Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Minhas travessuras 03, by Kaká.

  • Publicado em: 13 de junho de 2004 19:38
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Oi, me chamo Karlena Lacerda, tenho 20 anos, sou Recifense e moro no Recife, sou noiva, tenho 1,62 de altura, 51 kg bem distribuidos, cabelos loiros e lisos que chegam ate meu bumbum que é grande, empinadinho e bem durinho, coxas grossas e roliças, seios durinhos com mamilos pontiagudos e rosadinhos,labios carnudos com uma boquinha pequena, olhos verdes, minha xaninha é totalmente depilada, sou branquinha porém mantenho sempre um bronze do verão pernambucano e que destaca a marquinha de biquine dos fios dentais que uso. Adoro provoar os homens, uso e abuso de roupas indecentes que mais me despem do que me vestem, malho todos os dias e no caminho até minha academia passo por edificios em construção, muitas vezes ouço cantadas obcenas que os peões de obra usam e falam de mim, minhas roupinhas de malhar são shortinhos de lycra ou coton que marcam minha xoxotinha e mostram a indescencia das minhas sempre minusculas tanguinhas, com tops que realçam meus belos seios, fico um escanda-lo, os homens todos enlouquecem, porém minha atenção é todas de homens rudes, pobres e de baixa renda, pois me endeusam, como eu devo ser tratada. Era uma sexta-feira, resolvi dar uma voltinha, minhas provas no colégio tinham acabado, nãohavia o que fazer, meus pais estavam em Salvador, sou filha única e não tenho primos ou primas que morem no Recife, vesti um vestidinho de alçinha, não uso sutian, só as vezes é dificil, o vestidinho era fininho, floridinho com tonalidade amarelinha, chegava até o meio das minhas coxas, soltinho, um vento forte e ele subia deixado minha tanguinha roxinha de fora, peguei uma kombi/lotação, hoje é proibida sua circulação no Grande Recife, eu nessa época tinha 17 anos, subi na Kombi, o cobrador me pos na frente junto do motorista, já noteiquesem pre que é mulher bonita eles põe ao lado do motorista, fiquei na janela, mais logo a kombi lotou e fiquei entre o motorista e um passagerio meio gordo, o que me fez ficar mais proxima do motorista, quem já andou de kombi na frente, sabe como é a marcha, acho que o inventor é tarado pois os motoristas se aproveitam mesmo, a kombi seguia viagem, minha perna estava proxima do motorista, meuvestidinho que era curto subiu, revelando minha coxa com pelinhos loirinhos, bronzeada e macia, para o motorista qie numa passada de marcha aproveitou para tocar na minha perna, eu nada falei, tocava brega na kombi, seguiamos viagem e toda as paradas que faziam com que o motorista mudasse as marchas ele pegava na minha perna, eu estava ali sem poder me mexer o gordo alido meu lado, lia, não sei como naquele balanço, um livro, o motorista na cara de pau, deixoua mão na minha perna, nada falei, sentium friozinho subir pela minha espinha, meu mamilos enrigeceram, eu estava me excitando e adoro homens que tomam esse tipo de iniciativa, sem medo do que possa vir acontecer, minhas mãos estavam em cima do meu vestido, ele o motorista, que chamavasse Aldo, já começava a alisar meu joelho, o gordo não percebia nada do que tava acontecendo ao seu lado, Aldofoi subindo sua mão e já apertva minha coxa, eu tava suando, a kombi cheia, aquele brega tocando, que loucura, eu levantei minhas mãos para prender meus cabelos, Aldo aproveitou e subui rapidamente sua mão, colocando-a por baixo de meu vestidinho, a kombi parou, o gordo desceu, au tomada pelo tesão não me afastei do motorista, pelo contrário, agora com espaço, abri minhas pernas e ele já passava sua mão por cima da minha tanguinha, eu levantei meu vestidinho deixando minha tanguinha aparecendo, ninguem percebia o que ocorria na frente da lotação, ele jä queimava as paradas, só parava pro pessoal descer, colocou minha tanguinha pro lado e bolinava meu grelinho, estavame controlando, gemia baixinhop para que ninguém na kombi percebesse, continuamos seguindo viagem, quando dei por mim estavamos em um lugar vazio, nào tinha ninguem, ele parou a kombi e desceu, fiquei com medo, ele veio atë mim e mandoueudescer, falei que havia um mal entendido e disse que queiria ir embora, ele sorriu e me puxou pra fora da kombi, quando desci ele disse que agora ia me dar o que eu tava precisando e abaixou as alças do meu vestidinho deixando meus lindos seios a mostra e comecou a chupa-los, eu chorava e pedia pra que ele parasse, levei um tapa na cara e ele me beijava, apertava minha bunda por baixo do vestido e bolinava meu grelinho, fiquei doida de tesão, ele rasgou e arrancou minha tanguinha, tirou a roupa dele revelou um penis norme que prontamente comecei a fazer um boquete nele, abriu a porta da kombi e nisso eu me assustei, o cobrador estava nú se punhetando e Aldo disse pra eu fazer uma chupeta nele, comecei a fazer um boquete no cobrador, seu penis fedia, mais não tinha escolha, Aldo pos umacamisinha e socou na minha xoxota, me fodia gostoso enquanto eu chupava a rola de baléco o cobrador, Aldo logo gozou e me fez beber sua porra enquanto isso Baléco colocou também uma camisinha e socou na minha xoxota, depois Aldo veio e socou no meu cuzinho,eu estava sendo duplamente penetrada, beliscavam minha bunda, meus seios, trasamos por umas 02(duas) horas, nos recompomos, Aldo voltou me bolinando na kombi, desci numa parada a uns 03(três) pontos da minha casa, tomeui um banho em casa e pedi uma pizza, estava ainda pensando na loucura que tinha feito, saí e arrumei uma transa sem querer, via as marcas de beliscões no meu corpo, nos meus seios, a campainha tocou, era a pizza, o porteiro nem interfonou, estava enrolada na toalha e abri a porta, era um magro alto, mulato, me entregou a pizza com os olhos arregalados de me ver daquele jeito, disse queiria pegaro dinheiro e mandei ele esperar, fui la dentro e tirei minha toalha, estava nua procurando uma calcinha quando o entregador me agarrou por tras ja com seu penis duro fora das calças e disse, sei o que voce quer sua piranhazinha rica, liga pra pedir pizza maia quer um penis, conhecemos muitas como voces, fiquei tomada pelo tesão, aquele homem estranho, na minha casa me agarrando por tras,eu nua, comecei logo a fazer um boquete nele, ele tirou toda a roupa e socava com força seu penis na minha boca, não era grande mais muito duro, me chupou, mandei ele por camisinha que tenho guardada, ele nào poderia demorar, entào nàopensou em me dar prazer, comeu minha xoxota, gozou, bebi sua porra e ele foi embora, ainda levando R$ 2.70 de troco, e depois dessa fui banhar-me denovo e dormir, toda assadinha.

Referência do Anúncio ID: CT-000020306

Não há Tags

6615 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 87 Guests, 19 Bots