Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Primeiro banho de banheira na casa dela

  • Publicado em: 5 de fevereiro de 2018 14:40
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Este foi o primeiro banho na casa dela. O amor da minha vida

Era uma terça feira, e estava chovendo muito, e eu só em casa, as 19 horas eu bastante preocupado por que havia perdido meu celular, então tive a ideia de ligar para ela de um outro aparelho do trabalho para que ela visse que horas eu havia estado on-line, tinha dúvidas se iria atender, mas ela atendeu, eu disse quem era e contei sobre o celular e então ela disse que horas eu tinha aparecido on-line.

Entre algumas ligações e um período de meia hora, na última ligação eu estava mais tranquilo pois ela me deu uma sugestão de como tentar localizar, voltei ao trabalho e consegui localizar o aparelho, nesse momento ela contou que estava entrando na banheira quando eu liguei pela primeira vez e após um breve dialogo ela disse, você quer vir aqui, eu após refletir por 0,003 milésimos de segundos disse sim. (rsrsrsr) e ela disse, mas eu estou entrando na banheira e vc tem que entrar comigo, aquilo parecia mais um abono quadriplicado de natal e aumento de 300% no salário, inacreditável, então eu fui e aproveitei para levar algumas coisas que havia comprado na ultima viagem para ela.

Em 10 minutos estava dentro da garagem de sua casa, ela saiu de toalha para me receber, mas após uns minutos disse para eu sair da garagem, pois o filho estava vindo de outra cidade e podia me pegar lá, com calma, mas um pouco triste sai rapidamente e estacionei duas quadras distantes, pensei que havia dado tudo errado, mas em menos de 5 minutos ela ligou e disse pode vir, e ai sim.

Novamente na garagem, e ai tudo certo, entramos pelos fundos na cozinha e ela de toalha, após a recepção pelo totó, cachorrinha de estimação, eu a abracei bem gostoso e fiquei alguns minutos sentindo o seu cheiro e o seu calor, estamos a mais de 4 anos juntos, e no entanto há mais de 20 dias que não há via.

Fomos então para o quarto e depois para a banheira, a água era quentinha e lá fora se ouvia a chuva caindo, a luz suave do banheiro contrastava com aquela linda mulher sentada a minha frente com aquele sorriso estonteante.

A princípio um bom bate papo, afinal somos amantes a moda antiga, sem stress, sem pressa, dei a ela a caixa de chocolates com recheio de vinho, a lembrança para bordar em uma jaquetinha que ela tem um chaveiro e a palavra AMOR escrita em 3D na madeira.

Então me aproximei, ambos na banheira e nos beijamos deliciosamente por longos minutos, ora ela se afastava e ficava tocando no meu penis dentro da água, não havia pressa para nada, era como se fosse um ritual de acasalamento que estava prestes a acontecer.

Eu esfreguei as suas costas, ela a minha, ela lavou o meu rosto com uma mistura de cremes deixando a pele bem lisa e suave, comemos chocolate, tomamos uma cerveja e o papo agradável fluía naturalmente.

Ela saiu da banheira e foi para o chuveiro, fui em seguida e novamente uma bela ajuda para lavar os cabelos com seus produtos de beleza e assim estávamos prontos para a cama, se alguém entrasse naquele momento, com certeza poderia sentir o doce perfume do amor e da paixão pairando no ar.

Em seguida cama, ela se deitou e mais uma vez pude vislumbrar a pessoa que eu mais amo ao natural, nua, linda, cheirosa e com um sorriso estonteante, calmamente deitei sobre ela e a beijei calmamente, o momento era único, ambos felizes e impecáveis após o maravilhoso banho.

Deitado sobre ela podia sentir o verdadeiro gosto da paixão, eu a beijava, mordia levemente e ela se contorcia de prazer e alegria, nós nos amamos e isso faz toda a diferença, comecei a deslizar pela cama de forma a que os meus lábios pudessem tocar em outros lábios, um pouco mais abaixo, e assim o fiz por muito tempo, a medida que minha língua percorria cada milímetro daquele local em diversos movimentos podia sentir a satisfação dela, até que minha boca sentiu o gosto de seu prazer, também visível, pois os movimentos de seu corpo diminuem de intensidade.

Mas o momento era único e ainda existiam caminhos a percorrer, novamente fiquei sobre ela, abraçadinho, beijando, cheirando, amando, então, comecei a direcionar meu órgão lentamente e fui penetrando-a de forma bem suave, à medida que entrava íamos a loucura, apertei forte na primeira vez e deixei ele dentro, ela apertava e eu podia sentir as contrações, comecei então a realizar movimentos firmes, de forma que pressionavam o sei clitóris, ora mais rápido, ora com mais firmeza, deixava ele dentro um pouquinho para sentir o seu calor, então em movimentos rápidos novamente senti o liquido e percebi o corpo dela mais uma vez relaxando.

O suor e o gosto do amor estavam em nossos rostos e lábios, após um tempinho sem deixa-la, na mesma posição, continuei, pois ainda não havia chegado ao final, novamente comecei com força e nesse momento eu a beijava com paixão e a abraçava com força, pois queria chegar, sentir o prazer e dessa vez juntos, logo aconteceu e foi uma sensação maravilhosa, fazer amor com quem se ama é surreal,
é divino, é indescritível.

Mais uma vez o sentimento de felicidade por estar ao lado de quem se ama e poder experimentar do seu sabor de mulher me deixa sem palavras.

Ainda não estamos juntos, mas a cada encontro, a cada beijo, sinto que o nosso tempo esta chegando, eu tenho estado calmo, paciente, ouvindo muito e falando pouco, creio que um dia esses momentos continuaram a ser mágicos como foram ontem, com apenas um detalhe, eu poderei ajeitar o travesseiro e amanhecer ao lado dessa mulher maravilhosa.

Hoje na troca de áudios pelo whatsapp a frase era a mesma,

Sem palavras . . .

“Existem momentos que são únicos”

Referência do Anúncio ID: 5105a5ace15d439d

      

575 visualizações, 0 hoje

  

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

Contos publicados por Claudio Marcos

Últimos itens anúnciados por Claudio Marcos »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 90 Guests, 21 Bots