Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

No final de Expediente aconteceu

  • Publicado em: 1 de junho de 2017 16:24
  • Expira: Nunca!
No final de Expediente aconteceu
No final de Expediente aconteceu - Imagem1No final de Expediente aconteceu - Imagem2

Detalhes do Conto Erotico:

Certo dia estava no final da minha jornada de um intenso dia de trabalho, ainda empresa, todos já indo embora, mas eu ainda tinha que ficar mais um pouco para terminar umas pendências. Em um instante me deu sede e vontade de tomar um café, então levantei e fui beber agua e pegar um copo de café. Quando levantei que virei para o salão não tinha mais ninguem na empresa, somente eu, então fui à copa pegar o café e a agua… ao passar pelo setor pessoal, que era uma sala mais reservada vi que tinha alguem lá. Para a minha surpresa era a gerente do setor, camila, uma da mulheres mais desejadas da empresa. Camila era casada, uma morena linda sensual com 35 anos, em torno de 1,60 de altura, corpo maravilhoso com pernas e bunda lindas, seios pequenos mas perfeitos, com um sorriso de ar provocando que desconcerta qualquer um. Com o tempo de empresa nós acabamos nos aproximando muito, conversamos muito, e isso foi desenvolvendo uma grande amizade, hoje a considero uma das minhas melhores amigas.
Entrei portanto na sala, e falei com ela:
eu: fazendo cerão?
ela: pois é, adiantando umas coisas. aproveitar que ninguem me encomoda nesse horario.
eu: opa… entendi, deixe eu ir pegar meu café.. rsrs
ela riu e continuou: seu besta, vc entendeu o que eu quiz falar. vi que vc estava ainda ainda, então resolvi ficar tb pra adiantar essas coisas. Melhor que não saiu sozinha, tenho medo.
eu: ta bom… deixa eu pegar meu café e continuar lá, senão não saiu daqui hj.
E fui dar continuidade às minhas coisas. e ela ficou na sala dela.
Um pouco mais de 1 hora se passei até que ela me chamou no skype pra ajudar ela a salvar um arquivo que ela precisava enviar por email. Prontamente fui lá… quando chego na sala, proximo a ela, vejo que ela estava sentada meio que na ponta da cadeira e mostrando aquela cofrinho maravilhoso dela, com marquinhas de biquine do final de semana na praia. Que coisa mais linda, e pra completar ainda fava pra ver par da minuscula calcinha branca de rendinha que ela estava usando.
Como tenho intimidade pra tirar certas brincadeiras com ela, mas como sempre, com todo respeito, brinquei:
eu: eeeeeeitaaaaa que a praia foi boa hein???
ela meio sem graça puxa a calça rapidinho tentando levantar, quase sem sucesso, fala: deixe de ser besta.
E me mostra o que queria salvar. fiz o que ela pediu e voltei pra minha mesa. Aquela imagem foi suficiente pra me desconcentrar totalmente… que coisa mais linda!!!
Mais alguns minha se passaram, e quando olho pra o lado vejo que ela estava vindo pra minha mesa, então fico só olhando pra ela, filmando ela dos pés à cabeça… ela fica morta de envergonhada quando faço isso e me manda parar de besteira. Mas diga-se de passagem, é lindo vê-la indo e vindo. Aquele andar rebolante dela é hipnotizando. Até que ela chega ao meu lado e pergunta se vou demorar, então eu disse que não que já estava finalizando, só faltando mandar um email. Ela disse que ia lá fora fumar um cigarro e voltava. 10 minutos depois ela voltou com o mesmo desfile, puxou uma cadeira e sentou ao meu lado, dizendo que iria me esperar pra sair junto e eu não ter que fechar a empresa sozinho.
Ficamos então conversando, sobre assuntos da empresa, relacionamentos e tal. Até que chegamos aos namoros e casamentos. Como tinha terminando o namoro a um pouco mais de 1 mês não estava com ninguem, e ela disse que estava sozinha também pois seu marido havia viajado. então papo vai papo vem até que chegamos aos assuntos de carencia, e o papo foi esquentando mais, até quando percebi ela já tinha deslizado a cadeira dela até bem proximo de mim. O calor dela, me arrepiava, aquele perfume maravilhoso que ela sempre anda, misturado com cheiro do cigarro, aquilo era um ingrediente inflamavel que podia explodir a qualquer momento. ela então se levanta e fala que estava cansada e senta em cima da mesa, ao lado do meu notebook e deixa a pernas penduradas ao meu lado. Eu então, finalizando as coisas, me levanto e vou pegar a mochila do notebook que estava justamente em cima da mesma, nas costas dela. Quando me estiquei pra pegar a bolsa, ela se inclina na minha dire~]ao e cheira meu pescoço e diz:
