Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Meu segundo travestí

  • Publicado em: 9 de março de 2009 22:32
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Depois da minha primeira experiência com um travesti, acho mesmo que sem o desejo que começava a crescer acabaria acontecendo uma segunda vez, pois o prazer e as sensações de prazer com o inusitado ficaram martelando minha cabeça.

Estava voltando do trabalho, quando vi um carro parado com uma bela morena ao lado, olhando para o pneu furado, me prontifiquei a ajudá-la, sem segundas intenções no momento, ao término como agradecimento me ofereceu uma carona, aceitei de pronto e fomos em frente, ela começou uma conversa agradável e perguntou se eu não aceitaria tomar alguma coisa gelada pois estava muito quente ela morava perto e teria o maior prazer já que seria uma forma de agradecer a gentileza. E assim lá fomos nós, minha cabeça já fervendo pois estava ao lado de uma mulher belíssima e que usava um perfume delicioso, e até esse momento não tinha percebido se tratar de uma travestí pois tinha uma voz muito feminina, mãos delicadas, pés pequenos e delicados, cabelos negros longos e brilhantes e um corpo maravilhoso.

Lá chegando, me vi em um apartamento muito bem decorado, ela nos serviu uma cerveja geladíssima, e pediu para que aguardasse pois ia trocar a roupa que já estava um pouco suada. Voltou pouco depois,

com os cabelos molhados pois tinha tomado um banho rápido, vestida com um top de seda e um shortinho de lycra onde se podia perceber que não usava nem calcinha nem soutien. Colocou uma musica suave para nos embalar, com aquela bunda maravilhosa virada para mim, e sentou-se ao meu lado. Começou a se insinuar e disse que queria me agradecer de uma forma muito especial, se eu aceitaria, mas teria que confiar nela pois me faria uma surpresa muito agradável. Como já estava ali, embalado pelas cervejas geladas, como não se arriscar a confiar numa bela mulher com um perfume delicioso, logo aceitei e ela pediu para me colocar uma venda nos olhos para que a surpresa fosse maior.

Colocou as vendas e disse que me guiaria dali em diante. Pegou-me pelos braços e começou a me conduzir pela casa, quando entramos em um local ( mais tarde vi que era o quarto) pediu que eu parasse e me abraçou com suavidade e me deu beijo e disse “agora começam as surpresas” e com

cuidado tirou minha camisa e começou a me beijar e foi descendo até chegar à cintura quando soltou o cinto e baixou minhas calças e cuecas, me colocou deitado de costas na cama, tirou meus sapatos e acabou de retirar as calças e cuecas e me virou de bruços.

Começou então a me beijar as costas e a me massagear as costas com seu corpo, quando então percebí que já tinha retirado o top, que seios deliciosos passeando por toda a minha costa. E assim permaneceu por um tempo que pareceu uma eternidade, pedi para virar ela disse que ainda não era hora, e continuou a me massagear e foi me beijando as costas até chegar no rego da bunda, quando sua lingua atrevida e sábia começou a procurar meu cuzinho. Já estava com um tesão louco e disse que se não

parasse eu gozaria logo, ela disse “pode gozar pois será só a primeira vez”. Sua lingua continuou passeando pelo meu cuzinho, que já estava todo babado, pediu então que eu me virasse e começou a se esfregar por todo o meu corpo, me deu um beijo que quase perdi o folego, chupou meus peitos, umbigo e por fim meu cacete que já não se aguentava, disse que ia gozar e ela continuou chupando quando comecei a gozar ela que passava de leve seus dedos em meu cu, logo enfiou um e começou a massagear minha próstata, foi um gozo fenomenal.

Ela perguntou se eu queria parar por ali ou ir em frente pois a surpresa maior seria revelada agora. Como estava tudo muito delicioso disse que queria continuar, ela então pediu que eu tirasse as vendas e o que vi foi uma linda morena com seios durinhos e maravilhosos, ainda vestida com o shortinho de lycra. Surpreso perguntei “que surpresa é essa?” Ela então disse “sou travesti” e tirou o shortinho, revelando sua pica já dura e com considerável tamanho e perguntou “ainda quer continuar?” ai a lembrança do primeiro programa acordou e eu a abracei, ela com sorriso largo me beijou e disse “ainda bem, pois gostei muito de voce, e quero lhe dar muito mais prazer.” Foi o quanto bastou começamos a nos beijar, esfregar um no outro, quando vi estava com aquela pica majestosa na minha frente e ela chupando a minha, deixei os escrupulos de lado e comecei a chupar também. Ela enfiava um dedo no meu cu, eu fazia a mesma coisa e enfiava um dedo no cuzinho dela, e assim passamos um bom tempoaté que já estava a ponto de gozar novamente, daí ela disse “agora aqui dentro” e se colocou de quatro, com certa dificuldade meti naquele rabinho delicioso e após poucas estocadas gozei fundo e ela me apertava o pau como se fosse come-lo com o cú.

Quando tirei de dentro dela ela veio por cima de mim e continou a me beijar na boca, no pescoço, no peito e com jeitinho acabou me colocando na posição de frango assado e só perguntou “posso?” não disse nada, ela pegou um creme lubrificante e passou no pau e pouco depois ele com carinho foi penetrando aos poucos, sempre dando umas paradinhas para eu me acostumar. Seus movimentos eram delicados e ao mesmo tempo firmes, quando dei por mim estava tudo lá dentro e seu saco batendo em minha bunda. E assim foi que, com muito prazer dei o cu pela segunda vez, depois de gozar se abraçou a mim e ficamos deitados por um bom tempo. Antes de sair ela ainda fez questão de me dar um banho, quando tentou me dar outra chupada, mas já não tinha mais fogo para aquele dia.

Acabamos nos tornando grandes amigos, até que se mudou para outra cidade.

Referência do Anúncio ID: CT-000044893

Não há Tags

7951 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 42 Guests, 7 Bots