Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Que ferias que passei na casa do meu irmão

  • Publicado em: 28 de outubro de 2009 13:00
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

O que vou relatar aconteceu neste final de semana onde fui passear uns dias de minhas ferias na casa de meu irmão, e quando cheguei ao comprimentar a todos e vi minha sobrinha Dirceia fiquei de queixo caído, pois fazia muito tempo que não nos vaiamos que coisa linda com os seus 22 aninhos quando me veio e me deu um abraço senti aquele corpo junto ao meu ai o bicho pegou pois ao sentir seu cheiro tive que disfarçar pois fiquei de pica dura na hora, era um tesão que nutria por Dirceia a muito tempo mais sempre a respeitei sabendo que ainda era uma menina e não queria fazer nada errado na época, mais naquele dia me passou muita coisa pela minha cabeça e me dizia agora não e mais uma menina e sim uma mulher, mais para minha surpresa o meu irmão me falou que não ia poder ficar para fazer sala para mim pois estava de viagem marcada para Bahia não podia perder o que falei tudo bem que iria ficar na casa de outra irmã que morava na mesma cidade o que me falou nada disto Dirceia vai ficar e fará as honra da casa lhe fazendo companhia assim não vai ficar só até nos voltarmos pois vai ficar suas ferias toda aqui mesmo, o que acabei aceitando e pensei comigo não vai prestar ficar aqui com esta deusa junto de mim, levamos eles até o aeroporto para embarcar e voltamos para casa e quando no caminho Dirceia me pediu para que descemos uma para em uma lanchonete para comprar um lanche pois queria comer algo antes de ir se deitar e quando vi aquela deusa saindo do carro nossa me deu um calor, pois usava uma saia curta, e fiquei todo vaidoso quando entramos na lanchonete e todos ficaram nos olhando até teve um rapaz que falou que coroa de sorte isto não cai na minha mão o que olhei e dei uma risada como dizendo ainda não caiu na minha, fiquei a espera enquanto Dirceia comprava os lanches e para minha surpresa a mesma alem dos lanches comprou meia dúzia de cervejas em lata e de refrigerantes e me olhando me falou e para o senhor tio, mais percebi que não era só eu quem ia beber, e voltando para o carro notei que Dirceia já não se preocupou em puxar a sua saia o que deixou suas coxas a mostra e notei as grossuras delas e percebi que estava de calcinhas vermelha onde dava para ver o contorno da sua bucetinha aqui já me deixou de pica dura só imaginando o que ia acontecer naquela noite junto daquela deusa de mulher. Percebi que quando Dirceia ia trocar de marcha passava as pontas dos dedos em minha coxa e me olhava com uma cara de safada o que estava adorando aquilo ao chegarmos em casa falou em fim sós, já na garagem foi tirando sua blusa e sua saias e ficando só de calcinhas e sutiã e dizendo esta gostando tio agora o senhor vai conhecer o outro lado meu pensa que não percebi como o senhor ficou quando deu aquele abraço e como vem me olhando o dia todo e na lanchonete ficou todo alegre quando os garotos falou daquele jeito quanto a mim vou adorar ficar com você e um sonho que tenho desde menina me imaginando em seu colo sentado na sua pica duro me fazendo de sua putinha, aquilo foi um sinal verde e juntou a fome com a vontade de comer, entramos para dentro onde também tirei minhas roupas ficando só de cuecas e ali mesmo na sala já fui agarrado Dirceia o que me falou calma tio vamos brindar este nosso encontro que espero que seja tudo que imaginei e abrindo uma cerveja para nos bebemos, e depois deitamos no sofá e começou o amasso, como estava desconfortado Dirceia convidou para irmos para o seu quarto já que la tinha uma gostosa cama de casal nos ficaríamos mais a vontade para fazermos tudo, quando entramos no quarto Dirceia pegou a maquina fotográfica e pediu para tirar umas fotos sua o que com sua permissão estou colocando aqui para vocês me dizer se e ou não e uma deusa esta muleca e assim que a chamo, e depois de tirado as fotos deitamos onde Dirceia me falou que podia ficar calmo pois desde que chegou a maior idade vem tomando remédio para não ficar gravida pois adora uma safadeza quando seu namorado que vem lhe visitar já que não mora na mesma cidade por motivo do seu emprego, nossa comecei a fazer as coisa que Dirceia ia me pedindo que loucura pois queria ficar de cócoras na minha boca onde poderia chupar sua boceta e seu cuzinho ao mesmo tempo o que adorei fazer e depois pediu para fazermos um 69 com isto lhe enfiava o dedo em seu cuzinho fazendo gemer de prazer, nossa que coisa gostosa aconteceu até o final de semana pois no sábado tive que deixar Dirceia ficar com seu namorado sabendo que na segundo seria só minha, até tive que conter para não demonstras meu ciume de velos juntos e pegando naquele corpo lindo e percebi que Dirceia ao me ver ai que fazia de tudo para me deixar com ciume o que quando passava por mim lhe falava espera que depois te dou o troco viu sua safada o que ria e dizia temos mais duas semana para nos continuar sendo um casal viu seu velho safado, no dia que seu namorado foi embora antes Dirceia fez questão de fazer sexo com Carlos e não tomou banho e assim que ficamos a sós chamou-me em seu quarto e pediu vem tio me fode e sinta a porra do Carlos na minha boceta como um doido fui para cima meti gostoso sentindo como Dirceia esta cheia da porra do Carlinhos que delicia, aqueles dias até meu irmão voltar fomos o dono da casa pois fizemos sexo em todos os cantos até na garagem que era uma fantasia de Dirceia, foi umas das minhas melhor ferias que passei na casa do meu irmão pena que minha esposa não quis ir por de ter que trabalhar também sabia que não ia ficar só por aqui, pois temos um casamento aberto e liberal como já relatei em outros contos meus.

Referência do Anúncio ID: CT-000048232

Não há Tags

11137 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: joaohbrito67, 326 Guests, 13 Bots