ela: huuuummmm, uma hora dessas e ainda assim cheiroso?
eu piscando o olho: pois é… normal
e me esticando novamente pra terminar de pegar a bolsa ela encosta mais e chega a tocar sua boca no pescoço.. suficiente pra meu desejo ir a mil. nooooossa que sensação. Então vou desligando o notebook e guardando as coisas na bolsa… e olho pra ela e vejo aquele sorriziznho que eu já tinha falado… desconcertante!!! Não deu outra, me pau começou se armou numa velocidade impressionante, e o volume na minha calça já estava vem notável, e ela percebeu. e me perguntou:
ela: o que isso menino?
eu perguntei: o q vc acha?
ela: não acho nada
ai eu disse: n acha o que? o cheiro desse no pescoço, um olhar desse e a lembrança dessa marquinha de bquine no seu cofrinho que eu vi nesse instante, vc quer o q? tem coisas que são inevitáveis.
ela então provocou mais: vc não viu nada.
eu; realmente, não duvido, não devo ter visto nada que está por baixo dessa roupa.
Eu virei de costas pra ela pra terminar de guardar as coisas na bolsa e quando olho para ela novamente quase caiu para trás. ela havia aberto a blusa de botão e tirado o sutien, me permitindo ver os seu 2 seios perfeitos, pequenos mas perfeitos. Obs.: Não sou fããã de peitões, prefiro mesmo pequenos mas perfeitos. e assim eram os dela e ainda mais com aquelas marcas de biquine indescritiveis. Não me contive mais e fui ver de perto, perguntei se podia toca-los, ela disse q podia, então fui acariciando-os bens de leve, quase não tocando neles, ela estava excitada, pois eles estavam bem bicudinhos, muito lindos. então me encosto totalmente nela e beijo aquela boca… que beijo gostoso cheio de desejo entre ambos, com muito suspiro, muito gemido, parecia que não queria para nunca de nos beijar, então fui beijando tambem seu queixinho, dando mordidinhas e descendo até o pescocinho e descendo mais até chegar nos seus peitinhso… então fui lambendo eles ao redor do seu mamilos e dando mordidinhas nos seus biquinhos, fiquei varias minutos mamando gostosinho naqueles peitinhos e perfeitos e ela gemendo:
ela: aaaaai que deliciaaaa, que lingua gostosa.. vai gostoso chupa meus peitinhos.
então voltei a beijar aquela boca e depois fui até as orelhas dela chupando tb bem gostoso e sussurando no ouvido dela…
eu: como eu desejei esse momento, mas nunca tive coragem, n queria nunca estragar nossa amizade. Mas não posso mentir, sempre desejei esse corpo maravilhoso nos meus braços.
ela: faço minhas as suas palavras. Mas vamos aproveitar o momento., nossa amizade é muito forte pra acabar por qualquer coisa.. muito pelo contrario so tende a aumentar.
Isso foi o suficiente pra eu enlouquecer e ja ir tirando o resto da blusa dela e abrindo a calça dela. Depois, aproveitei que ela estava sentada na mesa e já puxei toda a calça das pernas dela, deixando-a só de calcinha. Que perfeição, que obra prima em cima da minha mesa, aquela morena perfeita sentadinha em minha mesa com aquela calcinha de renda branca minuscula.
Ela então arrancou minha camisa e já foi abrindo minha calça tb, qe ja caiu no chão e eu ficando só de cueca. Emeu pau explodindo de tesão levantando a cueca.
Fui então passeando pelo seu corpo,com as mãos, me abaixei e fui beijando suas pernas morenas com pelinhos loirinhos, e ela abrindo as pernas, quanto mais eu subia mais ela abria as pernas. Até que quando cheguei proximo à bucetinha dela senti aquele calor e pude ver que ela esta muito molhandinha. Quase gozei quando vi aquilo, então puxei ela mais pra ponta da mesa, abri mais e levantei as pernas dela e cheirei aquele pacotinho por cima da calcinha ms, que delicia, comecei a chupar aquele melzinho embriagante e ela gemendo bem safadinha e segurando minha cabeça, puxando contra a buceta dela. então puxei com o dedo a calcinha de ladinho e finalmente vi aquela perfeição, toda raspadinha e meladinha com aquele melzinho escorrendo, e como as pernas estava um pouco levantada, dava pra ver que o melzinho escorria até o cuzinho que, diga-se de passagem, era muito lindo tb. Chupei aquela buceta com uma fome imensa, dei uma paradinha e tirei a calcinha por completo e voltei a me deliciar naquela perfeição. certos momentos eu descia mais um poquinho e lambia aquele cuzinho dela, e ela gemia um pouco mais altoo:
