Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

MAMÃE BISCATONA.

  • Publicado em: 1 de setembro de 2005 01:57
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Meu nome é Rodrigo tenho 17 anos e sou estudante.Moro com a minha mãe e o meu pai.Meu pai,Marcos,tem 52 anos e é empresário.Minha mãe,Sônia,tem 37 anos e é dona de casa.Minha mãe é muito bonita e gostosa.Meu pai é muito ciumento e vive tentando controlá-la.O velho é tão ciumento que vive começando discussões com minha mãe.Sônia,ela não gosta que eu a chame de mãe,pois ela se sente velha,vive usando roupas curtas mostrando suas belas curvas.Motivo pela qual deixa meu pai fica furioso.Sônia não se preocupa com o velho e faz o que quer.Eu há muito me sinto atraído com a coroa.Bato várias punhetas pensando nela.Ela tem um belo rosto com seus lindos olhos verdes e cabelos negros,lisos,que vai até os ombros.Ela é magra,1,65 de altura,seios grandes e uma bunda grande ,redonda e dura.Certa manhã,preparei o café e fui acordar Sônia.Meu pai tinha dormido fora.Ao chegar no seu quarto,ela estava dormindo apenas de calcinha rendada e que estava enfiada no rego e sem sutiã.Minha mãe estava de bruços,mas eu delirei com suas lindas costas,seu lindo bundão até os seus pés.Percorri seu corpo com o olhar.Tive vontade de tocá-la.Enfiei a mão na calça e comecei a me punhetar.Não agüentei o tesão e gozei.Tentei conter o gozo com a mão para não sujar o chão do quarto.Fui lavar minha mão no banheiro.Sentindo a sensação relaxante depois de ter um bom orgasmo.Logo em seguida minha mãe entrou no banheiro para escovar os dentes.Levei um susto com sua presença.Minha mãe perguntou se ela me tinha dado um susto.Sônia tinha vestido um robe.Depois disso me masturbei muito pensando nessa cena.Meu pai teve que viajar por 2 dias.Na primeira noite resolvi expiar minha mãe dormindo.Pode parecer esquisito, mas peguei um binóculo que enxerga no escuro para observar pela fresta da porta.Talvez eu tivesse a sorte de vê-la semivestida.Para a minha surpresa ela não estava dormindo.Estava assistindo ao um filme pornô na sua cama.A puta estava totalmente nua e se masturbando.Seus lábios e seu corpo se contorciam.Ela teve um orgasmo.Seu corpo caiu no chão e assim ficou por alguns segundos.Minha mãe estava louca para dar.Era uma cadela no cio.Sônia se levantou e pegou uma calcinha vermelha,que estava no chão,provavelmente ela estava usando antes da masturbação,e limpou o líquido que sua buceta tinha expelido.Ela vestiu o robe e levou a calcinha para o cesto de roupa suja,que fica no banheiro.Quando eu a vi entrar no seu quarto e fechar a porta,eu fui ao banheiro e peguei a calcinha.Cheirei seu cheiro amargo e me punhetei.Foram 17 punhetas seguidas,um recorde.Batia uma punheta passava um tempo lembrava da cena e batia outra punheta.Batia punheta lambendo a calcinha,enrolando no meu pau,e de outras maneiras.Amanheci no chão do banheiro totalmente exausto.Fui para o meu quarto dormir.Minha mãe e eu acordamos tarde.Fui para a cozinha e ela já estava acordada fazendo o café.Para a minha surpresa,Sônia estava usando apenas uma calcinha de renda e um sutiã que seus grandes seios mal cabia.Antes que eu perguntasse,ela disse que não via problema em usar aquela roupa,pois só estava eu e ela em casa e disse que não tinha problema,já que eu sou seu filho e não haveria nada entre nós.A puta estava feliz e saltitante,dançava pela casa.A noite anterior tinha sido muito boa para ela,parecia que fazia tempo que não tinha um orgasmo.A puta em um momento de felicidade sentou no meu colo.Perguntou se eu queria café com leite.Eu disse que só queria o amor da minha mãe.Minha mãe falou que eu era bobinho,com um sorriso inocente.Eu coloquei a mão nas suas coxas.Pressionei seu corpo contras meu pau.Ela inocente