Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Traindo o marido com o personal

  • Publicado em: 10 de julho de 2013 12:05
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)
Já contei para meus leitores sobre uma bela morena que mora num prédio bem de frente para o meu, apesar de um pouco distante, pois há um lote vago entre nós. O apartamento dela tem uma pequena varanda, que ela incorporou à sala. Então, quando eu olho para o prédio dela eu vejo, à esquerda, a janela do quarto, quase sempre mantida fechada. À direita, tem a varanda e ao fundo a cozinha. Como ela não colocou cortina na varanda, fica tudo à vista. E foi pela varanda que eu, com meu binóculo, pude acompanhar ela andando só de calcinha, ou só de camiseta e calcinha.
O mais interessante foram as trepadas dela com o marido. Parece que ele trabalha fora da cidade e fica sempre duas semanas fora, aí chega, fica duas semanas aqui. Deve ser aqueles trabalhos, suponho, nas plataformas da Petrobrás. Quando ele está aqui, é uma festa, ela se desdobra para ele, fica peladinha às noites, transa com ele na cozinha (já vi duas vezes), no sofá da sala, bem em frente ao meu prédio. E não está nem ai se tem alguém vendo, porque a varanda continua sem cortinas, a iluminação da sala e da cozinha é excelente e eu vejo tudo. Provavelmente algum vizinho meu deve ver também, mas nunca comentaram nada comigo.
Por coincidência, outro dia eu estava na academia, cuidando de minha saúde, quando vi que ela entrou, acompanhada de um rapaz que não era o marido. Logo vi que era um personal. Ele orientou-a na esteira, ela ficou andando e correndo uns vinte minutos, depois foram para a sala de musculação. Quando eu ia saindo eu vi que ele ficava bem pertinho dela, colocava a mão na cintura (ela estava com um top e um shortinho e a barriguinha ficava de fora. Era ali que a mão dele estava).
Outro dia, quando passei por ela, ela estava fazendo uns abdominais com umas rodinhas de metal e ele, atrás dela, com as mãos na bunda.
Pensei comigo: Aí tem! Isso foi numa sexta-feira. No sábado, o marido chegou e aí foi aquela festa toda, duas semanas de voyeur. E nas duas semanas ela não foi à academia com o personal, foi sozinha. Muita coincidência o personal faltar a seis idas dela, em sequência.
Quando o marido desapareceu, lá estava ela de novo com o personal, ambos sorrindo muito, falando baixinho, e as mãos dele ou na cintura ou na bundinha dela… e coincidiu que nesse dia saímos no mesmo horário. Acompanhei o trajeto deles, pelo outro lado da avenida e vi quando ele a acompanhou até o prédio dela. Saquei que iria ter alguma coisa, corri para meu apartamento, peguei o binóculo e fui conferir.
Não deu outra: ela já estava nua, totalmente nua, encostada na bancada da cozinha, bem de frente à minha janela. Conversava com ele, mas eu não o via, até que ele caminhou até ela, peladão também e balançando um pau bem grande e duro, fazendo-a sorrir de satisfação. Quando ele chegou perto, já foi agachando e mandando a boca na bucetinha dela e lambendo tudo que aparecia pela frente. Ela se contorcia toda e agarrava a cabeça dele, apertando-a contra si.
Em seguida, foi a vez de ele ficar de pé e ela ajoelhar-se para chupar o cacetão. Só engolia a metade, o pau do personal era, de fato, enorme. Chupou até cansar e ele então, mostrando que era um cara bem forte, colocou-a sentada na mesa que havia lá, chegou pela frente e foi enfiando o troço no buraquinho dela, que fez até uma cara de dor quando ele entrou, mas logo abraçou-o pelo pescoço e ficou recebendo as bombadas dele.
O passo seguinte foi ele colocar a vizinha em pé, curvando-a sobre a mesa e metendo nela por trás. Incrivel, a mesa foi até empurrada um pouco para a frente tal a força que ele imprimia às bombadas. Quando parou, tirou o pau e gozou na bunda e nas costas dela.
Daí eles saíram da cozinha e foram para o quarto. Como ela nunca abria a janela, não fiquei sabendo de tudo o mais que aconteceu ali. Mas posso imaginar, porque ele só saiu do prédio dela três horas depois. Ainda vi a vizinha peladinha, na cozinha, preparando um sanduíche, comendo-o, bem feliz. Depois ela pegou uma toalha que estava na área ao lado da cozinha e voltou para o quarto, provavelmente para tomar um belo banho. Dali a dois dias o personal estaria de volta. Para alegria dela e minha!

Referência do Anúncio ID: 62651dd36e05dff8

Não há Tags

2081 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 89 Guests, 27 Bots