Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Minha amiga virtual Gabriela era real

  • Publicado em: 23 de novembro de 2017 09:19
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Minha amiga virtual Gabriela era real

Meu nome é Paulo, tenho 32 anos hoje, 90 kg, 1,72, pele branca, cabelos pretos, faz quase 7 anos que eu tenho uma amiga virtual , hoje ela tem 18 anos, 1,50 altura, 50 kg, pele branca, cabelos castanhos escuros, não tem pelos no corpo porque tem descendência de índio na família, tem seios médios, pernas torneadas, bundinha firme branquinha e redonda média, além de tudo isso tem um rosto lindo com ou sem maquiagem sempre anda bem vestida arruada com shorts e vestido de verão.
Quando a conheci na sala de bate papo ela se dizia uma garota que era vigiada por sua mãe o tempo todo que todos os amigos dela e familiares achavam que era uma santa e ingênua, mas na verdade ela vivia pensando em sexo o tempo todo, e sempre vinha em chatas assim para poder se soltar e falar a verdade sobre ela, eu achei que era uma mulher com o fetiche de ser uma garota novinha, ainda mais quando falou que gostava de se por em situações que sempre acabava se aproveitando dela sem saber que ela estava se dando de conta de tudo.
Gostei dos assuntos e acabamos ficando amigos virtuais, sempre me contava às histórias que ela dizia acontecer com ela e eu mesmo dei a ideia que ela publicasse, mas ela pediu que eu publicasse pra ela, ela sempre mandava fotos, mas foto que poderiam ser retiradas de paginas de facebook embora às vezes mandava fotos que nenhuma garota colocaria em murais de facebook. mas eu achava que era Fake e dei conversa pois se fosse uma mulher eu estaria no lucro gostava doas conversas o nível de taradesa dela era infinito por assim dizer.
Até hoje ela se apresenta como virgem na frente porque a mãe dela leva ela no médico todos meses e esfrega a virgindade da filia como troféu na casa da família e vizinhos, então nas palavras dela ela teve que achar outras formas de ter prazer, como sexo oral e anal, dizia ter lubrificação anal e que fazias loucuras no sexo como colocar toda a pika do cara na boca e ainda lamber as bolas por baixo, pra mim ela era o sonho de qualquer homem pois quando está namorando chegava a fazer 5 anal com seu namorado no período de 24 horas, mesmo que as vezes quando o namorado dela a via só a virava e enfiava a pika na bundinha dela e dava 5 ou 6 estocas e gozava dentro do cuzinho dela, só o fato dela ser tradada assim ela molhava o cuzinho antes mesmo de ser penetrada me deixava maluco.
6 anos se passaram e eu não sabia realmente se era ou não uma fake, apenas estava aproveitando o lado bem da conversa,comecei a dizer que queria conhecer ela, ela dizia que não que gostava assim,mas muito insisti que ela aceitou, mas teria que ser um jogo que ela vinha pensando desde o dia que eu disse que queria conhecer, e como ela gostava de joguinho , ela faria o seguinte

Teria uma gincana na cidade ela, seria sexta, sábado e final domingo, ela disse que era da parte de fiscalização, disse que eu teria que ir pra cidade dela e ser voluntário e que teria que dar um jeito de puxar conversa com ela, MAS que hipótese alguma eu agiria como se conhecesse ela, que se caso eu agisse como se já a conhecesse ela daria uma de desentendida que eu me bloquearia e eu nunca saberia se é ela ou não, que teria que puxar conversa e se ela gostasse ela iria deixar eu ganhar terreno, eu aceitei na hora, mesmo achando que era mentira dela, eu iria e se caso uma garota feia qualquer me abordasse eu me faria de desentendido e eu negaria que era eu, e se caso fosse algum parente ou amiga da garota que tivesse orquestrando tudo eu estaria apenas conversando ou tentando conversar com uma bela garota.

