fora, duríssimo, latejando, cabeça bem vermelha, e mando eu chupar.
Me ajoelhei, chupei bem, deixei bem molhado e me deitei de bunda pra cima, abri bem, deixando meu cuzinho a mostra e ele se deitou e enfiou de uma vez, enterrando tudo.
Ele começou a mexer, rápido, tirando e colocando, eu estava atordoado de tanta tesão, ele passava a mão na minha bunda, enfiava a mão por baixo do braço, apertava meus peitinhos, e metia sem parar.
Depois de uma meia hora, ele gozou e eu também.
Seu pinto amoleceu e saiu de meu cuzinho. Estava todo molhado de porra.
Ele ficou deitado sobre mim, um tempão, aproveitando o gozo.
Depois, nos levantamos, nos falamos um pouco e fomos embora.
Hoje, nós dois somos casados, mas nunca mais nos falamos, as vezes, nos encontramos na rua, ele me olha sacana, dá um sorriso e fica nisso.

Referência do Anúncio ID: 4905a32b86f03c43

Não há Tags

775 visualizações, 0 hoje

  

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: andarai, Homem com Pegada, 71 Guests, 15 Bots