Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

PEGANDO TAXISTAS

  • Publicado em: 11 de outubro de 2004 11:38
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Meu nome é Eduardo, moro no Rio de Janeiro e o que vou contar pra vcs há muito tempo quero compartilhar. Adoro piroca. O ato de mamar, chupar, sugar, segurar, sentar, só de imaginar já começo a me excitar. Descobri já fazem alguns meses uma brincadeirinha até então desconhecida: seduzir taxistas. Procuro geralmente tomá-los em pontos onde haja sinal de trânsito. Assim posso avaliar bem a cara do sujeito, manjar a rolona, e já viajar nas fantasias do que está pra rolar. Essa buscajá me deixa molhadinho de tesão e com cuzinho piscando. Não demora pinta um. Geralmente ele já me sacou na calçada com olhar insinuante e pidão e passa devagarzinho se oferecendo. Ignoro e não demora ele volta a passar. Daí eu pego. Sempre sento na frente, lado a lado com o objeto do meu louco desejo. Taxis com numerozinhos nas laterais em geral são mais propensos a sacanagem porque são diaristas e adotam um vale tudo para conseguirem grana extra. Essa semana peguei um de nome Augusto. Mineiro, másculo, camisa aberta, pelos do peito visíveis, musculoso e com aquele sotaquezinho que me enlouquece. Bem mulherinha de cara defini a ele o caminho que eu queria e cruzei as pernas dando o tom do que eu era e tava afim. A seguir peguei uma garrafa de refrigerante e quase simulando um boquete com a garrafa eu ofereci um gole a ele. Me disse que preferia cerveja e começou a apertar o pau dele fazendo croquete. Confessou estar louco por uma cerveja. Quase me transformei em uma loira gelada para ser alvo daquela boca gostosa me golpeando em goles vigorosos , fortes, sedentos de tesão. Uhhh!!!!!! Perguntei se ele era casado e fiel e foi a deixa para a temperatura daquele carro aumentar violentamente. Falou que não era fiel porque todo mundo gosta de pica e que eu queria mamar uma. Estremeci e voltei a tentar ter domínio da situação. Ele tirou o pau pra fora e pude contemplar aquela geba maravilhosa, grossa, brilhante que parecia lustrada. Avancei a mão nela e comecei a punhetá-lo como uma putinha iniciante. Ele adorava e colocava a língua pra fora e mordia emitindo gemidos abafados altamente excitantes de se ouvir. Ahhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!! Eu já estava fora de mim bem bandida e solta na vida. Caí de boca e com a mão ele violentamente empurrava minha cabeça de encontro àquela tora maravilhosa e me puxava pelos cabelos com força. Me sentia tendo minha boquinha estuprada. Cruzamos o Rebouças nesse boquete frenético. Enquanto isso me xingava de todos os nomes possíveis e que tanto me aguçam: viadinho, putinha, bichinha. -Mama no teu macho vai! Ordenava ele ameaçadoramente. Uiiii!!!!!!!!!!!! Levantei um pouco porque ele estava prestes a gozar aquele leite quente, volumoso , viscoso e brilhante e eu queria estender ao máximo aquela experiência sobre quatro rodas em movimento. Me pediu então que eu mostrasse meu pauzinho e então eu abri a minha calça arriando até a altura do joelho e meio sem controle eu esfregava minha bundinha naquele banco de couro siliconado. Ai que tesão louco! Foi então que ele começou a me dedar o cuzinho com força me arrancando arrepios de tesão e gemidos de dor. Em seguida ele agarrou meu pau com a mão e começou a me masturbar . Ai que mão grossa, calejada, mãos de macho! Tive a impressão que na terceira esgarçada que ele desse nele eu iria sucumbir ao gozo profundo e desmaiar. Para que eu não gozasse ele começou a me punhetar e parar. Voltava , esfregava com alguns dedos minha rolinha como se estivesse fazendo uma cosquinha erótica e parava. Eu não agüentava mais! Queria desesperadamente gozar e anunciei que o faria. Ele recusou com receio que seu carro ficasse com as marcas do nosso sexo proibido . Do jeito que eu estava era capar de jatear meu gozo direto no vidro dianteiro do carro tamanho era meu tesão. Pouco antes de parar o carro eu implorei para me tocasse aquela espécie de siririca que eu gozaria por cima da minha mini cuequinha apertada. E assim foi …ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!! Que esporrada contida fenomenal! Quase desfaleci por obra daquela macho mineiro sacana e safadão. Me recompus, voltei a ser uma dama , subi minha calcinha , fechei , paguei a corrida a maior e saltei absolutamente SA-CI-A-DA.

Referência do Anúncio ID: CT-000022631

Não há Tags

6858 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

Contos publicados por delicinhadade4

Últimos itens anúnciados por delicinhadade4 »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 43 Guests, 6 Bots