Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Mulherão

  • Publicado em: 20 de abril de 2007 07:15
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Bem gente, esse conto é real e dos bons, vamos lá.

Numa tarde estava eu só numa sorveteria no bairro da torre, tomando um delicioso sorvete de coco queimado. Quando entra ela, uma mulher super gostosa, porra que charme ela tem, continuei tomando o sorvete, mas agora olhando diretamente para ela, por traz uma super bunda, pela frente que rosto lindo e que corpo. Uma blusinha curta mostrando sua barriguinha, que delicia. Sentou à mesa em frente a minha, começou tomando o sorvete, e eu disfarçadamente olhando pra ela, quando derrepente olho, ela estava me encarando tambem, meu irmão senti uma cantada no ar. Foi indo demorei bastante apreciando o sorvete, mas era pra curtir o lance, de repente ela levanta vai pagar a conta, no que eu tmb faço o mesmo, ela sai entra no seu carro e eu vou pro meu, dou partida pensando: foi pura ilusão, mas o melhor tava por vir. Ela sai tmb e me segue, emparelha o seu caro com o meu eu olho pra ela e vejo nos seus olhos que estava a fim. Fiz um sinal pra parar mas a frente ela parou e eu claro parei atraz do dela. Desci do carro e fui até o dela, me apresentei e quando ela estendeu a mão eu pude ver uma grossa aliança no seu dedo, revelando que era casada. Pediu pra que eu entrasse no caro, eu entrei começamos a conversar, eu sou separado mas vejo que vc não é, ela disse: mas chegou ao fim meu casamento, não dá mais pra continuar, entre papos e papos, cantei: vamos sair daqui, ela disse no meu carro, pois meus pais moram aqui no bairro, eu fechei o meu e fomos pro motel. Porra, quando entramos no quarto, fui logo apertando ela, que retribuia com gemidos, comecei a tirar sua roupa, puta que pariu, que corpo ela tem, meu tesão estava pra explodir, ela carente, caiu de boca no meu pau, engolia todo, eu deitei ela na cama e comecei chupando aquela bucetinha gostosa, logo ela gozava, gemia, tremia toda, abriu as pernas eu entrei com tudo naquela bucetinha, puta merda que buceta gostosa da porra, ela gozou várias vezes, foi quando eu virei ela de bruços, que bunda linda, bem bronzeada, eu lambi toda sua bundinha, massegeei seu cuzinho, foi quando ela disse ai não, sou virgem, e já ouvi que doi bastante, eu como bom moço, comecei acariciando e nisso foi aumentando o tesão dela, eu disse relaxa bebe, você vai gozar com meu pau no cuzinho, ela insistia, dói, eu disse relaxa, no começo dói um pouco, mas vou ter todo cuidado.

Meu irmão quando entrou a cabeça ela disse estar doendo, eu parei, sem tirar de dentro, ela arrepiada gemia, eu comecei a lamber suas costas, fui entrando mais e mais, ela já não reclamava, só gemia, depois disse vai amor vai amor, estou gozando com seu pau no meu cuzinho, gozamos juntos, porra que gozada. É isso ai, quem gostou escreva se for mulher claro.

Referência do Anúncio ID: CT-000033854

Não há Tags

6445 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: sarado_4
  • Membro desde: 21 de novembro de 2006

Contos publicados por sarado_4

Últimos itens anúnciados por sarado_4 »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 85 Guests, 21 Bots