Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Minhas Doces Férias.

  • Publicado em: 4 de agosto de 2017 06:16
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Olá, sou Michael Starr, e depois de muito tempo estou de volta aqui ao site para relatar mais das minhas aventuras, tenho 22 anos, sou de Taguatinga-DF, cabelos pretos, olhos esverdeados, pele morena. Tenho um corpo atlético, pois me cuido através de academia e prática de esportes. Atualmente, estou namorando desde junho, o que explica um pouco sobre minha ausência. Mas, nem por isso deixei de ter minhas aventuras e espero compartilhá-las mais ainda com vocês. Uma coisa que aprendi com o namoro é a importância da descrição, então espero o mesmo de vocês ao entrar em contato comigo se tiverem interesse é claro.
Bom, esse conto ocorreu no mês de julho enquanto curtia uma viagem de férias com minha família e um grupo de amigos, no qual fomos para uma cidade aqui perto no Goiás, na qual prefiro não dizer por motivos óbvios. Contarei como que me envolvi com Bianca, filha mais velha do casal de amigos que foi também na viagem, essa bela mulata, tem seus 25 anos de idade, tinha acabado de sair de um relacionamento conturbado e por isso decidiu viajar com a família para relaxar um pouco. Além disso, fisicamente, Bianca tinha seios médios, não era uma modelo como muitos dizem se relacionar por aqui, tinha uma bunda média mais empinada e um pouco acima do peso, o que sinceramente dava um ar ainda mais excitante para mim. Nessa viagem, ela foi acompanhada pelos pais, e sua irmã mais nova de 17 anos, que também era muito bonita, porém, namora, além deles grande parte da minha família foi nessa viagem, além de mais um casal de amigos, ficamos numa chácara na qual é de um de meus familiares, no qual deu pra abrigar todo mundo, sem maiores problemas.
Vamos então ao conto. Após uma viagem tranquila, sem maiores estresses, onde todos chegaram bem, foi então feita a divisão dos quartos, nenhum mistério até aí, cada família ficou com seu espaço como antes determinado. Como eu sempre tive uma espécie de queda e atração física por Bianca e também por mulatas, não conseguia parar de olhar para ela, sempre procurando admirar aquele corpo que por mim sempre foi objeto de desejo, desde o primeiro dia que nos conhecemos, mas talvez por respeito a amizade entre nossos pais, nunca tentei nada até aquele momento.
Com todos instalados, alguns foram na cidade passear e outros ficaram para curtir a piscina da chácara, bem ampla e pegar um solzinho também. Eu com a intenção de manter meu bronzeado e cor natural fui à piscina, vesti uma sunga e peguei todo o aparato para ir, quando avisto Bianca, já na parte da piscina com um biquíni fio dental, tomando sol, só de ver aquela cena, não consegui segurar a excitação e queria de qualquer forma arrumar um jeito de ficar a sós com aquela mulata até o fim da viagem.
Já com meu objetivo traçado, me instalei ao seu lado e comecei ali a pegar um solzinho como quem não quer nada. Aos poucos comecei a puxar assunto com ela, perguntando sobre assuntos corriqueiros como trabalho e tudo mais. O assunto foi evoluindo até que Bianca acabou sem querer me revelando o motivo da sua separação do seu antigo namorado, ou seja, ela me disse que pegou o mesmo traindo ela com uma amiga sua da faculdade e depois daquilo não teve como sustentar um namoro que segundo ela desde o começo já estava destinado ao fracasso. Papo vai e papo vem, fomos ficando mais íntimos, falando até de alguns assuntos relacionados a sexo, notei que apesar do que ocorreu Bianca mostrou-se ser uma pessoa bem decidida e que queria realmente esquecer aquilo, sorte a minha. Depois de tomar um sol, entramos na piscina onde ficamos fazendo certas brincadeiras, nas quais eu aproveitava para tirar aquela casquinha sem ela perceber e relembrando nossos tempos de criança.
