Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

O vendedor de detergentes

  • Publicado em: 26 de janeiro de 2015 09:32
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

A minha vida sexual foi muito ativa,desde jovem,muito sexo,aventuras e muitos parceiros,mas apesar de tudo foi uma boa vida.
Estou escrevendo os acontecimentos da minha existência através dos contos intitulados de “A Descoberta”,são muito acontecimentos,então decidi contar essa história que aconteceu,uma das muitas que aconteceu ao longo da vida,fora da sequência normal que estou trilhando…

Sempre tive uma predileção por caucasianos,louros de olhos verdes,e muitos passaram na minha vida,estilo playboy,Bad boys e até um neo-nazista,apesar de eu ser moreno.
Mas também sempre gostei dos tipos simples,rústicos,populares.
Quando tinha 18 anos de idade,ocorreu uma experiência sexual em 1994.

Em uma tarde,estava em casa,aproveitando que estava só e assistindo um filme de sacanagem quando a campainha tocou,então me levantei e fui ver quem era.
Ao abrir o portão pude ver que era um rapaz vendendo detergente caseiro.
Era mulato,de olhos castanhos,aparentava ter uns 17 anos,corpo bonito,rosto nem tanto, pernas fortes e torneadas,presumo que devido as longas caminhadas do dia a dia.

Então ele disse:
-Bom tarde moço,gostaria de comprar detergente caseiro?
Tem de laranja,limão,lavanda e coco.Quer ver?
Ele estava um pouco suado,afinal carregava vários frascos de detergente descendo e subindo rua.
Então bateu aquele “momento maldade”,bateu uma fissura,excitação,uma vontade,de fazer uma sacanagem,então o chamei para entrar e sairmos do calor.
Perguntei quanto era,e comparado com um frasco de detergente industrializado o valor era baixo,mas não se comparava quanto a qualidade,obviamente.
Chamei ele para entrar e sentar na sala,onde o filme estava rolando.

Ao ver a cena,pude ver que ele gostou,então perguntei a ele se tinha algum aberto para ver a qualidade do produto,ele negou mas abriu um frasco para testar.
Deixei-o na sala vendo o filme e fui lá e ainda lavei 2 copos limpos.
Saí pela lateral da casa para entrar pela porta da frente,pegando ele por trás.
Quando cheguei,peguei ele batendo uma bela de uma punheta pela perna da bermuda,chega dava para ver o cacete envernizado.
Parecia um charuto,comprido e grosso,ele se mastubava e olhava para o corredor,pois a cozinha lá de casa,ao contrários de alguma que ficam de frente a sala,se situa na parte de trás da casa.
Resolvi entrar e logo dei-lhe um susto:
-Caraaaalho! Disse eu.
O boy só faltou ficar branco,e rapidamente envergonhado,escondeu a bela rola.
-Me desculpa moço,disse ele.
Aí eu disse:

-Besteira! O que você acha que eu estava fazendo antes de você chegar?
Gostou do filme?
-Cacete boy,que filme primeira,fazia tempo que eu não assistia um…

Eu não era santo,então explorei uma das piores fraquezas humanas,o sétimo pecado capital:a vaidade…Então eu disse:
-Nossa moreno,você deve ser o terror da mulherada,sua namorada deve sofrer com você…
Porque acha isso? disse ele.
-Nunca vi uma rola tão grande como a sua,é enorme,deve fazer sucesso também…
Dava para ver o volume em seu calção,duro como pedra,então fui direto e cara de pau e disse:
-Posso ver ele de novo?

Então ele como todo “machinho”se fez de ofendido e disse:
-TÚ É FRESCO É BOY?! “TÁS” NESSA É?! Eu gosto de buceta…E para desconversar,ele disse:

-E aí? Vai comprar ou não o detergente?Gostou do produto?Eu não posso demorar,tenho que andar muitas ruas ainda…
Eu perguntei:- Está com pressa?você trabalha só ou tem alguém esperando?Você é empregado ou patrão?
Não boy,tenho que trabalhar,eu trabalho só e o produto é meu,mas cada minuto perdido é dinheiro perdido.
Então fui logo direto e disse:

-Vamos fazer o seguinte,escute minha proposta,não me leve a mal,o negócio é o seguinte:Dá para ver que você é um cara trabalhador e de família,um cara batalhador.
Eu gostaria de oferecer Cr$ 10.000 cruzeiros para chupar sua rola,na moral,você aceitaria?
Ele ficou na dúvida,meio que sim,meio que não,tentando se esquivar,que não era disso ,então eu disse:
-Eu nunca fiz isso de chamar alguém para essas coisas,mas achei você um cara legal,nós nunca iremos nos ver novamente,não tem perigo.
Cr$ 10.000 cruzeiros por uma mamadinha?
-Sim…

Ele então tirou a rola pela perna da bermuda,eu me ajoelhei para chupar,mas o odor de suor e rola não me agradou,então me levantei e pedir para ir lavar o bicho na pia do banheiro,então de súbito ele puxou meu braço e disse:
-Lavar rola o cacete viadinho! Você não queria mamar uma cheia de veia?!
Vai chupar minha rola suada e melada de gala seu frango…
Está esperando o que?!Começe a mamar puta!
Então me ajoelhei entre suas pernas e apesar do gosto,comecei a mamar com vontade.
Ele puxava minha cabeça com vontade,as vezes quase eu chegando a engasgar.
Enquanto eu mamava aquele nervo inchado ele gemia e falava putarias:

