Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

O Acordo

  • Publicado em: 28 de dezembro de 2015 10:44
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Recentemente fiz um acordo com termos Bdsm, como foi acordado o corpo e a mente dela passariam a me pertencer. Tendo isso em mente, resolvi testar minha Sub, para conhecer seus limites, o que foi prontamente aceito. Como inicio de nosso relacionamento testei seu limite de entrega através do conceito de privação sexual, no qual iria usar seu corpo, mas ela não deveria chegar ao orgasmo. Não deve demostrar prazer, será minha boneca de satisfação sexual. Ressalto que seu orgasmo só pode existir com consentimento de seu Dono. Para apimentar ainda mais nosso teste, deixei claro que ela poderia “implorar” para parar caso sentisse que não conseguiria segurar seu orgasmo.

Gentilmente peço que ela se amordace ficando de frente para mim, me aproximo dela, vendando seus olhos, para que ela veja o que lhe espera. Acaricio seu corpo, beijo seu rosto. Faço afagos que lhe agradam. Tocando as partes de seu corpo mais sensíveis. Causando um misto de excitação e dor. Me posiciono em suas costas, puxo seu cabelo. Vou ate seu ouvido e descrevo tudo que farei com ela, enquanto a masturbo:
– Minha Pequena Moranguinho, vou morder e chupar seus seios e não quero ver nenhuma reação de sua parte. Vou dar tapas em seus mamilos, apertar e belisca-los. Vou te masturbar para que fique molhadinha, se for uma boa menina, chuparei sua bucetinha, intercalando com leves mordidas, para aumentar ainda mais o “meu tesão”. Vou te colocar de frente pra mim com as pernas abertas e dar tapas em sua tatuagem ate minha mão arder.

Após isso, inicio tudo que havia lhe dito. A sensação de Domínio me excita cada vez mais. Meu pau esta teso e latejante. Ficamos assim por algum tempo, não hesito um instante em meus instintos e continuo ate que minha lascívia aumente a ponto de não aguentar de tesão. Coloco ela de quatro, mando que empine bem a bunda, e a penetro de forma firme e viril. Ate sentir seu saco encostar em bucetinha. Ela segura um gemido, afinal não pode demonstrar dor ou prazer. E assim começo a fuder sua bucetinha encharcada. Penetro como se essa fosse a ultima buceta do mundo, com vontade de sentir meu ultimo prazer, ate atingir o clímax. Começo a cavalga-la, apoiando em seu quadril, meu pau entra todo e sei novamente. Começo a fuder mais forte, gemendo de prazer. Fudendo com tanta força que seu corpo vai deslocando para frente a cada estocada. Mando ele empinar mais, brinco com seu rabinho, enfiando um dedo. Após alguns instantes não resisto e quase gritando digo que vou gozar e encho a sua bucetinha com minha porra quente. Gozo tanto que minha porra escorre por sua perna.
Após saciado meu desejo, deixo ela na mesma posição, fico admirado com sua entrega, sua submissão e assim confirmamos que sou o dono de seus desejos e sentimentos. Que seu corpo me pertence e que o sexo entre nós é para sentirmos prazer.

Referência do Anúncio ID: 7785680ff4678f81

Não há Tags

4773 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: Curle
  • Membro desde: 3 de julho de 2013

Contos publicados por Curle

Últimos itens anúnciados por Curle »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: adrianosacana, Homem com Pegada, 97 Guests, 25 Bots