Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

O Primo Beto

  • Publicado em: 9 de fevereiro de 2007 23:42
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Fomos conhecer uma Casa de Swing no interior de São Paulo, sair da rotina é maravilhoso…E desta vez valeu a pena em todos os sentidos…

Estávamos a fim de algo diferente, nada hardcore, mas que nos chamasse a atenção, ligasse nossos desejos, queríamos uma emoção nova e encontramos…

Um lugar muito gostoso, com clima de interior, uma piscina maravilhosa, um ambiente super maneiro e agradável, gente bonita, alegre e querendo se divertir, somente casais, azar dos solteiros…

Depois de um passeio rápido pelo local, ficamos próximos do bar, apesar do ambiente descontraído ainda não tínhamos entrado em sintonia, às vezes não rola, mas…

O vinho ainda nem começava a fazer efeito e meus olhos cruzaram com um casal que entrava, ele moreno claro, ela loira, pareciam discretos, mas ansiosos, só pareciam…Eram eles, disse meus olhos ao Léo…

Levou um tempo para nos aproximarmos, mas a abordagem não foi difícil, Beto e Laura um casal muito simpático, atraente e extrovertidos…

Um detalhe sem muita importância chamou a atenção logo no inicio, o casal não usava alianças, não que seja necessário, mas uma deixa para que pensássemos que não seria bem um casal, este fato porém não nos interessava naquele instante, gostamos deles assim que os vimos…

A conversa evoluiu rápido e a lascívia dos beijos deles, nos deixava com muita vontade. Retribuíamos com caricias sensuais, alias o Beto não tirava os olhos do meu decote, estava com um vestido curto de costas nuas e um decote bem generoso, obviamente com os seios livres e já tesos pela situação, na parte debaixo uma calcinha pequenininha da cor do vestido que o Beto pode curtir depois…

Antes porém de irmos além dos amassos, a conversa cada vez mais caliente, mais gostosa, mais picante, uma revelação que não nos surpreendeu pelo fato em si, mas pelas circunstâncias…

Não somos casados

Tudo bem, sem problemas! Nenhum dos dois tinha jeito de garotos de programa e eles estavam dividindo aquilo com a gente…

Sorri maliciosamente e deixei transparecer que aquele papo tinha chegado no limite, eu estava com muita vontade de experimentar a língua daquele moreno e o Léo não tirava os olhos das curvas da loirinha…

Somos Primos

Não consegui apenas sorrir, eu ri mesmo e ainda bem que não bebia nada naquele instante…

São o que?

Com um jeito bem sem vergonha, Beto repetiu enquanto Laura sorria timidamente escondendo o olhar…

Somos Primos

Gente, não me perguntem porque, mas fiquei excitadíssima…Agora não só para experimentar aquele Moreno, mas também para vê-lo fodendo com a Prima e acreditem, a Prima no bom sentido…

Deliciei-me com aquilo, jamais poderia imaginar ouvir aquilo naquele instante, não que uma situação entre Primos não possa ocorrer, mas numa casa de swing foi a primeira experiência, e tinha mais…

O Beto é noivo, mas a noiva é uma santa, só ela, porque a Prima tinha todos os requisitos de uma safada, além de linda é claro…

Depois dessa saímos em direção ao prazer…

Normalmente criamos uma situação de sedução, brincadeiras e provocações antes da troca, quando não temos intimidade com o casal, mas neste caso eu quis prolongar essa brincadeira, de forma a ver os Primos se comerem, aquilo estava delicioso…

Eles se beijavam de uma forma tão gostosa, tão lasciva, tão sem culpa, as mãos do Beto exploravam o corpo delineado de Laura, ele sabia como tocá-la e ela sabia como seduzi-lo e a nós também…

Um beijo no pescoço da loirinha, a mão na bundinha dela, o vestido levantou e o cacete do Léo não passou despercebido, Beto sabia provocar e mostrar sua fêmea, Léo juntou meus seios, os bicos pareciam explodir de tesão, com a ponta dos dedos deixou meus seios à mostra retribuindo a gentileza…