Fui até a cidade dela e realmente tinha a gincana era um bom sinal, fui até a organização e perguntei se queriam voluntários, os organizadores aceitaram de bom grado e me colocaram a camiseta de ajudante e fiquei ali, toda hora meu coração parava quando via uma garota parecida com ela, passou quase duas horas até que vi uma barraca de copos d’água, e ela estava tomando água, meu coração parou, ela era igual a da foto, realmente a garota da foto era real pelo menos, fui em direção a ela, fiquei perto e disse Gabriela…
Ela me falou: Te conheço?
Dei-me de conta da condição, e disse não conheço, ouvi a dona de a barraca dizer teu nome, quero uma água, ela disse que podia pegar ela por pessoal da corrida, perguntou onde eu estava, disse que não estava designado pra nada disse que era de outra cidade que tava de férias e vim pra relaxar e resolvi participar, ela disse que ótimo , fica comigo aqui então preciso sempre deixar essa barraca de água sempre cheia porque o pessoal da corrida vai passar aqui o dia todo são 4 baterias, e assim fiquei com ela, em momento algum ela representou ser a menina do Chat, mas me deliciei em poder ver de perto cada curva daquele corpo, que menina linda e deliciosa, uma baixinha filezinho, ficamos o dia todo assim até as 20h tudo terminou devolvemos os copos d’água e fomos embora, na hora de ir ela foi para a parada de ônibus, eu perguntei onde ela ia ela disse pra casa eu ofereci carona, e fui levando ela como na maior naturalidade, perguntei onde era um bom lugar para jantar, ela me explicou sem sucesso, mas disse que ia sair de noite pra lanchar que poderíamos nos encontra no centro, eu me ofereci pra pegar ela na casa dela, ela aceitou , marcamos as 22h.
Fui para o Hotel , quando entrei no Skype ela já estava Online e me perguntou se eu tinha ficado de pika duro o dia todo, eu disse que sim que ela era linda, e por mais que eu tentava levar o assunto pra um lado onde ela pudesse confirmar se era ela , tipo o capo d’água com gás que peguei trocado, tipo algo que só eu e ela tivesse ali pra ver, ela dizia que estava apercebendo que eu estava querendo fazer que e que não precisava fazer isso, que era ela mesma e que eu estava indo bem, mas se na hora que estivesse com ela, se eu fizesse algo parecido ela sairia na hora,eu nunca iria arriscar, disse que ia me arrumar e perguntei como ela estaria vestida ela escreveu que provavelmente um Shorts, não tinha certeza se era ela mesmo ou não , deixei rolar.
As 22h fui buscar ela, a mãe dela estava na frente , na hora que cheguei ela estava de short, e disse pra mãe dela que eu era responsável pela equipe dela, quando ela entrou no carro, eu dei risada, por causa do shorts, ela olhou e perguntou se eu estava legal, se eu tinha bebido porque tava rindo sozinho, se eu tivesse bebido era iria de ônibus pro centro, eu disse que não que tava rindo por eu ser responsável por equipe, ela riu e disse tudo bem, falou que a mãe dela era neurótica e se ela fosse contar eu não acreditaria.
Saímos e acabamos comendo um lanche, perguntei o que ela achava de um cara mais velho, ela dizia que não achava nada que eu era um cara bonito e perguntou porque a pergunta, eu disse que nada , e ficou nisso, eu dava em cima dela com certa confiança e ela agia normalmente, final da noite ela me passou o Whatsapp e disse que ia ficar coma as amigas, fui pro hotel e bati a melhor punheta da minha vida, fiquei conversando em tempos espaçados com ela pelo Whatsapp, até que ela foi pra casa no hora que ela disse que tava em casa ela entrou no skype , ficamos com versando nas duas plataformas como se fossemos duas pessoas diferentes, isso tava me excitando, mas eu estava acreditando que era ela realmente. No Whatsapp ela conversou coisa normal e deu boa noite a terminamos a conversa, no skype, ela me chamou de gostoso que tava louca pra chupar minha pika e que eu fui muito devagar que no sábado teria que ser mais decidido.
