Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Surpresa: ela me vendou e aí…

  • Publicado em: 12 de setembro de 2016 12:12
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Meu amigo Helder estava saindo de um edifício quando o vi. Havia tempos que não nos encontrávamos e não teve jeito, paramos no primeiro boteco que encontramos, pedimos uma cerveja geladíssima e batemos longos papos.
Notei que ele estava com uma aparência de grande felicidade e comentei com ele sobre isso. Como velhos amigos que somos, ele não recusou me contar o motivo.
– Sabe aquele edifício de onde eu estava saindo? Ali mora minha namorada, Anastácia, você chegou a conhecer?
– Não me recordo… com este nome seria fácil lembrar, acho que não, Helder.
– Bem, se não conheceu vai conhecer qualquer dia desses. Mas, rapaz, ela é um vulcão! Fantástica! Além de ser bonita, ter um corpão, gosta de sexo que nem a Meg!
– Já entendi, e você tinha acabado de transar com ela.
– É verdade, mas isso é só uma parte da história. Ela me telefonou hoje e disse que estaria sozinha à tarde, se eu quisesse podia aparecer. Quando ela me telefona assim, eu sei que ela está dizendo, venha que quero transar! Então tratei de vir. E ela me recebe de lingerie branca, coisa linda, toda sorridente e me carrega pro quarto, vai logo tirando minha roupa, senta em cima de mim, começamos a nos beijar, eu tirei o sutiã dela e ficamos nos relando sem parar.
– Aí, ela inventa. Fala que viu num filme e achou legal, então pega um pedaço de pano e amarra, me vendando completamente. Eu não enxergava nada! Ela vira e fala que é uma experiência de sensação corporal, era para eu tentar adivinhar, sem falar com ela, o que ela estaria planejando fazer. Cara, o lance é interessante. Senti a mão dela passando em minha coxa, subindo do joelho. Pensei, vai pegar meu pau e dar uma bela chupada. Mas não, ela continuou subindo com a mão até meu pescoço, acariciou minha boca e depois a mão sumiu. Fiquei pensando o que viria em seguida.
– Eu já fiz isso uma vez, é uma sensação maluca…
– Se é, eu nunca tinha feito, fiquei embasbacado. A gente ouve a pessoa se mexer, sente que ela desce e sobe da cama, sente ela andando de um lado pro outro e não tem a menor ideia do que pode acontecer em seguida. Não dá medo, é claro, você conhece a pessoa que está com você, mas é uma expectativa que nem sei definir direito. Então, dali a pouco eu sinto a mão chegando na minha outra coxa e dessa vez ela para no meu pau e fica brincando com ele. Ele não está duro ainda, mas vai ficar com tanta mexida que ela faz, inclusive coloca na boca e fica engolindo e tirando…
– E aí, meu amigo, não te conto… a surpresa total! Sinto outra boca junto com a dela, no meu pau! E sem saber quem era. Sabe que cheguei a pensar que seria um gay? Pensei… mas não era. Ela tirou a minha venda e eu vi a Carol, nossa amiga, nua e sorridente na cama, segurando meu pau. As duas sorriam e perguntaram se eu tinha gostado da experiência. Falei que sim, claro, tinha sido maravilhoso. E agora? Perguntei. Acabou? A Anastácia olhou pra mim e falou: você… parece que não me conhece… acha que ia ficar só nisso? Vamos acabar com você, Helder!
Me entreguei, claro, deixei as duas fazerem o que queriam. E tome mais surpresas, de repente eu vejo as duas pegando no meu pau, chupando de novo… e se beijando! E ainda vejo a Carol jogar a Anastácia na cama, ao meu lado e cair de língua na bucetinha dela… fiquei só admirando o que elas faziam e que para mim era uma novidade e tanto!
Depois de ser bem lambida, Anastácia me pediu para come-la, e o fiz, de frente pra ela e com a Carol me pegando, passando a mão na minha bunda, pegando os seios da Anastácia… depois Carol se deitou por cima da Anastácia e eu tirei meu pau de uma e enfiei na outra, e elas se beijando, se tocando, eu estava a ponto de explodir de gozo!
– Sei como é isso, a gente tem de fazer um esforço enorme para não gozar antes delas.
– Exato, tive de ficar metendo nas duas até elas gozarem e aí liberei, gozei na barriga das duas. Cara, foi uma loucura, por isso você viu a minha cara de felicidade… E aí fiquei sabendo que as duas transam há muito tempo e fazem ménages com o namorado da Carol, ou seja, tenho de dividir agora minha namorada com a pica de outro, mas como ele, que não conheço, divide a xotinha da Carol comigo… tudo bem, né?

Referência do Anúncio ID: 7257ceb00014eef

         

1262 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: adrianosacana, 53 Guests, 29 Bots