Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Meu primo

  • Publicado em: 5 de setembro de 2018 14:36
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Como prometi, volto hj, com um novo conto verdadeiro.
Férias do colégio, julho.
Meu pai me perguntou seu eu queria ir passar as férias com meu primo, numa cidade próxima a nossa, eu disse que sim, gostaria.
Como eu já disse nos meus dois contos anteriores, não existia malícia nenhuma , a idade nossa, 18 anos, os dois, éramos verdadeiros inocentes, falar sobre sexo, era tabu total, tanto na minha casa, quanto na dele.
Quando cheguei lá, peguei um táxi e fui recebido por minha tia e por meu primo, mesma idade que eu.
O dia transcorreu normal, fomos para a piscina, conversamos sobre vários assuntos, demos risadas, e quando chegou bem a tarde, fomos tomar banho, pois minha tia tinha feito um lanche.
Meu tio, era viajante, não estaria lá a semana inteira.
Então, entramos no banheiro, fechamos a porta e ligamos o chuveiro.
Quando eu tirei meu calção, meu primo tirou também, e lógico, um olhou para o pinto do outro…rs.
Ele tinha um pinto bem branco, veias azuis saltadas e cabeça coberta por pele e de uns 4 dedos de tamanho. O meu era um pouco menor, branquinho também e cabeça coberta por pele. Então, ele curiosos, me perguntou:
Marcelo, essa semana, no colégio, meu amigo me perguntou se eu batia muita punheta e quando eu respondi que sim, ele tirou o maior sarro de mim, e chamando de punheteiro, quase brigamos. Vc é meu primo, confio em vc, vc bate muita punheta, é normal isso?
Eu disse, Pedro, é normal nós batermos punheta, acho que ele te zoou de graça, nada a ver.
Ele olhou pra mim e deu um sorriso, aí começamos a jogar água um no outro e entramos no chuveiro.
Vez em quando eu reparei que meu primo dava sempre um jeitinho de encostar a cabeça do pinto dele ou na minha coxa, ou na minha bunda, fingindo que a espuma tinha entrado nos olhos dele e que não tava enxergando nada. Eu fiquei na minha, como se não tivesse percebido nada, mas consegui, não sei como, me controlar e não fiquei de pinto duro, ele também não.
A noite chegou, fomos ver tv e logo minha tia disse, bom, vamos dormir, que amanhã eu sei que vcs vão querer acordar cedo para ficar na piscina.
E fomos deitar.
No quarto do Pedro, tinha duas camas de solteiro, uma ao lado da outra, que minha tia tinha arrumado para eu poder dormir.
Deitamos, ele trancou a porta, escutamos em seguida minha tia fechar a porta do quarto dela também. Então, o Pedro puxou conversa comigo.
Marcelo, lembra o que eu te perguntei sobre bater punheta hj? Eu disse sim. E o Pedro, vc já bateu punheta com mais alguém junto? E eu, não. E o Pedro, vamos bater uma?
E eu disse, não tem perigo da sua mãe pegar a gente? E o Pedro, não, ela toma remédios pra dormir todo dia.
Aí, ele acendeu o abajur e se sentou na cama, com a costas no travesseiro, eu fiz o mesmo, ficamos um do lado do outro.
Ele tirou a cueca e eu também, ficamos olhando um no outro. Os dois pinos já estavam duros.
Ele tinha o pinto um pouco maior, duro agora, dava uns 8 dedos, o meu tinha 6 dedos.
Começamos a bater punheta e reparei que o Pedro, sempre disfarçando, dava um jeitinho de chegar mais perto.
Ele era magro e eu gordinho. Eu tinha pernas bem grossas e uma bunda bem redonda e arrebitada.
Depois de uns 5 minutos, já estávamos os dois com o tesão a mil por hora, e ele encostou em mim. De repente, ele parou de bater punheta. E eu perguntei, ué, já parou? E o Pedro, não sei se de malandragem ou não, disse que seu braço tinha se cansado. O Pinto dele até pulava de tão duro e de tanta tesão. Eu falei para ele. O meu braço não cansa não. Aí o Pedro me disse: Marcelo, bate um pouco pra mim, meu braço cansou mesmo, tá até doendo e eu estou com muita tesão. É um segredo que fica entre nós dois.
Eu fiquei com dó e meio sem jeito, peguei no pinto dele. Eu já tinha feito outros trocas trocas, mas nunca tinha batido pra ninguém.
O Pinto dele até brilhava de tão duro. Então, peguei e comecei a bater uma punheta pra ele.
Meu primo até se contorcia de tesão e eu aumentava o movimento de sobe e desce aos poucos. E então ,ele me disse: Marcelo, vc já fez troca troca com alguém? E eu disse que sim.
E o Pedro disse, vamos fazer? Eu nunca fiz com ninguém, só vi em filmes pornôs.
Eu disse, então vamos. Aí, eu falei assim pra ele: Pedro, vira de lado que eu vou encoxar vc , depois é a sua vez.
Nem bem eu encostei meu pinto na porta do cuzinho dele e ele me disse que era ruim, que não estava gostando. E se virou pra mim e disse, posso experimentar em vc? Eu falei, pode Pedro.
Eu me virei na cama e me deitei de bruços, e disse pra ele. Vou abrir minha bunda e vc coloca seu pinto no meu cuzinho certo?
Ele e eu já soltávamos aquele lubrificante, o pinto dele estava todo molhado.
Então, abri minha bunda, meu cuzinho piscava de vontade, meu primo veio e colocou a cabecinha molhada bem no meio do meu cuzinho, aquilo me arrepiou inteiro, mas ele não percebeu. Aí, ele me perguntou o que ele fazia agora. Eu disse, deita em cima de mim e fica fazendo movimento pra cima e pra baixo.
Então, o Pedro se deitou em cima de mim. Senti seu pinto bem na entrada de meu cuzinho e suas bolas que encostavam na minha bunda.
Duas estocadas e o pinto dele escorregou pra dentro de mim, ele até se surpreendeu e perguntou se eu queria que ele parasse e eu disse não Pedro, continua mais rápido.
Notei que o pinto dele ficou mais duro e ele começou a meter sem d´, enfiando e tirando tudo várias vezes.
Depois de uns 20 minutos, ele gozou dentro de mim e eu no lençol. Ele disse, nossa Marcelo, que gostoso. Vc gostou também?
E eu disse que tinha gostado.
Ele ainda estava dentro de mim e me perguntou se podia mexer de novo, eu disse que sim.
E ele começou a meter em mim outra vez, dessa vez, bem mais fundo e mais rápido.
Ele estava com muita tesão, então começou a falar: Marcelo, que bunda gostosa que vc tem, que cuzinho delicioso. Aí, que tesão te comer…e gozou de novo e eu também.
No resto das férias, ele me comia pelo menos 3 vezes a noite, todos os dias.
Foi muito bom e é tudo verdadeiro.
Saudades daquele tempo.

Referência do Anúncio ID: 4205b9013f08dd1e

Não há Tags

5699 visualizações, 0 hoje

  

4 Comentários para “Meu primo”

  1. Quero um primo como vc bundudo e gostoso.

    • São todos verdadeiros…hj sou casado, já faz muito tempo que eu não faço nada con h e vc? Se fosse naquela época, gostaria de ser seu primo ou amigo sim…

  2. cara… minha estoria de vida é bem parecida com a tua. vcs nunca mais continuaram?

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: PRamos
  • Membro desde: 28 de agosto de 2008

Contos publicados por PRamos

Últimos itens anúnciados por PRamos »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 60 Guests, 25 Bots