No sábado estávamos no mesmo local as 07:00h ficamos toda a manhã pra cima e pra baixo , ela usada uma camiseta da Gincana e uma calça legue preta , eu podia ver as curvinhas do corpo dela, no almoço ela almoçou na organização , eu fiquei por ali conversando com outras pessoas, ela veio e me trouxe um convite pra um desfile que teria de noite para a princesa da gincana e de uma festa de encerramento no domingo, eu disse que só iria se ela fosse, ela disse que era lógico que eu e ela estávamos amarrados até o fim dessa gincana, durante a tarde , eu dei em cima dela e ela não recusou minhas investida, de tardezinha eu beijei ela, que boca quente que beijo , que vontade de sexo que ela me passava, fiquei louco e quase gosei nas minhas bermudas que eu estava usando, ela ainda disse que era pra eu ter calma, de noite eu nem entrei no skype tomei banho coloquei uma roupa e fui pegar ela em casa para irmos no desfile, quando fui pegar ela estava com um cabelo bem liso e um vestido azul até meio das coxas e os seios com um decote, eu perguntei se ela iria trabalhar na festa ela disse que não , antes de ir na festa fomos em um restaurante e comemos algo, como não íamos trabalhar na festa poderíamos ir mais tarde era 22h e estávamos dando uma volta , descemos na praia da cidade dela, e começamos a dar um amasso no carro, puxei ela pra cima de mim e ela disse pra ter calma e disse que eu não ia acreditar mas ela era virgem, eu cai na bobagem de dizer que já sabia, ela me olhou com a testa enferrusgada e perguntou como assim, eu remendei dizendo que um anjo lindo como ela só poderia ser virgem, ela disse que ia se manter assim que por mais que eu tentasse, não ia rolar de perder a virgindade, eu dei risada e disse que tudo bem era só deixar rolar, começamos o amasso , e ficamos, em um amasso gostoso, colocou minha mão meus dedos na bucetinha dela e senti que era lisinha, ela com a mão na minha pika, que delicia passei a mão no cuzinho dela e estava muito molhado Mesmo, que delicia realmente molhava a bundinha como tinha falado nos contos e no skype
Ficamos nisso até que ela disse pra parar antes que ela perdesse o controle, eu estava quase gozando na mão dela, saímos dali ela pegou uma cremesinho na bolsa dela e passou na mão pra tirar o cheiro de pika. Na festa começamos a beber, e ela me apresentava pras amigas como um amigo de outra cidade, no meio da festa estava de amasso atrás das caixas de som, ela disse que era pra eu levar ela dali, eu dei risada e perguntei se ela tinha perdido o controle, ela deu risada, peguei o carro e perguntei onde vamos, ela disse que não sabia, fui direto pra um motel, ela olhou e perguntou se eu era louco, na garagem ela veio e me beijou , aparentemente ela estava bêbada, mas não sabia se estava mesmo ou estava fazendo como nos contos, dentro do carro ela levou a mão na minha pika tirou pra fora, olhou no meu olho e falou que iria continuar virgem, eu disse tudo bem, falaria qualquer coisa vendo aquela coisa linda com minha pika na mão, ela me olhou e enterrou tudo na boca, não tenho uma pika enorme mas nunca uma mulher fez que ela fez, ela enterrou tudo na boca e ainda lambeu minhas bolas, bem como ela descrevia nos contos, eu gosei na 