Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Querido diário,

  • Publicado em: 21 de setembro de 2017 17:38
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Querido diário, hoje aconteceu uma coisa muito incrível. Eu estava voltando para casa e um cachorrinho ficou pulando atrás de mim e quando parei pra esperar um carro passar e eu atravessar a rua, o cachorrinho ficou cheirando minha bundinha. Pode parecer estranho, mas fiquei toda molhadinha, dava pra ver através da minha calça que estava enterrada bem fundo na minha xaninha.

Quando o carro passou voltei a andar e o cachorrinho foi embora. Fiquei um pouco decepcionada, eu estava realmente me sentindo excitada. De qualquer forma, continuei seguindo meu caminho e logo estava no meu bairro. Como sempre as ruas estavam bem escuras, pois os moleques não perdiam tempo quando o assunto era quebrar as lâmpadas dos postes. Será que eles não têm mais o que fazer?

Eu estava passando por uma dessas ruas, quando vi uma sombra de um homem um pouco mais à frente. Parei um pouco assustada e perguntei quem estava ali, mas ele não respondeu. Não ia ser fácil voltar porque o caminho era longo demais pra contornar, então resolvi seguir em frente e qualquer coisa eu corria o mais rápido que eu conseguisse. Quando fui chegando perto do lugar onde ele estava, vi-o se aproximando e comecei a acelerar meu passo. Ele me pediu pra esperar e então comecei a correr. Só que então ele pediu, por favor, e disse que estava sentindo muita dor. Parei e olhei então pra ele, e ele estava abaixado. Cheguei perto devagar e perguntei o que ele estava sentindo e ele falou que um bicho tinha entrado na roupa dele e estava mordendo. Eu perguntei onde estava e ele disse que estava na calça e realmente tinha um volume muito grande, eu nunca tinha visto algo assim. Perguntei então se estava ali dentro e ele disse que sim e que estava doendo muito e que ele já tinha tentado, mas não conseguia tirar, então pedi pra ele me deixar ver.
Ele abriu a calça e o pau dele saiu pra fora e estava muito inchado e roxo e as veias pareciam que iam estourar. Então ele me disse que estava dentro do pau dele e que não queria sair e que por isso estava tão inchado. Então perguntei como que fazia pra tirar e ele falou que eu deveria pegar com as duas mãos e esfregar pra cima e pra baixo. Eu comecei a esfregar e ele disse pra apertar que o bicho ia acabar saindo. Enquanto eu fazia isso ele gemia muito e fiquei com dó dele e queria que o bicho saísse logo, mas por mais que eu esfregasse, ele não saía. O homem falou que uma vez já tinha entrado outro bicho e que a prima dele teve que chupar pra sair, aí eu disse, “credo, e se ele sair na minha boca?”, aí ele disse que era só cuspir e ele me dava um refrigerante depois pra tirar o gosto. Achei interessante, afinal eu ia ganhar um refrigerante só por ajudar aquele pobre homem, e eu já estava com muita dó dele. Então coloquei o pauzão dele na minha boca, era tão grande que nem cabia direito e comecei a chupar com toda minha força. Ao mesmo tempo fiquei esfregando pra ver se o bicho saía mais rápido, mas fiquei um tempão fazendo isso e o bicho não saiu. O mais estranho foi que enquanto eu tentava tirar o bicho, senti minha calça ficando molhadinha de novo igual quando o cachorrinho tinha me cheirado mais cedo e logo eu já estava bastante excitada. Isso era muito estranho e eu não conseguia entender, porque eu estava ficando excitada tentando tirar o bicho do pau daquele homem?

Ele estava gemendo muito ainda e disse que não estava adiantando. Então ele falou que a última coisa que podia dar certo era colocar o pau dele na minha xaninha e esfregar bastante lá dentro, que era o melhor jeito que a prima dele tinha descoberto pra tirar esses bichinhos maus de dentro do pau dos outros. Então eu abaixei a minha calça e tirei a calcinha e ela estava toda meladinha, eu nem sabia de onde vinha tanta água, estava muito molhada mesmo. Aí o homem colocou o pau dele na minha xaninha devagar e parecia que era um cavalo de tão grande que era, minha xaninha parecia que ia rasgar, doeu muito, mas quando entrou parou de doer e eu comecei a esfregar o pau dele bem rápido. O homem continuava gemendo e disse que o bicho estava quase saindo e que conseguia senti-lo caminhando. Fui esfregando cada vez mais rápido e ficando cada vez mais excitada, parecia que meu corpo todo estava feliz de estar ajudando aquele homem. Estava muito bom e eu comecei a pensar que aquele bicho podia ficar mais tempo lá dentro. Fiquei esfregando sem parar e meus mamilos estavam tão durinhos que dava pra ver através da camisa. Eu sentia uma vontade imensa de esfregar o pau dele pra sempre, eu estava tão molhadinha que estava escorrendo no pau dele e ele disse que o bicho ia afogar e morrer. Estava tão bom que esfreguei cada vez mais e mais até que senti uma sensação incrível e muita água jorrou da minha xaninha como se fosse um rio. Ao mesmo tempo ele começou a gemer mais alto e falou pra mim chupar de novo que já estava bem na ponta. Então eu chupei com toda a força e esfreguei. O homem gemeu muito forte e uma coisa branca e quente saiu na minha boca. Era meio salgado e o homem disse que o bicho tinha estourado e pra mim cuspir.

Eu cuspi e ele me agradeceu e perguntou se podia me dar o refrigerante amanhã, porque estava sem dinheiro naquela hora. Eu disse que sim. Ele disse então que trabalhava dedetizando as casas e que quase todo dia um bicho entrava no pau dele. Aí eu falei que se entrasse de novo amanhã que ajudaria ele a tirar e ele disse que me daria dois refrigerantes por isso. Despedi dele e vim pra casa. Fiquei com muito dó daquele homem, coitado, imagina todo dia um bicho entrar no pau dele e precisar de alguém ajudar a tirar. Mas, mesmo sentindo pena dele, estou torcendo pra amanhã algum outro bichinho entrar só pra que eu precise ajudar ele a tirar de novo, afinal nunca senti uma sensação tão boa assim na minha xaninha.

Referência do Anúncio ID: 4159c42251c5ebe

        

1428 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: jordana14
  • Membro desde: 7 de maio de 2016

Contos publicados por jordana14

  • O Autor não publicou outros contos.
Últimos itens anúnciados por jordana14 »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 54 Guests, 19 Bots