Dobrei meu pescoço para trás, soltei um gemido e curti os carinhos do meu maridão, Beto parecia que ia engolir a Prima com a mão já por baixo do vestido da loirinha acariciando sua bundinha e contribuindo para a ereção de Léo, que eu sentia em minha bundinha…

Laura tem uma bunda espetacular, digna do fogo que tem no meio das pernas, a loira remexia o quadril, fazendo com a mão de Beto explorasse todo seu corpo, ela fazia questão de mostrar que adora ser acariciada, Léo gemeu e lambeu meus ouvidos quando a calcinha da loirinha escorregou para o tornozelo…

Uma cena deliciosa, envolvente, o vestido caiu e cobriu a bundinha da loirinha, mas só de imaginar que ela estava sem nada e molhadinha, até eu fiquei excitada, estávamos os três curtindo aquela situação voyeur, pois eu estava de frente para eles com o Léo me acariciando por trás e a Laura de costas para nós curtindo os beijos do Primo

A calcinha ficou no tornozelo dela e o Beto fez uma cara de quem esta esperando o Troco e o Léo não se fez de rogado, se ele queria seduzir com a bundinha da Prima o Léo fazia questão de dar-lhe a bucetinha da esposa…

Levou uma das mãos em minhas coxas, deixando boa parte delas a mostra, enquanto a outra bolinava meus seios, para meu delírio e tesão…Depois de acariciar minha bucetinha, fazendo questão de mostrar ao Beto onde dedilhava, Léo desceu minha calcinha um pouquinho, mexi o quadril e as pernas e deixei que ela deslizasse até meu tornozelo…

Agora tínhamos uma bundinha loirinha da Prima escondida apenas por um palmo de vestido e uma bucetinha da esposa também molhadinha e quase à mostra…

Beto deu um beijo gostoso na Prima acariciando seu corpo e levantando o vestido, fez uma dobrinha e deixou a bundinha da loirinha exposta, ela parecia querer engolir a língua dele, Léo desceu a outra mão entre minhas pernas, uma delas acariciou minha buceta e outra levantou meu vestido aos poucos, Beto fez até uma pequena pausa no beijo com Laura para vislumbrar minha xaninha…

Que delicia me mostrar para ele, eu acariciava meus seios e mostrava para ele que aquele bucetinha seria dele naquela noite, maravilhoso! Beto retribuía mostrando a bundinha de Laura, entre os beijos ele abria a bunda da loirinha que adora estar sendo arreganhada…

Mesmo excitada e desejando Beto, eu queria ver sua rola dentro da bucetinha da Prima aquilo passou a ser o meu fetiche da noite…

Antes porém a loirinha mostrava que conhecia o riscado, já havia aberto o zíper da calça de Beto, e no melhor estilo Flavinha ajoelhou na frente do Primo Léo acariciava meu clitóris, e me deixava contemplar a cena, ele sabia que eu estava alucinada para ver aquilo, ao mesmo tempo que os dedos do meu maridão me penetrava a buceta, a loirinha abocanhava uma rola linda, dura e cheia de veias, não muito grande, mas grossa, do jeito que eu adoro…

A Prima mostrava que tinha intimidade com o tronco do Beto, eximia chupadora, engolia a pica quase inteira e fazia ele gemer gostoso, a expressão facial de prazer dele era maravilhosa, quanto mais ele gemia, mais eu queria vê-la engolindo aquele cacete…

Gente estou tão acostumada a situações deliciosas e liberais de sexo, mas ver aqueles Primos fodendo me deixou em estado de êxtase e como ela engolia ele gostoso, não havia dúvidas, Laura era apaixonada pelo Primo ela chupava com Paixão, com Desejo, ajoelhou e mamou feito uma bezerra, delicioso… Pelas minhas pernas escorria meu liquido e o cacete do Léo já quase furava a calça…