7 enterrada dela, ela guardou tudo na boca, entrou no quarto e cuspiu na pia, disse que não ia engolir pois não me conhecia, ela então mordeu os lábios, abriu uma latinha de refrigerante e deitou na cama tudo isso muito rápido eu estava nu, e chupando a bucetinha dela ela estava com calcinha que eu tirei e ela tirou o vestido, pude ver ela peladinha com um esmalte preto , que linda, sua buceta , seu cuzinho bem branquinho, e lisinha como ela sempre falou, chupei ela até ela gosar duas vezes, que delicia, fui chupar os seios dela e minha pika ficou na entrada da buceta ela disse sussurrando que esfregar pode, quando eu chupava um seio e outro ela com a mão na minha pika esfregava na buceta dela, e gosou uma vez tão forte que eu segui beijando e chupando os peitos dela, ela voltou a si, me olhou nos olhos e virou de bruços, eu entendi que ela queria, que visão lindo, eu peguei e coloquei um travesseiro por baixo dela, dei uma lambida por uns 15 minutos no cuzinho dela que se abria mais e mais em cada passada da minha língua, parei e esfreguei a pika na bucetinha dela e encostei no cuzinho dela, nem perguntei nada, fui empurrado em uma estocada lenta, ela disse que ela pra eu por uma camisinha, eu tirei e coloquei a camisinha, e voltei pra posição, encostei e achei que ia entrar difícil por causa da camisinha, mas entrou mais fácil, estava bem molhado, enterrei em uma estocada só e ela ficou rebolando, quando ela empurrou seu corpo conta o meu e comecei a socar a pika socar com vontade, quando eu disse que ia gosar ela de desvirou tirou minha camisinha, e chupou , eu estava maravilhado, ela guardou toda a porra, cuspiu no chão e seguiu chupando, quando eu achei que ia amolecer ela chupou minhas bolas e batia punheta pra mim, eu fiquei em pé na cama, a pika tomou vida, ela disse Poe sem camisinha mas não goza dentro, ela ficou de 4 mas com os peitos e o rosto na cama, eu enterrei a pika no cuzinho dela que parecia uma buceta de tão quente e úmido, eu socava com vontade batia na bunda dela, e pedia pra eu xingar ela, eu xinga a puxava pelos cabelos com força, tirava toda a pika do cuzinho dela e enfiava de novo sem precisar pegar com a mão, quando dei de conta ela tava com a mão por baixo dela segurando e massageando minhas bolas, que delicia, ela gosou e gritava que era ela um objeto, que isso , que era pra eu usar ela e urrava, quando eu falei que ia gosar, ela se virou tirou , chupou minha bolas e seguiu batendo e eu não toquei na minha pika, ela só que controlou tudo fez eu gosar no rosto dela, que linda, depois ainda chupou minha pika, saiu dali e disse que ia tomar um banho, foi para o chuveiro, fui atrás dela, ela veio e abriu o Box, entrei e tomamos um banho junto ,chupei ela no banheiro e vi que o cuzinho dela ta bem normal enfiei um dedo dentro dele e ela se virou de costas pra mim, mesmo com a agua do chuveiro o cuzinho dela ficou bem lubrificado, eu pensei em enfiar minha pika lá dentro, mas ela começou a gritar :
-Assim, assim, não para, mais rápido…
Continuei com meu dedo que já era dois, quando ela foi gosar ela mandou eu apertar ela conta a parede com força e levantar ela, eu fiz bem como ela mandou , ela ficou na ponta dos pesinhos gozando feito uma louca, claro que eu podia erguer ela do chão mas isso iria machucar com certeza o cuzinho dela, ficamos ali colados com meu dedo no cuzinho dela, ai ela do nada abriu a água gelada, e fechou a quente, sentir aquela água gelada escorrendo pelo corpo, foi muito bom ela se virou pra mim e me beijou, os seios dela estavam durinho por causa da água gelada.