disse para eu parar que estava machucando.Fiquei ofegante na cadeira,enquanto ela se levantou para pegar o café.A noite estava no sofá assistindo televisão,quando minha mãe pediu para eu dormir com ela,pois não gostava de dormir sozinha.Eu prontamente aceitei.Quando fui deitar,ela já estava dormindo.Sônia estava dormindo só de calcinha e sem sutiã,tal com na outra vez.Encostei o meu corpo no dela.O meu pau estava duro e eu o coloquei entre as nádegas de Sônia.Minha mão percorreu suas coxas.Minha mãe acordou e disse para eu me afastar,pois estava muito calor para dormir juntinho.Comecei a pensar que a minha mãe era burra,não tinha percebido nada.Ela falou que talvez não tinha sido uma boa idéia dormirmos juntos porque estava muito quente e seria melhor dormirmos sozinhos.Talvez ela não fosse tão burra assim e estava me dando o fora.Fui para o meu quarto frustrado.Na manhã seguinte ela já estava acordada fazendo o café.Estava como na noite anterior,usando a mesma calcinha e sem sutiã.Não agüentei e fui para cima da biscate.Comecei a beijar sua nua.Uma das minhas mãos segurou em um dos seus seios e a outra mão entrou na calcinha indo ao encontro da sua vulva.Sônia começou a gemer e disse ofegante que até que enfim eu tinha percebido que ela estava louca para dar para mim.Comecei a masturbá-la.Até que eu parei de masturbá-la,ela entrou em desespero e disse para eu continuar colocando a mão em cima da minha.Eu falei que enfiaria o meu cacete lá.Ela entrou em desespero de novo e disse que não,porque o meu pai poderia chegar a qualquer momento.Dito e feito.Minha mãe correu para vestir o robe.O velho sentou à mesa da sala de estar e tomou café conosco.Sônia sentou do meu lado.Meu pai sentou do outro lado da mesa.A puta começou a me masturbar por debaixo da mesa.O corno nem percebia.Ele se levantou e foi buscar ms café.Minha mãe se abaixou e deu uma lambida no meu pau.Meu pai voltou.Sônia continuou a me masturbar.Eu resolvi retribui a carícia,enfiei a mão dentro do robe dela.Ela tinha tirado a calcinha.Iniciei a masturbação na coroa.Ela deu um gemido e seu corpo estremeceu.Meu pai perguntou o que era.Minha mãe sem graça respondeu que não era nada.Estávamos metendo um par de chifres no otário e ele nem se dando conta.Sônia levantou para lavar os pratos e fui junto.Chegando na cozinha,eu comecei a chupar seu bocetão gostoso com a cabeça dentro do robe.Ela gemia baixinho.Disse para eu parar porque meu pai estava entrando na cozinha.Ele pôs uma xícara na pia e saiu.Sônia disse que agora ela chuparia o meu pau e eu ficaria de olho para ver se o meu pai estava por perto.Nosso com ela chupa bem um pau.O telefone tocou,meu pai foi atender.Minha mãe parou de chupar.O velho chegou na cozinha e disse que tinha que viajar de novo,porque seu sócio fez uma besteira e ficaria mais 1 dia fora.Logo que ele saiu não perdemos tempo.Coloquei a coroa gostosa na mesa tirei seu robe enfiei o meu pau na sua boceta e comecei a estocar.Meu rosto estava nos seus peitões.Minha mãe perdeu a sanidade começou a dizer<>Minha mãe gozou e desmaiou de prazer.O meu pau parecia uma mangueira jorrando porra.Acho que lavei a boceta inteira de porra.Ficamos esse dia inteiro trepando.No dia seguinte o meu pai voltou.De madrugada minhas mãe entrou no meu quarto em silêncio para não acordar o meu pai.Subiu no meu pau e começou a cavalgar.Foi muito bom.No dia seguinte ela me deu o cú.Usamos uma pomada própria para isso.Meu pau não teve dificuldade em entrar naquele cuzão.Hoje trepamos regularmente.Quando o meu pau fica embaçando,nós vamos ao motel.

Referência do Anúncio ID: CT-000023503

Não há Tags

10222 visualizações, 0 hoje

  

Uma Comentário para “MAMÃE BISCATONA.”

  1. Safada adorável.

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 87 Guests, 19 Bots