Então só tinha que libertar o bruto do meu Maridão e brindá-lo com uma mamada gostosa, antes de engolir, levantei a rola do Léo e lambi suas bolas, tadinho, estavam inchadas e ele guinchou de tesão para meu delírio e prazer…

Agora os dois homens, brincavam de ver quem fodia a boca da parceira mais gostoso, um festival de gemidos, de carinhos, de pegada nos cabelos…Chupa Vadia Isso engole tudo

Parei, olhei nos olhos do Léo…Uma lambidinha no cabresto e me levantei…Olhei para o casal de Primos e ela sorvia o cacete dele como se chupa um sorvete, muito gostoso a volúpia da loirinha, sussurrei no ouvido do Léo Seu dia de sorte Ele sorriu…

Fui até o Beto e fiz o favor de tirar a camisa dele, que já estava suada, acariciei seu peito, cheirei seu pescoço e a loirinha mamando sem parar, uma vaquinha safada, que gostoso vê-la mamando daquele jeito, mas eu já estava mortinha de vontade de ocupar o lugar dela, apertei os mamilos do Beto enquanto Léo já sem roupa se masturbava, esperando ansiosamente pela boca de Laura, ela parecia não estar nem ai com nossa presença, queria era engolir o caralho do Primo

Beto me deu um beijo gostoso na boca, soltando a cabeça de Laura, soltou a alça do meu vestido, a loirinha então percebeu a situação ao levantar a cabeça e ver minha bucetinha quase ao alcance de sua boca, Léo veio para perto de nós e ela passou a acariciar as pernas do meu marido…

Me ajoelhei junto dela, com um ar de cumplicidade, sorri, ela se aproximou e seus lábios tocaram os meus, delicioso sentir o gosto do cacete do Beto na boquinha da Prima não me fiz de rogada e roçamos nossas línguas sem pudor, nos beijamos ardentemente enquanto duas rolas duras e roliças nos tocavam o rosto, o cacete do Léo tocou os lábios da loirinha enquanto a rola morena os meus, fizemos a troca de uma maneira diferente e deliciosa…

Com jeitinho especial, porque eles me deixaram muito excitada, fui engolindo o cacete do Beto de forma a deixar a rola deslizar em minha garganta, entrou tudo, até o talo, olhei em seus olhos e lambi suas bolas, ele subiu pelas paredes segurando minha cabeça, o barulho da boquinha de Laura mamando Léo era o fundo musical perfeito, fui tirando a boca da rola de Beto e voltei a engolir inteira, fui aumentando a velocidade, queria que ele fodesse minha boca, ele entendeu rápido e passou a acariciar minha cabeça enquanto o mastro entrava e saia, que delicia…

Léo goza rápido se a chupada for gostosa e Laura é expert na arte de chupar, então meu maridão me deixou mamando o Beto e levou a loirinha para a cama, onde passou a degustar de sua buceta, e posso dizer que o Léo é tão bom de língua quanto eu, ele sabe fazer uma mulher gozar gostoso em sua boca, logo Laura gemia feito uma ninfetinha…

Beto estava firme, forte e duro, para meu deleite, a rola continuava a foder minha boca e agora com a visão da Prima escancarada sendo lambida ele se empolgava ainda mais, segurei em sua barriga e prendi a rola na minha boca, com a cabeça dentro eu lambia só o canal da uretra, ele gemia gostoso, adoro fazer um homem gemer assim, levantei seu cacete e lambi suas bolas, ele apertava os bicos dos meus seios e gemia gostoso, Beto tem um cacete delicioso, é grosso e cheio de veias, adoro rola assim, mamei mais um pouquinho e peguei uma camisinha…

Léo estava ocupadíssimo lambendo a bucetinha e o cuzinho da loirinha que o ajudava abrindo as pernas e falando sacanagens, Laura é uma Prima muito safada, muito sem vergonha e muito fogosa…

Sussurrei no ouvido do Beto antes de me ajoelhar de novo para colocar a camisinha em sua rola;