Saímos do chuveiro nos secamos e deitamos na cama, comecei a chupar ela, que bucetinha linda e cheirosa, na verdade não tinha gosto e nem cheiro posso falar isso porque fiquei mais de meia hora chupando ela até que ela teve dois orgasmos juntos, falei que ela era Multiorgástica, adorei , me deitei de barriga pra cima do lado dela ela veio e me chupou até ficar bem duro, sentou em cima de mim de costas pra mim, enterrou minha pika no cuzinho dela, que delicia podia ver aquela bunda com marquinha de biquíni engolindo minha pika, quando ela estava muito alucinada ela disse pra bater na bunda dela , eu fiz, dei muitas palmadas, ela do nada girou e ficou de frente pra mim gemendo e sem tirar a pika de dentro da bundinha dela, ela me puxou pra perto dela começou a rebolar de um jeito que parecia que minha pika ia sair de dentro do cuzinho dela, quando ela tava quase gozando ela falou assim: – Puxa meu cabelo com força e chupa meu peito.
Fiz isso e essa garota gozou como uma louca, ela caiu por cima de mim e ficamos assim até minha pika amolecer, podem me chamar de fraco mas eu tinha gosado por 3 vezes , mas o importante que ela tinha gozado 8 vezes, fazia 6 horas que estávamos ali, ela se recuperou se ajoelhou no chão e me chamou eu sentei na quina da cama e ela seguiu chupando as bolas , ela estava com as duas dentro na boca e me masturbando, minha pika tava meio dura e não passou disso, até senti que ia gosar mas não gosei, ela chupou por uns 15 minutos, falou que minha bolas são boas de tamanho, nos vestimos e ela pediu que eu levasse ela pra casa, disse que estava com fome e que não tinha nada aberto na cidade aquela hora, deixei ela em casa com direito a um amasso gostoso dentro do carro, mas foi só beijos mesmo. Fui pro hotel, no domingo eram 10h e fui buscar ela, fomos pra finaleira da gincana, em certo momento tentei abraçar ela, e ela disse que não seria legal pois eu estaria indo embora da cidade hoje, e sabia que eu não voltaria, naquele momento nem me importava se os contos eram reais ou não, e nem me importava de que ela possa ser uma garota que fez todas aquelas aventuras sexuais comigo , um estranho que conheceu no dia anterior, eu estava disposto a casar com aquela Deusa do sexo, que sexo, nunca nem uma garota de programa fez o que ela fez comigo, nossa, ela era uma verdadeira máquina, eu disse tudo bem, ficamos todo dia envolvido, a gincana terminou as 16 horas e a festa de encerramento foi as 20h porque os participantes teriam que ir embora pra suas cidades, fomos na festa de encerramento mas ficamos como se fossemos ficantes de beijinhos e nada mais, na hora que levei ela pra casa eu disse que eu poderia vir morar aqui, só dependia dela, ela disse que poderíamos seguir conversando pelo Whatsapp que deveríamos ir com calma, que eu tinha 32 e ela 18, disse que teríamos que nos conhecer primeiro, pois ela tinha as manias e as loucuras de uma adolescente e que eu com certeza devo ter as manias de gente velha, e deu risada, nos despedimos sem nada de aventura sexual, perguntei se ela queria ir pra um lugar mais reservado, ela disse que não que estava cansada porque o final de semana foi agitado.
Dei tchau pra ela e fui embora, ela só respondeu meus bom dia e como esta pelo Whatsapp, só foi entra no skype na terça feira, conversamos coisas que só eu e ela sabia sobre sexo que fizemos, que ela foi a loucura, que ela pode fazer um sexo bem como ela gostava e tal , que adorou quando chupei, mesmo com ela conversando comigo com tantas riqueza de detalhes, eu ainda não sei se ela é a mesma garota que conversa comigo ou se é alguma amiga que ela confessa tudo que faz e diz o que gosta e essa terceira pessoa orquestrou tudo, mas o fato que não faz diferença, eu penso nela como se fosse duas pessoas diferentes até porque pra mim não faz diferença, eu fui a uma cidade e conheci uma garota linda , gostosinha de verdade e que adora sexo e sabe fazer ele sem pudor e com vontade.

Agora o que vocês acham, será que é a mesma garota, ou é uma pessoa que sabe tudo sobre ela e fica orquestrando isso? Ela mesma pediu que eu escrevesse um conto tudo que eu vivi com ela sem falar cidade e nem detalhes, quando ela leu ela disse que gosta do fato de eu ter essa duvida que isso que deixa ela mais excitada ainda.

Comenta ai.

Referência do Anúncio ID: 3959de007382eb9

      

143 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 185 Guests, 23 Bots