Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Minha cunhada me enlouquece III

  • Publicado em: 19 de junho de 2017 19:05
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Antes de começar quero constatar que sou autor do I e II conto desta série porém o II foi creditado para outro autor, realmente não sei como isso aconteceu mas aconteceu e ficaria muito feliz se este errado fosse corrigido. Enfim vamos ao conto porém quem não leu os outros o façam para melhor entender este…
Era segunda, nova semana que começava mas as rotinas e dificuldades eram as mesmas ou até maiores, moro na grande são Paulo e trabalho no centro da capital, quem mora aqui sabe o sufoco do trânsito então vai entender se eu disser que ia trabalhar de carro, porém meu carro estava na oficina e meu trajeto para o trabalho era de trem e metrô faziam já 4 dias, tráfego esse recompensado pela companhia da minha cunhada que também trabalha pelas bandas do centro, o trajeto era de 50 minutos a uma hora vê dez, no meio de uma multidão abarrotada dentro do trem. Eu me levanto e me arrumo e aguardo por minha cunhada como nós outros dias, o calor era intenso então optei por roupas leves e fina mas o calor dá minha cunhada parecia muito maior, usava um vestidinho preto curto deixando suas coxas de fora e o salto a o salto que eu tinha lhe dado de presente, eu quis comer ela mas ela exitou dizendo que realizou meu desejo é hoje era minha vez de realizar o dela, questionei o que era e ela sem exitar disse que era fazer com que todos no trem a desejassem,eu respondi que isso já acontecia mas ela disse que não da forma que ela gostaria perguntei qual será essa forma e ela falou de um modo que ela insinuações sexo com alguém deixando os caras loukos.
Saímos para nossa jornada e embarcamos na estação, a estação que subimos ainda vinha com o trem um pouco vazio porém sem lugares para sentar achei um local para me encostar me apoiei na parede do trem se é que dá pra dizer que trem tem parede e logo veio ela se encostando de costas pra mim, irresistível a peguei pela cintura e ela rebolava no meu pau conforme o balanço do trem, nesse momento eu já notava dois caras a desejando meu pau já melava minha cueca e cada vez mais ela apertava a nunca contra minha rola parecia pedir pra eu enfiar nela eu deslizava as mãos em sua cintura até suas coxas a próxima estação chegou e mais pessoas entram e se aproxima, um casal de namorados e outros dois caras param em nossa frente o trem volta a andar e ela se vira de frente buscando minha boca pra bjar, enquanto ela fazia isso inclinava o corpo para alcançar minha boca e seu vestidinho subia mostrando parte de sua bunda os caras delirava, o casal olhava constrangido e eu sem tá aí com nada descia minhas mãos e subi por baixo do vestido, ela voltou a ficar de costas pra mim e olhava os caras com uma carinha tão safada que tenho certeza que gozaram, derrepente eu sinto sua mão entrando em minha calça e apertando meu pau as estações iam passando e cada vez mais o tesão aumentava por mim eu diria ela ali msm mas era impossível, logo nossa estação chegou e descemos ela disse que ia matar serviço pra ficar o dia comigo e não quis nem saber neh, fomos para um motel próximo e…. Fica para o próximo conto.

Referência do Anúncio ID: 4885947eedb69949

Não há Tags

1720 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 66 Guests, 10 Bots