Mete com força na minha bucetinha, o Léo gosta de me ver gritar

Aquilo foi como jogar um fósforo num barril de gasolina, o cacete de Beto apontou para o teto, me ajoelhei e coloquei a camisinha com a boca, bem lasciva, bem molhadinho, deixei bem arrumadinho e dei uma lambida gostosa nos bagos dele, para deixar o tronco sarado

Olhei rapidamente para o lado e Léo estava com a cabeça quase dentro da buceta vermelhinha de Laura que gritava de tesão, na porta um casal nos observava, com os bicos dos seios quase se partindo ao meio, abri as pernas…

Beto entrou fácil e gostoso, me segurou com força, me dominando, como gosto de ser comida, o cacete entrou até o talo, senti suas bolas nas minhas coxas, que delicia, saiu na mesma velocidade que entrou e voltou a entrar, ele metia com vigor enquanto Laura segurava a cabeça de Léo e gozava gostoso…

Beto estocava minha xana com fúria, meus seios balançavam, olhei para a porta e vi a rola do cara entrando firme na esposa, ali de pé mesmo, eles fodiam embalados pelo nosso tesão, que pinto gostoso do Beto, grosso, me preenchia todinha, me deixando atoladinha, que delicia;

Toma casadinha gostosa, toma na bucetinha…

Impossível não gozar, procurei os olhos do meu marido, como sempre faço quando gozo na rola de outro homem, nossa cumplicidade veio junto com a língua de Laura em sua rola, enquanto a loirinha engolia a pica do meu marido, eu gemi alto e nós nos entreolhamos, gozei no cacete de Beto, que fodia com mais tesão ainda, meus seios pareciam partir-se ao meio, meu orgasmo foi avassalador, as provocações, as imagens do tesão, os Primos haviam me seduzido por completa, gozei sem pudor e Beto fazia apenas estocar, do jeito que eu gosto, com a rola até o talo ele me fodia como um macho deve foder uma fêmea, com autoridade e tesão…

Léo não agüentou muitas mamadas de Laura e anunciou o gozo, ela ficou de joelhos e ele gentilmente gozou fartamente sobre seus seios, molhou bastante as tetas da loirinha que foi ao delirio com meu maridão…

A cena foi deliciosa e Beto também estava proximo de explodir em prazer, pedi que gozasse em meus seios também, ele tirou a camisinha rapidamente e eu me ajoelhei, ele se masturbou apressadamente, gritando e gemendo alto, do jeito que eu gosto de ver um homem gozar, com estilo e tesão, ele direcionou a rola nos meus seios, mas eu queria seu esperma no rosto…

E ele entendeu meu desejo, me lavou o rosto com esperma, uma golfada mais farta que a outra, ele gozou gritando e molhando todo meu rosto, gozou na minha testa, entre o nariz e a boca, em minha bochechas, fiquei com o rostinho todo melado de porra e sentia seu caldo escorrer pela minha face, que macho gostoso…

Laura veio de joelhos para perto de mim…

Léo sentado na cama, fez o prenuncio do fechamento com chave de ouro…

Beto não imaginava a situação, quando ouvimos o gozo do casal na porta, tremendo e desfalecendo de prazer…

A loirinha chegou bem perto de mim, e novamente encostou seus lábios nos meus, apenas um selinho, empinou os seios durinho e recheados de esperma do meu maridão…

Só fiz dobrar o pescoço e levar a língua naquelas aureolas intumescidas…

Mamei a loirinha que gemia gostoso, enquanto eu sorvia o leitinho do meu Maridão…

Ela retribuiu o carinho, nós nos limpamos e deixamos nossos homens extasiados…

A noite terminava com um gostinho de quero mais, mas agora aqui no Rio, onde pretendemos conhecer melhor qualquer dia desses, os Primos Safados

Que delicia…

Com carinho,

Flavinha Mel.

Referência do Anúncio ID: CT-000035738

Não há Tags

7069 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 69 Guests, 15 Bots