ela: AAAIIIII cachorooo, vc gosta de cuzinho né?
e eu continuei cgupando mais e mais e mais até que ela dizsse que não estava mais aguentando e que queria gozar, então eu disse:
eu: goza minha gostosa, vai goza na minha boca.. lambuza minha cara com esse melzinho saboroso.
então ela gozou loucamente ouxando meus cabelos e cravando as unhas nas minhas costas… que gostosa.. que deliciaaaaaaa
Após aquela gozada maravilhosa dela, ela desceu da mesa e me empurrou pra cabeira, então eu sentei e ela já foi arrancando minha cueca, e olhou com cara de quando viu que eu me depilava todo, e eu lembrei que ela já tinha soltado conversas com as colegas do setor na hora do almoço que gostava que o homem se depilava. Entao ela não perdeu tempo… Abocanhou me pau com uma fome devoradora… Que chupada deliciosa, ela subia e descia labuzando o pau todo e punhetava junto, que boquete era aquele… certos momento freava ela pra não gozar logo. Ela então diminuia o ritmo e depois voltava, depois ainda chupava meus ovos e em seguida voltava a abocanhar meu pau quase todo. Até que eu falo pra ela,
eu: levanta vem, senta no meu pau.
ela: claro… estou louca pra isso… veeeeeem me cooooma meu melhor amiga safado gostoso.
Ela se levanta, fica de costa pra mim, coloca a cabeça do meu pau bem na entrada da grutinha dela e vai sentando bem devagarzinho… rebolando, gemendo e falando:
ela: aaaaaaahhh que pau gostosoooo!!!
e eu conteplando aquela bunda enorme e perfeita na minha frente. ela então vai levanto e sentando bem devagarzinho e aumentando o ritmo… o que foi aquilo? que metida tesuda da poooorraaa… sentada alucinante.(TO DE PAU DURO AAGORA, REDIGINDO ESSE CONTO)
depois de muita metida, me levantei e segurando ela sem tirar o pau de dentro, coloquei ela mais ou menos de 4, em pé apoiada na mesa e continuei metendo, mas agora quem tava ditando o ritmo era eu, então fui metendo e tirando devagarzinho, curtindo bem cada metida na buceta… Tirei rapidinho meu pau, me abaixei e chupei mais aquele buceta e aquele cuzinho, que ja estava piscando pra mim, e dava beijinhos e mordidinhas naquela bunda perfeita.. Me levantei de novo e, voltei a meter na buceta dela, agora mais raído e acariciando o os peitinhos dela… aaaaaaaah q deliciaaaaaa.
Pegeuei seus cabela com umas das mãos e começei a puxar tb um pouquinho e dando tapinhas na sua bunda. Passei então a acariciar o seu cuzinho relaxando ela… aquele cuzinho piscando rpa mim estava me chamando , então ela perguntou:
Ela: o que vc quer, mexendo no meu cuxzinho.
eu: ele esta me chamando
ela: como vc sabe:
eu: ele está piscando pra mim 😉
ela: então atenda.. com cuidado.
então eu parei e voltei a chupar o cuxinho dela… agora so ele pra deizar ele bem relaxadinho.. Fiquei chupando por alguns minutos, até que ela disse:
ela: vem vem logo… come meu cuzinho vai.
entao eu fui metendo bem devagarzinho, enfiando aos poucos, centimetro por centimentro, até ele todo já estava lá dentro. então fui fazendo movimentos e aumente a velocidade gradativamente, e segurando ela pela cintura, e auemtnando a velocidade… O cuzinho estava perfeito, msm relaxado ainda estava bem apertadinho.. Não aguentei e gozei bem forte naquele cuzinho dela… noooooosa que gozada foi aquela. en quanto gozava no cuzinho dela, ela se masturbava e acabou gozando de novo tb junto comigo.. que deliciaaaa.
Pois é… e assim aconteceu o inexperado… quase 1 hora deposi de ter iniciado tudo, desde o cheiro no pescoço, finalmente nos recompumos fechamos a empresa e fomos cada um para suas casas.
Depois disso, mais e mais cresceu nossa amizade, passamos a nos conhecer mais ainda. e faço minhas as palavras dela: “nossa amizade é muito forte pra acabar por qualquer coisa!!!”.

Referência do Anúncio ID: 68959172926182e3

Não há Tags

1607 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: Pulacerca
  • Membro desde: 10 de dezembro de 2015

Contos publicados por Pulacerca

Últimos itens anúnciados por Pulacerca »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Homem com Pegada, 101 Guests, 23 Bots