Depois de um tempo, os demais membros que haviam saído chegaram, com isso eu fui de encontro com minha família e Bianca fez o mesmo, porém, por um breve momento tive a certeza que aquele não seria nossa única conversa e eu lutaria até conseguir o que eu queria. Fomos então todos jantar juntos, uma verdadeira bagunça, todos conversando alto, alguns bebendo e se divertindo, até que notei Bianca indo até a varanda, decidi segui-la para quem sabe continuar nosso papo animado de antes.
Ao perceber minha presença, Bianca sorriu e foi de encontro a mim, conversamos mais um pouco, eu sempre tentando mandar indiretas, tentando ao máximo fazer com ela cedesse à minha paquera, mas ela também demonstrava ser uma mulher difícil e que se realmente quisesse algo ela que iria me falar. Com o passar das horas, muitas pessoas decidiram ir dormir, eu meio que já pensando em fazer o mesmo, ia me retirar quando Bianca me surpreende e pergunta se eu queria passear pelo terreno com ela um pouco. Notando esse aumento inesperado das minhas chances, aceitei prontamente o convite, seguindo a mesma pelo caminho escuro daquela chácara enorme.
Nosso papo foi evoluindo à medida que nos distanciávamos dos outros membros presentes daquela viagem, mesmo assim aguardava ainda minha deixa para não perder uma oportunidade como aquela. Após um momento, decidi que era agora ou nunca, última chance que teria senão não encontraria mais coragem, então num ato rápido peguei a mesma pela cintura e dei um beijo de língua coberto de desejo e ferocidade, após tentar resistir por um tempo, acabou cedendo e me beijando com o mesmo desejo que eu expressava.
Não querendo perder aquela chance, comecei a beijar na altura do seu pescoço e massagear seu corpo lentamente, sentia Bianca entregue e completamente em transe como se por aquele momento tudo que fizéssemos ali seria nada mais do que um ato irracional e impensado. Deite a mesma sobre a grama, ainda em transe, beijava seu corpo e começava a despi-la, começando pegar seus seios firmes na minha mãe e a beijá-los, chupando e mexendo a língua nos seus mamilos já eriçados pela excitação, expressando todo meu desejo por aquela mulata, que já gemia mostrando que estava gostando do que estava acontecendo ali.
Meus beijos e carícias foram descendo cada vez mais, sempre demorando um tempo em cada parte do seu corpo, até que atingi a tão desejada buceta daquela mulata, ali na minha frente pronta para ser provada. Comecei então a movimentar minha língua lentamente sobre seu clitóris, curtindo o máximo que eu podia aquele momento, usando meus dedos também, enfiando em sua bucetinha, já com a intenção de prepara-la para o que viria a seguir. Bianca gemia cada vez mais alto, me xingando, mostrando todo seu lado devassa, me segurando pelos cabelos e me pressionando ainda mais pra dentro de sua bucetinha. Após um tempo naquele banho de língua, Bianca não resistiu e gritando e gemendo alto, gozou bem gostoso, enchendo minha boca com seus fluídos, gritando meu nome e sem pudor algum me elogiando por aquilo que tinha feito.
Me levantei rapidamente, me despindo das minhas roupas e já com meu membro meia bomba, deixei com que o mesmo ficasse ao alcance de Bianca que sem perder tempo, começou a bater uma pra mim bem devagar, massageando minhas bolas lentamente, curtindo aquele momento inesperado, mas muito prazeroso. Ela então começou a lamber a cabecinha do meu pau bem cuidadosa atenta a cada detalhe se mostrando uma verdadeira profissional no assunto, quem diria que a menina que eu conheci na infância toda meiga e tímida, se tornaria aquela devassa me pagando um boquete gostoso. Bianca começou a me chupar de maneira lenta e meticulosa, indo bem fundo até engasgar gostoso no meu pau. Enquanto isso eu segurava-lhe pelos cabelos e observava para ver se ninguém apareceria de surpresa. Comecei então a bombar gostoso na boca daquela mulata, segurando-a forte pelo cabelo e abusando da sua boquinha bem gostoso.