-Aaaah!Aaaah!Isso…Isso minha putinha…Huuum…huuum…Assim…Assim…Mama seu negão sua rapariga!
Dá para ver que você gosta de um cacetão suado na sua boca,vou encher ela de “detergente” de coco quentinho seu frutinha!
Eu continuava a mamá-lo,como um bezerrinho chupando um nervo duro.
– Huuum…Que boquinha de mel seu playboyzinho!engole minha rola, engole gostoso,a brincadeira só está começando agora… Huuum…
Eu já não agüentava mais suas estocadas,fudendo minha garganta como uma boceta,meu maxilar já estava a doer,então o garoto inesperadamente começou a encher minha boca de leite quente.
-Isso viadinho… Lá vai! engole putinha safada! Ahrrrrrrrrrrrr… Ahrrrrrrrrrrrr…
Quando eu já ia tirar minha boca ele disse:
-Continue a chupar frango!Quero ver minha rola durinha novamente…A sacanagem só está começando.
Depois de umas mamadas o bicho deu sinal de vida e ele logo ordenou:

-Vai fresco!Se ajoelha aqui no sofá porque a brincadeira vai começar agora…
Eu não quero dar,só queria chupar sua rola,disse eu.
-foda-se!O negócio é que eu quero comer seu “frezado” e não estou nem aí se você quer ou não,eu estava na minha vendendo detergente,agora vou arregaçar seu rabo…
Eu com medo e sabendo que não tinha jeito,resolvi aceitar e disse:
-Tudo bem,deixa ao menos eu pegar umas camisinhas e um lubrificante.

Me segurando ele falou que não gostava e disse:
Porra de camisinha e lubrificante!Eu vou comer seu rabo no seco e encher ele de leite! Vai ficar uns três dias sem sentar direito seu baitola…
Então ele me virou a ficou passando o pau no meu rabo,ele colocou a cabeça na entrada e começou a empurrar,mas nada de entrar,doia muito,eu gemia e falava que estava doendo e ele disse: “fica quieto fresco,vou comer seu rabo de qualquer jeito”. Ele empurrava e não entrava,estava ficando doloroso, ele então começou a passar saliva na cabeça e foi enfiando a rola com força, na hora que aquela cabeça entrou eu gritei:

-Aaaai!Aaaai! Para!Para!Para!Tira!Tira!Tá doendo caralho…Quer me rasgar porra?!
Calma viadinho, deixa de frescura!Já já a dor passa e você vai rebolar igual uma puta no meu cacete… Depois você vai gostar tanto que vai me esperar toda semana.

Ele ia forçando,fazendo um vai e vem sem parar,me fazendo ir a lua e voltar de dor…Mas aos poucos foi se transformando em prazer,minhas pernas estavam bambas,sentia meu corpo tremer e minha temperatura também.
Então “baixou”o “aplicativo puta” em mim,já estava adorando aquela situação e comecei a gemer e rebolar em seu cacete.
-Aaaah…Aaaah…Isso!Assim! Vai meu nego gostoso,mete essa rola cheia de detergente de coco em mim!Enche sua putinha de leite…
Aaaaahhhhhhhhhhh!!!!!! caralho… como é bom dar o rabinho, como é bom dar o rabinho…. puta que o pariu!!!!
Rebolava como uma rapariga de puteiro e empurrava o rabo para trás freneticamente.

-Rebola…rebola…isso minha putinha!Faz seu macho gemer!Bem que eu desconfiava…Vou meter tanto,mas meter tanto que vou arregaçar esse cuzinho.
Vocês playboys filhinhos de papai adoram rebolar num cacete…Depois de algumas sequências de gostosas estocadas depois,o moleque chegou ao momento esperado:
Estou quase gozando boy!Quase gozando!Vou encher esse rabinho de porra seu viadinho do caralho…
Então em segundos,senti jatadas quente de porra dentro do meu rabo.

-Uuuuuuuuuuuuuuh!Uuuuuuuuuuuh!gozada gostosa da porra!vai ficar com o rabinho cheio de leite viado!
Depois da trepada,eu me vesti,pois o único nu era eu,que trajava somente uma regata..
-E então boy,cadê meu dinheiro?
Então fui ao quarto e peguei 10.000 paus e dei a ele e o acompanhei até o portão,então ele disse:
-valeu pela trepada fresco,se eu soubesse já tinha passado aqui a mais tempo.

Próxima semana vou trazer meu irmão para você conhecer,você vai adorar…nós vamos arregaçar esse rabinho…Algum problema?
-Não,então pode vir, eu ficarei esperando vocês…
Rapidamente,fui até a sala,fiz a limpeza,tomei um banho e depois me deitei para um descanso merecido,esperando ansiosamente por uma próxima semana…

Referência do Anúncio ID: 91754c47d8c4c4b9

Não há Tags

2650 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 339 Guests, 34 Bots