Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

No Sítio

  • Publicado em: 14 de janeiro de 2018 01:31
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Bem quando isso ocorreu eu tinha apenas 14 anos, estudava com ele desde os 8, mas sempre o via rodeando as outras colegas, sempre com uma pontadinha de ciúmes, pq sempre quis aqueles abraços, nessa altura ele usava aparelho, eu pirava naquela bocà…
Além de encontrar ele diariamente na escola eu ainda tinha um bônus dele ser vizinho de dois dos meus tios, um desses meu padrinho, bem num aniversário da minha prima(filha do meu padrinho) feriado prolongado fomos comemorar em um sítio do meu padrinho por 4 dias, fomos na mesma van para o sítio e eu fui triste o caminho todo por vê-lo de brincadeiras com outras vizinhas dele e da minha prima, geralmente ele me dava mais atenção na vila, eu achava que talvez por que lá eu era “novidade”.
Na escola tinha mais opções, enfim era um lindo menino negro, com um sorriso contagiante, e uma linda e sedutora boca, ele era um ano mais velho que eu e aos 15 anos tinha um corpo maravilhoso todo definidinho, tem um sorriso safado sedutor, sorri com o olhar, abdômen perfeito e um bumbum lindo e arrebitado, delicioso.
Ao chegar no sítio, eu ciumenta queria agarrar ele e ter a atenção dele somente pra mim, mas já não falava com ele, por alguma discussão boba da escola que já nem me lembro, a noite minha madrinha e meu padrinho fizeram um vinho quente delicioso e os menino amigos e meus primos resolveram fazer uma fogueira no pasto, e eramos cerca de 30 ou 40 adolescentes mais ou menos, as meninas dormindo em uma casa e os meninos em outra, pra que não desse faísca que não pudessem ser controladas por apenas um casal adulto.
Nos juntamos em torno da fogueira, cantamos, rimos, brincamos, e a turma começou a se cansar acabamos ficando apenas 2 dos meus primos uma amiga que começou a namorar meu primo eu.e ele. Meu primo que estava avulso puxou o carro dele pra perto da fogueira e colocou no som Legião Urbana, pra gente e então meu outro primo abraçou a namorada de um lado e eu do outro e o chamou mais perto, eu implorei a ele pra não fazer isso mais já era tarde…
Ele então me abraçou, eu estava com uma blusa de soft pq estava com frio e a fogueira ja estava enfraquecendo.
E ele tadinho tremia de frio, tentando me manter durona eu disse que o abraçaria, mas que ainda não ia falar com ele, ele começou a passar a boca no meu rosto e eu arisca olhei feio sensurando a tentativa, e olhava aboca dele tão perto meio abobalhada, me concentrando com certa dificuldade para não beijar por impulso, ele me pediu para encostar no carro do meu primo, eu concordei por ser tão baixinha, era difícil aquecer aquele garoto alto só com Abraço.
Ele encostou, e ficou com as pernas abertas, e eu entre as pernas dele olhava nos olhos dele apreensiva e ele com os braços em torno da minha cintura, me pediu permissão para me fazer carinho, eu com medo da minha reação, avisei que não o beijaria, pq estava namorando, ele disse que meu namorado não saberia de nada, e eu respondi que eu saberia, mesmo meu namoro sendo por carta e não tendo contato real, eu respeitava, ele disse que não me beijaria, então eu relaxei, e permiti que ele fizesse os carinhos conforme ele me pediu, então me deleitei com as hábeis mãos dele por minhas costas, cintura, enquanto seus lábios passavam pelo meu pescoço me proporcionando sensações que eu nunca imaginei, frio na barriga, calor e eu queria sentir ele mais perto e o abracei ainda mais forte pra manter ele ali comigo, não queria que terminasse nunca aquele abraço.
Senti então encostar meu quadril, e acabei percebendo um volume que eu jamais havia visto me precionando.
E os beijos que ele dava no meu pescoço, e falando de como era bom sentir meu cheiro, aquilo me deixou num fogo, que quando eu me dei conta estava com a calcinha toda molhada, tive tanto medo que sai correndo fui tomar um banho e dormir antes que eu fizesse besteira, afinal sonhava em me casar virgem, e se passasse mais 2 minutos ali eu não reaponderia por mim.
Voltamos a vida normal sem voltar a tocar no assunto nem nos falar o resto da viagem mas quando iamos para o Rio eu amava ver aquela pele linda molhada, desde que nossos olhos não se encontrassem.
Bjus até.

Referência do Anúncio ID: 8535a5adccb8915e

6509 visualizações, 0 hoje

  

4 Comentários para “No Sítio”

  1. Amei seu conto. Lindo, excitante e delicado!

  2. Gostei muito dos detalhes…

  3. Nonato Martins em 23 de outubro de 2016 @ 20:49

    Pena que ficou só nisso, não rolou sexo.

  4. AMEI SEU CONTO, E GOSTARIA DE TER UMA MULHER ASSIM COMO VOCÊ, TENHO 53 ANOS E MORO EM TAUBATÉ ESTADO DE SÃO PAULO, PERTO DE APARECIDA DO NORTE E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. MEU WHATS 12 98123 7898

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

Contos publicados por CuriosaSP35

  • O Autor não publicou outros contos.
Últimos itens anúnciados por CuriosaSP35 »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: frederico4040, 214 Guests, 11 Bots