Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Mostrando o cú em cima da moto. By:Paloma. Parte I

  • Publicado em: 3 de abril de 2004 16:03
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Oi! Sou eu de novo! Como recebi muitos e-mails deliciosos, resolvi contar outra histórinha minha. Essa aconteceu um ano e meio depois que eu perdi o selo com meus amiguinhos (para quem não sabe do q estou falando, leia o conto 18717). Bom, vamos ao conto. Depois daquele encontro onde tudo aconteceu, voltamos para casa e a vida voltou ao normal, porém, meu namoro terminou 3 meses depois, sem eu ter transado com ele e ele ainda achando q eu era virgem. Fiquei uma tarada depois daquilo, transava quase todos os dias com meus amigos… Um dia, tive um desejo louco e para pôr em prática, liguei para meu ex namorado, que era motoqueiro e pedi para ele me buscar para dar uma voltinha de moto. Qdo ele chegou, já estranhou, eu estava com uma carinha bem safada e com uma micro sainha branca bem rodada. Ele perguntou se eu tinha certeza q queria passear de moto com aquela mini saia e eu disse q sim… Subi na moto e ele perguntou onde eu queria ir, disse para ele me levar para alguma avenida bem movimentada . Que eu queria sentir a sensação de vento no rosto e aquelas bobeiras todas, quando ele ligou a moto, mandei ele acelerar, nisso, graças aquele vento todo, minha saia levantou e mostrava aquela mini calcinha enfiada no rego, com meu bumbum todo de fora. Pronto, era isso q eu queria… Ele acelerava e minha bunda toda de fora, os carros passavam e buzinavam e eu ficava cada vez mais excitada e o pobre do meu ex não entendia pq tantas buzinadas… Os carros passavam e gritavam ” vai cuzuda, mostra esse rabo” e aí eu me empinava cada vez mais, minha xota encharcada, pulsando de tesão. Ele parou no acostamento para saber pq estavam buzinando tanto para ele, nessa hora, aproveitei e tirei a calcinha, fiquei segurando na mão, disse a ele q não era nada, q os carros não estavam buzinando para ele e subi novamente na moto. Qdo voltamos a andar, peguei a calcinha e esfreguei na cara dele, disse “é por isso q os carros estão buzinando, eles estão tendo uma boa visão, aí, empinei ainda mais na moto, deixando meu cu bem arreganhado e mostrando tb minha xota, e os carros buzinando e eu quase tendo um orgasmo… Resolvi meter a mão na piroca do meu ex e excitá-lo, aí, chegamos numa rua mais vazia e ele pediu para eu pilotar um pouquinho a moto, q ele tb queria ver tudo q os outos motoristas estavam vendo. Apesar de não poder pilotar ainda eu já sabia a mt tempo conduzir aquela moto, então aceitei. Sentei na frente e ele sentou atrás, garantindo para ficar meio afastado para poder ver a sainha subir… Acelerei a moto e me empinei para ele… Ele ficou louco, começou a dar tapinhas na minha bunda, apertá-la e dizer “sabia q eu sempre tive tara nessa bundona? Arregaça ela para eu ver, vai, sua putinha.. Empinei o máximo q pude, sem descuidar da pilotagem e ele foi sem dó nenhuma e enfiou um dedo no meu cú. Fui ao céu com aquilo, então ele disse “q pena q vc não era essa putinha qdo estava comigo, foi só a gente teminhar para vc virar essa piranha, é?! E esse cú, já deve ter dao muito, tá todo arrombado sua vadia”, aquilo me deixou maluca, resolvi entrar com a moto numa ruazinha deserta, fui pegando uns caminhos loucos e ele com aquele dedão todo atolado no meu cú, até chegar num beco bem vazio. minha xota escorria de tanto tesão, a piroca dele latejava atrás de mim, parei a moto e descemos… Mal saí da moto ele arregaçou a calça e me emandou mamar, eu mamei com muita vontade, metia aquela rola toda na boca, chupacva as bolas dela e ele me dedilhava, em pouco tempo ele gozou na minha boca. Engoli toda aquela porra deliciosa… Então ele me colocou apoiada na moto, de quatro e começou a lamber meu cú, depois passou para miha xota, ele viu o estado q eu estava e disse” caralho, essa buceta tá jorrando um rio, quando vc virou essa puta? Eu disse q trai ele e contei toda a história enquanto ele me chupava e dava mordiscadinhas, ee não se aguentou, deu um tapa na minha cara e dise, então agoar vc vai dar para mim como nunca deu para ninguém… Me colocou em cima da moto, meteu 2 dedos na minha xota e depois meteu a pica, com os dois dedos lá dentro. Doeu um pouco, eu recalmei, mas ele só me chamava de puta e falava q eu merecia aquilo, meteu a outra mão no meu peito rancou a minha blusa e começu a mordê-lo, fui ficando cada vez mais louca, até q tive um orgasmo fenomenal… Ela, não satisfeito, me virou de costas , atolou a cara na minha bunda e começou a cuspir no meu cú, tirou a cara de lá e meteu aquela rola toda de uma vez… Me senti toda rasgada, ele pegava e abria minha bunda, puxando com força e a sensação de ser rasgada só aumentava, e o tesão tb… Sentia aquele pau latejando dentro do meu cú, entrando e saindo com muita força, ele não poupava força para isso, entãogozou e eu senti aquela porra invadir todo o meu rabo… Ele satisfeito, vestiu a claça e subiu na moto, eu pedi a ele minha calcinha de volta, ele disse q não, q eu teria q ir embora com aquele cu arrombado, mostrando para todo mundo q passasse que eu tinha acabado de ser arrombada… Subi na moto, aquela porra escorrendo perna abixo e ele me levou embora, com um novo espetáculo para a platéia ao volante… Continua

Referência do Anúncio ID: CT-000018753

Não há Tags

7477 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: Lillith
  • Membro desde: 1 de março de 2004

Contos publicados por Lillith

Últimos itens anúnciados por Lillith »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: maxosafadao, furacoco, 149 Guests, 20 Bots