Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

O amanhecer dos amantes no banheiro

  • Publicado em: 7 de agosto de 2017 05:31
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Vestindo apenas um robe sobre a calcinha preta, Ana Laura levantou-se e caminhou em direção ao banheiro da suíte do apartamento de seu amante. Ela aproveitava a viagem do marido para colocar “em dia” as transas com Gael, o amante que reclamava muito da ausência dela. Mas… vivendo com um marido ciumento e onipresente, ela tinha poucas chances de se encontrar com ele. Quando dava, nem sempre ele podia.
A viagem dele duraria apenas dois dias, mas seria o suficiente para uma bela noite de sexo.
E ela estava se levantando após ter tido dois orgasmos, um na hora de deitar e outro no meio da noite…
Entrou no banheiro. Gael, vestido apenas com a cueca, escovava os dentes. Ela encostou nele e suas mãos apertaram a bunda de Gael… ele terminou a escovação, virou-se e ela percebeu que havia algo mais interessante do que a bunda para ela apertar…
O volume dentro da cueca era bem claro: o rapaz estava com vontade de mais… e ela também…
Então eles se beijaram e o robe dela foi tirado por ele.
– Meu amor… essa noite foi maravilhosa… mas temos tempo para mais uma… você quer?
– Preciso responder, Gael? Eu quero sempre…
– Me chupa, então…
– Com o maior prazer!
Ela ajoelhou-se e baixou a cueca dele. Que beleza de pau surgiu à sua frente…
E o chupou carinhosamente… chupou tudo, milímetro por milímetro… colocou tudo na boca, depois usou a língua para titilar em cima da cabeçorra, depois atacou as bolas, colocou-as na boca, lambeu-as, lambeu o tronco todo…
Então levantou-se e foi a vez de Gael dar a ela uma bela chupada. Inclinada sobre a bancada da pia, ela gemeu ao sentir a língua dele passar pelo seu cuzinho e chegar à xotinha… era algo que só ele fazia, seu marido não curtia fazer sexo oral, só gostava de receber… que tolo!
E foi ali mesmo que ele levou seu pau à xotinha dela, penetrando-a rapidamente e começando a dar estocadas firmes. Os gemidos ficaram mais altos. Como ela gostava de dar pra ele! Tinha sido a maior descoberta de sua vida, desde que se casara.
Gael era vizinho dela. Moravam no mesmo andar e mesmo assim, era difícil terem tempo para eles…
Foi levantada. Ele sentou-a na bancada e ficou metendo de frente.
Depois ele a puxou, a bunda dela ficou no ar, ela se sustentava apenas com os braços. E sua xotinha continuava engolindo o pau dele.
– Abraça meu pescoço, Ana…
Ela entendeu o que ele queria, já tinham feito assim de uma outra vez. Agarrou-o pelo pescoço e ficou suspensa apenas pelos braços dele. E sentiu-se inundada pelo gozo dele… ah… delicioso aquilo!
Entraram assim dentro do boxe e tomaram um banho cheio de carícias, beijos, amassos e chupadas…
Mas ele tinha de ir trabalhar… então ela foi de volta para seu apartamento, torcendo para o marido avisar que não iria voltar à tardinha… mas não rolou… ele voltou.
O jeito era esperar outra ocasião tão boa quanto a daquela noite!

Referência do Anúncio ID: 1585984b72834b54

  

126 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: Moreno-62, todoseubelem, barbichas, 284 Guests, 27 Bots