Após um tempo naquele boquete, Bianca então deitou na grama e abrindo as pernas, me pediu com desejo de uma mulher que antes eu não pensava existir, implorando para que eu metesse bem gostoso em sua bucetinha. Sem pensar muito sobre a situação, tirei a camisinha que sempre mantenho na carteira como uma espécie de seguro, e já me aprontei e me posicionei na entrada de sua bucetinha depilada e bem molhadinha. Enfiei meu pau de aproximadamente 18 cm na entrada de sua buceta, e comecei a me movimentar lentamente até que a mesma se acostumasse com o tamanho e largura do membro. Já acostumada com tudo aquilo, me movimentava em um vai e vem bem gostoso, fazendo com que Bianca já gemesse mais alto, pedindo mais e mais, agindo que nem uma putinha no cio. Eu metia com força, mamava e apertada aqueles seus peitos gostoso, segurava-lhe pelo pescoço e a cada momento procurava meter cada vez mais forte, até sentir minha parceira gozando bem gostoso e gritando como uma louca, esguichando bastante pra mim.
Após aquele momento único, senti que estava ficando tarde e alguém poderia desconfiar de nossa pequena “aventura”, então botei a mesma de quatro ali apoiada numa árvore que tinha ali perto, comecei então a mandar ver, metendo fundo naquela bucetinha gostoso, Bianca me xingava mas, ao mesmo tempo pedia que eu metesse mais forte e rápido. Atendendo ao seu pedido, dei meu máximo naquela bucetinha daquela mulata, dando tapas fortes naquela bunda gostosa, arrancando gemidos e gritos de prazer da minha parceira. Depois de um tempo naquele ritmo alucinado, percebi que não aguentaria mais e mandei Bianca se ajoelhar na minha frente, a mesma entendeu na hora e ofereceu seus peitos para receber toda minha porra. Retirei a camisinha rapidamente e jorrei todo aquele gozo que estava guardado nos peitos daquela mulata, que se deliciava com a situação e sorria com tudo aquilo, dizendo que se soubesse teria feito aquilo muito antes, o que acabei por concordar.
Após aquele sexo gostoso, nos arrumamos rapidamente e corremos para o conforto do quarto ao lado de nossas famílias, como se nada tivesse acontecido, por sorte ninguém desconfiou de nada ou viu aquela nossa “escapada”. Após aquela noite maravilhosa, conseguimos repetir aquilo mais uma noite antes que fosse inevitável nossa partida. Após a viagem, eu e Bianca, nos vimos por um tempo as escondidas, mas devido ao meu namoro que atrapalhava nossos encontros, decidimos que seria melhor dar um tempo na nossa relação secreta, com a promessa de um dia voltarmos e repetirmos aquilo tudo outra vez.
Obs: Os lugares e nomes aqui utilizados não são verdadeiros, com o intuito de preservar a identidade das pessoas envolvidas e da descrição necessária nesse tipo de relação. Porém, a história ocorreu exatamente como foi descrito.
Obrigado a todos pela leitura, peço que comentem sugestões ou críticas, sejam sinceros, mas também respeitosos, caso tenham interesse leiam meus outros contos como forma de me conhecerem melhor. Minhas informações de contato são as seguintes: e-mail = michaelstarr2017@gmail.com; kik = michaelstarr2017. Bjoos e Abraço a todos os leitores.

Referência do Anúncio ID: 632597f92d12f59c

382 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: Mr.Starr
  • Membro desde: 9 de abril de 2017

Contos publicados por Mr.Starr

Últimos itens anúnciados por Mr.Starr »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: jaquelinecesar, 258 Guests, 36 Bots