Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

No Galpão II

  • Este conto está Suspenso
  • Publicado em: 27 de setembro de 2014 13:17
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

No Galpão II

Depois do dia que o Reginaldo comeu meu cú zeradinho no Galpão atraz do campo eu fiquei com um pouco de receio

das proximas lições, mas a vontade ainda era grande, agora eu sonhava sempre com o Reginaldo: Reginaldo sendo chupado

pela garota, Reginaldo metendo no meu cú, Reginando metendo na garota, eu chupando o Regiando.

EU ia ao compo mais tarde sempre que quando já haviam outros amigos lá, o Reginaldo ficava me olhando mas não dizia nada Um dia ele me procurou e disse que precisava falar comigo. Depois do jogo ficamos tomando um guarana juntos e ele me convidou

para ir no galpão para a segunda lição. Eu disse que não esperava o que ele fez comigo e então me ameaçou dizendo que contaria para todo mundo que havia me comido.

Eu gelei na hora não sabia o que fazer, ele foi ameaçando novamente: vou contar para o seu irmão se você não for no Galpão comigo Eu procurei apazigar a coisa dizendo que precisava ir mas que eu iria pensar no assunto e o Reginaldo falou que me daria dois dias para eu pensar, depois colocaria a boca no trombone. Eu passei os dois dias pensando e cheguei a conclusão que não faria mal maior que já havia feito. Tinha sido enrabado pelo pauzudo do Reginaldo, estava não mão dele poi caso não fizesse

novamente ele ia contar para todo mundo e por ultimo e mais importante, eu estava com vontade de fazer de novo, mas não disse issopara ele.Após dois dias eu fui ao campo no harario que haviam poucas pessoas lá, ele me viu chegou perto, dizendo: vamos ?, eu disse que tinhamos

que conversar entes, e disse que só faria mais uma vez, que era para ele não ficar esperando outras. Ele disse não se preocupe, agora você vai gostar, já esta laciado e depois desta você é que vai pedir mais. EU disse ok então vamos lá, ele percebeu minha excitação, deu um

sorrizo maroto e disse, vamos minha mulherzinha.

Chegamos no galpão e fomos direto para traz dos engradados, baixei o calção e fiquei de quatro, Regianaldo disse: pera ai, já que vai sera ultima tem que ser completa ! Eu perguntei como ? Ele pediu para eu virar quendo virei fiquei de frante com o pau dele, enorme,

devia ter um 23 cm, durissimo, apontando para cima, fiquei olhando, pensei como pude suportar um pau daquele no mau cú e aindadesejar novamente. Ele ordenou para eu pegar, eu peguei e comecei a punhwetar ele como a garota havia feito quando eu vi. Ele riu e dissenossa você aprende rapido, e disse em seguida para eu chupar, estava com a maior vontade mas disse que não, eu sentia o pau dele

soltar um pouco de lubificante, eu ficava olhando e desejando chupar aquilo tudo, ele me ameaçou, ou chupa ou conto tudo.

Eu disse que tudo bem mas só desta vez que não faria novamente, ele só disse chupa logo e empurrou a cabeça contra minha boca.

Não fiz mais nenhuma observação, apenas engoli a cabeçona negra e como a garota havia feito massageava o saco dele, ele aprovava falando que estava muito bom, sentia o gosto do pau dele na minha boca e gostava muito, não sobrava muito espaço mas eu me esforçava

para engolir o maximo que podeia e depois subia atá a cabeçona punhetando com a uma mão e massageando o saco com a outra.

O Regianldo gemeu e disse que eu chupava mais gostoso que a gorata, eu senti o maior tesão e continuei no boquete ao negrão, ele pediu

para eu parar, se não iria gozar na minha boca, eu pensei “goza gostoso” mas as palavras não sairam apenas parei tirei o pau dele da boca

e fiquei olhando para ele e punhetando, ele mandou eu ficar de quatro e virar a bunda para ele, obedeci imediatamente sabendo o que viria

ele disse, vai minha putinha se prepara, eu senti a cabeçona forçando, estava dura feito uma rocha, ele entrou rasgando

senti muito dor de novo mas logo a dor foi diminuindo e ficou só o tesão, ele bombava forte e gemia e rapidamente senti o esperma

quente no meu cú e o Reginaldo foi parando aos poucos.

Quando tirou o pau do mau cú a porra escorreu pelas minhas pernas. O Reginaldo não disse mais nada, eu coloquei o calção e saimos de

mansinho do Galpão, cado um para um lado

Referência do Anúncio ID: CT-000045006

Não há Tags

13421 visualizações, 0 hoje

  

3 Comentários para “No Galpão II”

  1. Pelo jeito tem continuao, n! Voc comeou a descobrir o prazer de dar o cu….

  2. Acho incrível como esse garoto conseguiu aguentar sua jeba na primeira vez! E muito dolorido…. mas mudando de assunto, vai ter continuação?? O que mais você poderia fazer com esse garoto?? Eu tenho algumas sugestões…rsrs

  3. Como tenho sonhado em ter a segunda vez com um macho gostoso e ser saciado no meu desejo de ser socado–oafand@bol.com.br– salvador

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 108 Guests, 34 Bots