Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Minha Irmã separada IV

  • Publicado em: 10 de junho de 2018 21:46
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Fiquei sem ação e pensando será que foi às encostadas da dança ou ela estava acordada na hora que eu gozei nela ou ela percebeu o esperma, que perturbação não sabia como reagi fiquei na maior vergonha até que sai um pouco e fui para meu quarto ela depois apareceu na porta e disse

– eu não estou conseguindo passagem de volta pra hoje vou à rodoviária talvez lá eu encontre passagem para hoje ainda é que amanhã a Cléa tem aula

– ta que hora você que ir ou então liga pra lá para confirma o horário

ela conseguiu ligar e só tinha passagens para 22:00h e eu sugeri que ela fosse na segunda feira pela manha as 08:00h saia um ônibus, ela aceitou a proposta e disse então vamos curti o dia mas cuidado para não se exceder novamente hoje à noite kkkk. Eu já estava encabulado e pensativo quando ela volta uns minutos depois e diz

– Bruno olha a prova aqui de seu excesso de excitação

e entra com uma calcinha vermelha na mão com a parte da frente dura ressecada de meu esperma

– que o que é do Carmo

– pensa que eu tava morta foi vi você ontem à noite abusando de mim kkkk só deixei porque eu estou numa pedra da porra

daí ela levou a calcinha ao nariz e cheirou dizendo nem tem mas cheiro eu já cheirei tudo e sentou ao meu lado e disse coloca mais aqui me estendendo a calcinha, como eu não sou de ferro fiquei logo armado de pau duro ela percebeu e meteu as mãos e começou a me punheta e mamar eu a deitei na cama e a beijei chupei seus peitos e desci ate sua bucetinha que suguei bastante e perguntei

– do Carmo cadê a Cléa

– relaxa ela esta dormindo

– cuidado é melhor ir verificar

– esquenta não

daí eu a coloquei de quatro e enfiei com força ela gemia e pedia para eu foder transei com ela bastante comi a de varias posições e quando tentei enfia no cusinho dela ela disse que não tinha costume e que deixasse para outra vez. E ela terminou me chupando e quando eu estava para gozar ela dizia goza aqui na minha boquinha maninho safado goza eu quero tua porra na minha boca vai goza e gozei na boca dela pena que nesse momento minha esperma foi bem pouquinha, mas ainda fiquei armado e ela sentou no meu colo e cavalgou me chamando de safado e implorando para que eu a foder. A Cléa acordou e fez um lanche e começamos a conversar ela levou logo um carão da mãe por ter bebido, mas no geral a manha e inicio da tarde correu bem umas três horas almoçamos e eu disse que queria dormir do Carmo falou então dá teu carro para eu ir comprar as passagens lá na rodoviária ta pode ir ela adulou para a Cléa ir com ela mas foi em vão ela disse esta com preguiça e queria apenas descansar. Eu falei a noitinha quando tu chegar levo vocês para um passeio agora preciso relaxar, assim foi feito do Carmo pegou o carro e foi a rodoviária assim que a mãe saiu Cléa correu para o meu quarto e disse, nossa, tio eu já não agüentava mas quero que você faça aquilo novamente comigo ela de sainha só fez levantar e já estava sem calcinha comecei a bater uma punheta rápido por sobre a bermuda e ela já veio sentar no meu colo de pernas abertas e começou a esfregar-se e beijamo-nos como se fosse dois apaixonados subi a saia dela e comecei a chupar sua bucetinha e ela chamar ai titio ai titio chupar vai chupar delicia eu gosto disso chupa titio e eu comecei a dedilhar seu clitóris e ela a se contorce até que ela gozou e eu já não tinha mas nada para gozar só a sensação de prazer comecei a força a entradinha da buceta dela e ela ajudando até que consegui colocar uma falange e meia do dedo indicador e ao mesmo tempo mamava os peitos dela daí ela disse tio eu quero que você me coma igual tu comeu mainha hoje de manhã eu vi tudo e se posicionou de quatro nossa que medo o perigo estava à solta eu posicionei meu pênis em sua bucetinha e forcei e ela deu um gritinho e pulou para frente dizendo que doía muito daí eu disse é vai doer você vai querer continua ela se levantou e sentou no meu colo e ficou brincando sozinha e num ato inesperado colocou o meu pênis na entrada de sua buceta e sentou recebi uma super unhada nas costas então ela saiu correndo e de brinde fiquei com o pau melado de sangue. Algum tempo depois ela voltou dizendo que estava tudo ardendo e dolorida mas que depois queria continua só para me alivia coloquei o meu pau na boca dela e fodi como se fosse uma boceta até gozar daí fui para o meu quarto e esperei do Carmo chegar. Uma super farra esse fim de semana gozei feito um doido, duas mulheres gostosas me proporcionou prazer ao extremo.

Referência do Anúncio ID: 7295b1dc6599f4ae

Não há Tags

22141 visualizações, 0 hoje

  

2 Comentários para “Minha Irmã separada IV”

  1. que teso delicioso…

  2. Muito bem escrito, e excitante. Abraços ao autor
    netto39@yahoo.com

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 97 Guests, 30 Bots