Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

O que ela tem de experiência, não tem de idade

  • Publicado em: 28 de setembro de 2017 15:58
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

É meu primeiro conto, então não acho que vá ficar do jeito que eu quero, mas vamos lá.
Bom, primeiro vou começar me descrevendo. Eu tenho mais ou menos 1,80 de altura, sou magro mas um pouco definido, cabelos pretos e olhos castanhos claros. Por mais que eu não ache lá grande coisa, todas as garotas com quem fiquei elogiaram bastante meu pau.
Bom, vamos lá. Eu sou carioca, morei no Rio até os 18 anos e depois fui morar em Floripa. Depois desse um ano em Floripa, me mudei pra Manaus e cá estou eu. Tenho 20 anos agora.
Aqui em Manaus, as praias são de rios, não de mar. Isso no começou me pareceu bem merda, mas depois eu fui acostumando. Certa vez, fui a praia com uns amigos, e acabei me separando deles em um dado momento. Como eu tava de mochila, não queria deixar a mochila na areia pra ir nadar, e fiquei só sentado. Passou uma menina com duas amigas. Passaram normal, conversando, e obviamente meu olhar foi atraído por elas. Por uma delas, especificamente. Ela era relativamente baixa, devia ter 1,58, por aí, tinha cabelos cacheados, usava óculos, usava aparelho e tinha uma bunda fenomenal. Barriguinha chapada, coxas definidas… aquele tipo de mulher que gente como eu só olha sabendo que nunca vai pegar. Para minha surpresa, depois de ter se afastado, uma delas voltou. Não era minha querida futura esposa, mas era uma amiga dela. Disse olá e perguntou se estava tudo bem se sentar, e eu disse que sim. Fez as perguntas básicas, meu nome, quantos anos… Quando eu disse de onde era, ela se encantou. Essa moça também era bonita, mas não tanto quanto a outra, então eu fui deixando e fazendo o papo fluir. Ela disse que não podia se distanciar muito das amigas, então teria que ir embora. Eu disse a ela que ficasse, porque eu estava de moto, e, apesar de não conhecer nada daquela área(morava bem longe da praia), era só ela me guiar e eu levaria ela depois. Ela concordou e continuamos o papo.
Ela nem mesmo deixou eu tomar a atitude. Se debruçou e me deu um beijo, e disse que não queria mais ficar ali. Ela disse que na casa dela não podia ser porque morava com os pais, sugeri um motel, e aí que foi a minha surpresa. Ela só tinha 16 anos.
Fiquei tão sem ação que só disse que ia embora. Ela me puxou pelo braço, disse que aquilo não era nada, que ela queria e qual era a diferença se ela tinha 16 ou 18?
Eu relutei, mas nesse momento ela discretamente pegou no meu pau por cima da sunga e disse “não vale dizer que não quer”. Apesar de ser longe, levei ela lá pra casa. Mesmo no caminho, ela já vinha me abraçando na moto e pegando no meu pau. Quando chegamos, não perdi tempo. Joguei ela na parede, com a bunda empinada, e ela começou a dizer putaria. “ta doidinho pra me fuder né?”, “se não me comer bem, eu não volto mais”. À medida que fui tirando o short dela, já desci seu corpo com a boca e fui beijando sua bunda(que não era tão grande quanto a da amiga, mas era linda). Uma bela bunda, redondinha e com a marquinha do bíquini. Comecei a chupar e ela puxando meu cabelo e gemendo alto pra caralho. Ela gozou, me levantou, e sem cerimônias, pegou meu pau e enfiou na sua buceta. Foi a primeira menina mais nova que eu fiquei, e não sei se era por isso, mas que buceta gostosa de fuder. Sentia ela contraindo e apertando meu pau, e a vadia gemendo como meu pau era gostoso, que ela não queria tirar ele de dentro dela. Se tem uma coisa que me dá um puta tesão é falarem essas coisas sobre meu pau. Ela passou a perna pelo meu ombro. Ela tinha 16, mas provavelmente tinha mais experiência que eu com 20(já que eu só tinha namorado e transado com uma menina até então). Quando ela viu que eu estava perto de gozar, começou a rebolar e disse pra gozar dentro, que ela queria sentir minha porra. Eu já tava preocupado pra caralho de não ter usado camisinha, imagine gozar dentro. Nem fudendo. Tirei e ela fez questão de abrir a boca e engolir tudo, e ainda lambeu pra pegar todo o resto que tava nela e no meu pau.
Depois disso, ficamos mais algumas vezes, mas ela acabou se apaixonando e eu não queria
namorar. Consegui até mesmo convencer a ela a trazer aquela amiga dela pra cama com a gente, mas isso fica pra outro dia.
É isso. Se tiver um bom feedback, eu conto mais.

Referência do Anúncio ID: 54559caeae222e0e

Não há Tags

343 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: LBCG3
  • Membro desde: 19 de novembro de 2014

Contos publicados por LBCG3

  • O Autor não publicou outros contos.
Últimos itens anúnciados por LBCG3 »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: mm6, 131 Guests, 31 Bots